Depois de analisar mais de 470 mil pessoas em oito países, incluindo Estados Unidos, pesquisadores britânicos descobriram que dormir muito pouco ou demais pode afetar o coração, aumentando o risco de derrame e ataque cardíaco. Os resultados do estudo foram publicados recentemente no European Heart Journal.

Os pesquisadores descobriram que pessoas que dormem menos de seis horas por noite e pessoas que sofrem de insônia têm 48% mais chances de desenvolver ou morrer de doença cardíaca ou acidente vascular cerebral e 15% mais de desenvolver ou morrer de acidente vascular cerebral.

Dr. Francesco Cappuccio, da Warwick Medical School, na Inglaterra, e co-autor, disse: A tendência de noites e madrugadas mal dormidas, é uma bomba-relógio para a saúde, então é preciso tomar medidas para reduzir o risco de desenvolver essas doenças potencialmente fatais.

Por outro lado, a Dra. Michelle Miller, co-autora do estudo, explicou que a crônica de sono curto produz hormônios e substâncias químicas no organismo que aumentam o risco de desenvolver doenças cardíacas e acidente vascular cerebral e outras, tais como pressão arterial alta e diabetes, colesterol e obesidade.

Portanto durma ao menos sete horas por noite, proteja sua saúde e reduza o risco de desenvolver doenças crônicas, muitas vezes irreversíveis.

Para mais informações leia também o artigo “Insônia Aumenta o Risco de Ataque Cardíaco”.