O Que É a Citrulina Malato?

É uma combinação do aminoácido não essencial citrulina, com um sal ácido, o malato. Pode ser encontrada de forma natural em muitos alimentos, tais como a melancia, melão, e aqueles ricos em proteína.

A citrulina é um dos três aminoácidos que participam no ciclo da ureia, em conjunto com a arginina e ornitina. Depois de ingerida a citrulina se transforma em arginina, e é conduzida até os rins, sendo um método melhor para se suplementar para experimentar os efeitos da arginina.

A citrulina malato tem sido utilizada para combater a fadiga, a fraqueza muscular e inclusive a nível psicológico, nos casos de demência. Este último consiste em uma desordem mental que causa dificuldade para pensar, falar e se movimentar. Seu uso nestes casos têm relatado excelentes resultados.

Seu campo de utilização atualmente está focado em tratamentos para doenças cardíacas, ” fisiculturismo”, aumento do estado de ânimo, diabetes, doença de Alzheimer

Nos últimos anos, a citrulina malato está sendo incorporada nos produtos ou suplementos de pré e intra treinamento, devido às suas qualidades de poder melhorar a capacidade física, assim como o rendimento esportivo do atleta.

Citrulina Malato: O Que É, Efeitos e Como Melhora o Seu Desempenho Físico

Como Atua a Citrulina Malato?

Aumento da produção de NO (óxido nítrico): Isto é de particular interesse para todos os que praticam atividades esportivas, e não apenas se atribui este papel à L-arginina e outras formas desse aminoácido. Como se sabe, o óxido nítrico é uma molécula de sinalização de processos fisiológicos e desencadeante de diferentes reações, tais como:

  • Regulação do fluxo sanguíneo.
  • Suprimento de oxigênio.
  • Captação de glicose.
  • Recuperação e regeneração muscular.

“O fato de poder começar com esse tipo de efeito faz com que o óxido nítrico exerça um especial interesse nos atletas”.

Os novos produtos de pré-treinamento que incorporam l-arginina, já tem adicionados a citrulina malato, uma vez que esta eleva os níveis de arginina no plasma sanguíneo de maneira endógena, sendo o mais surpreendente que os leva mais alto do que a própria arginina .

Leia também: “Tudo Sobre A L-Arginina“.

Reduz o ácido láctico e a amônia: A citrulina malato intervém no ciclo da ureia, o qual é um processo que ocorre no fígado, e que o organismo realiza para excretar produtos residuais, convertendo o excesso de nitrogênio em ureia, para ser eliminada.

Mediante a dita excreção é possível eliminar a amônia e os metabolitos tóxicos de nitrogênio. O amoníaco é extremamente tóxico para as células, e os níveis elevados podem ser críticos. Inclusive em atletas saudáveis e treinados, um nível elevado de amoníaco pode levar a fadiga extrema. Do mesmo modo, esta pode suprimir a criação de glicogênio, e inibir o ciclo de energia.

Tudo isso ocorre ou se maximiza devido ao exercício físico, especialmente em alta intensidade. Por outro lado, neste cenário, também terá lugar a produção de ácido láctico, devido ao caráter anaeróbio da atividade (deficiência de oxigênio). O corpo começa a segregar esse ácido, o qual serve como mecanismo de auto-proteção do corpo, para proteger a musculatura.

Se mantivermos a intensidade, sem ir alternando períodos de recuperação suficientes de tempo para que ocorra a entrada de oxigênio nas células e seja possível estar diminuindo o ambiente ácido, a atividade física poderia chegar ao seu fim ou reduzir o desempenho esportivo.

A capacidade de aumentar o limite ou tempo está sob essa alta intensidade que é possível treinar para ir melhorando a condição de atleta.

A citrulina malato pode desempenhar um papel de destaque no processo de acidose muscular gerado pelo esforço de alta intensidade, promovendo a “reciclagem” de ácido láctico e de piruvato, e assim, a utilização como uma fonte de energia imediatamente durante o exercício da substância de resíduo.

Benefícios da Citrulina Malato

  • Melhorar o desempenho físico.
  • Eliminar os resíduos metabólicos.
  • Acelerar a recuperação.
  • Aumenta a regeneração de ATP.

Outro grande benefício será no tema energético, especificamente, nos esforços de alta intensidade e curta duração. Quando nosso treinamento é baseado neste tipo de esforço, as reservas dos depósitos energéticos relacionadas com fosfato de creatina são prejudicadas drasticamente. Sua posterior recuperação, e acima de tudo, a velocidade com que deveria ocorrer, é a chave para manter um desempenho adequado. Isto é acentuado se treinamos com bastante regularidade, e temos a intenção de melhorar circunstancialmente as nossas capacidades.

A citrulina malato auxilia no ciclo de Krebs, o qual se refere ao método no qual o organismo obtém energia a partir de hidratos de carbono e ácidos graxos, obtendo ATP. Enquanto existir um fornecimento suficiente de ATP durante o exercício físico, o rendimento não diminuirá, por isso é um elemento vital para manter a performance, e não nos encontrarmos com “o muro”, vendo-nos obrigados a parar.

Leia também: “Creatina e Beta-Alanina para Melhorar o Desempenho“.

Quando Tomar a Citrulina Malato?

A forma de uso é melhor com o estômago vazio, antes do exercício.

Como o uso desta substância aumenta os níveis de arginina, seria aconselhável tomar os dois produtos juntos.

Outras formas de tomar opcionais para aumentar os níveis de citrulina malato seriam assim que acordar e antes de deitar.

Outro fato é que a citrulina eleva os níveis do aminoácido ornitina, e, portanto, tomar arginina + citrulina malato + ornitina, antes de dormir, induz a aumentar a concentração de citrulina, e por outro lado, aumenta a segregação do hormônio do crescimento.

Que Quantidade Tomar de Citrulina Malato?

A dose mais baixa seria tomar 1000 mg de citrulina malato 3 vezes ao dia com as refeições, para conseguir 3 gramas por dia. Com isso se começa a apreciar alguns dos efeitos, especialmente a nível de saúde circulatória e possível melhora da disfunção erétil.

Para melhoras ergogênicas, ou seja, melhorar o desempenho, a dose estaria compreendida no intervalo de 6 – 8 gramas por dia, tomando-se a maior quantidade antes do exercício, e inclusive repetindo durante.

Os resultados serão perceptíveis após cerca de 10-15 dias, principalmente, referindo-se ao desempenho.

A citrulina malato é tópica devido às características atribuídas a ela, com foco na melhoria do desempenho atlético. Todo atleta que se preze, sempre busca formas de conseguir melhorar em todas as áreas possíveis. Para isso, planeje seus treinamentos, realize intensas sessões, mantenha hábitos muito consistentes com esta rede…

Neste ponto, o uso de substâncias (legais), que conduzam a um aumento do desempenho, partindo especialmente de uma base firme e com bastante experiência, pode ser muito interessante. Além disso, dentro do treinamento, a fase de recuperação é fundamental para assimilar o treinamento e dar lugar a adaptação e consequente melhora, adicionar esta substância que acelera os mecanismos de recuperação física é ter muita consideração.

Portanto, podemos adicionar aos elementos de melhora de desempenho à citrulina malato, deixando a disposição do usuário final o uso de cada uma dessas substâncias, tanto de modo isolado ou em combinação, produzindo efeitos sinérgicos: Beta-alanina e creatina.