Nas últimas décadas a pesquisa pelas propriedades dos diferentes azeites colocou o azeite de oliva na dianteira de outros óleos vegetais. Nesta oportunidade, foi descoberto que o azeite de oliva melhora a circulação nas extremidades, e limpa o sistema arteriovenoso.

O azeite de oliva é um dos alimentos estrela da dieta mediterrânea. São conhecidas suas propriedades antioxidantes e cardioprotetoras, graças ao seu conteúdo de ácidos graxos insaturados, especialmente ácidos graxos ômega 3.

Enquanto apenas por estas propriedades o azeite de oliva é recomendado para manter saudável todo o sistema cardiovascular, descobriu-se que este azeite proporciona outros benefícios circulatórios especialmente nas extremidades.

Um estudo realizado pelo Centro de Investigação Biomédica em Red-Fisiopatologia da Obesidade e da Nutrição (CIBERobn) revela que o azeite de oliva reduziria em até 66% o risco de problemas circulatórios nas extremidades.

A doença arterial periférica é uma doença relacionada com aterosclerose. A causa desta doença é a acumulação de material gordo, que forma uma placa de ateroma. Esta placa se acumula nas paredes internas das artérias, fazendo com que as artérias se tornem rígidas e o fluxo de sangue diminua. Este problema vascular ocorre tanto nas pernas como nos braços, embora geralmente ocorra nas pernas.

O Azeite de Oliva Melhora a Circulação nas Extremidades

Infelizmente, este tipo de problemas circulatórios não provoca sintomas ou sinais até que a saúde se deteriora, por isso as medidas preventivas são essenciais. Um dos pilares mais importantes para prevenir este tipo de complicações vasculares, é a alimentação.

Por isso, saber que o azeite de oliva limpa o sistema arteriovenoso e que pode reduzir em até 66% a doença arterial periférica ou doença arterial nas extremidades é importante para melhorar a circulação sanguínea e prevenir outras complicações de saúde que causam situações irreversíveis, tais como a morte súbita.

Um dos sintomas mais comuns e frequentes é sentir dor ao caminhar, especialmente nas panturrilhas, uma dor que para quando você para de caminhar. Este sintoma é conhecido como claudicação intermitente.

Como complicação deste tipo de doença podem se produzir feridas ou úlceras que não cicatrizam, causando infecções ou inclusive gangrena. Por outro lado, a presença de tais doenças, também pode ser um indicador da existência de outros problemas vasculares, por isso a prevenção é fundamental para ter uma melhor qualidade de vida.

Incluir o azeite de oliva na sua dieta pode ajudar a prevenir problemas cardiovasculares, especialmente se você tiver outros problemas de saúde, tais como diabetes. Se este azeite é incluído em uma dieta, como, por exemplo, a dieta mediterrânea seus benefícios são aumentados.

Por isso, no momento de cuidar da sua saúde, este tipo de investigação é muito interessante porque te dá às ferramentas para prevenir doenças que podem melhorar a sua qualidade de vida.

Sugerimos a leitura do artigo “Propriedades do Azeite de Oliva para a Saúde” para conhecer mais sobre as propriedades que possui esse importante alimento.