O pilates é uma das atividades que tem marcado tendência e, atualmente, mantém a sua popularidade, por isso, hoje adentramos no mundo da ciência para mostrar tudo o que pilates pode fazer pelo seu corpo e os benefícios que oferece para o organismo.

O que diz a ciência sobre o pilates:

  • Um estudo que avaliou 47 pessoas durante 6 meses, mostra que a prática de Pilates regularmente leva ao aumento da flexibilidade, sem implicar em modificações significativas da composição corporal.
  • Em um estudo realizado com meninas de até 11 anos de idade, verificou-se que após a realização de 5 horas semanais de pilates durante 4 meses, o índice de massa corporal diminuiu significativamente. Além disso, o Pilates foi visto como uma atividade de esforço moderado (com 6 pontos na escala de 10), que se desfruta notavelmente (4,4 ​​pontos em uma escala de 5).
  • Foi comprovado em mulheres adultas que, embora o peso e a composição corporal não variam consideravelmente, se aumenta com a prática de pilates a força muscular no abdômen e na região lombar, assim como a resistência muscular e a flexibilidade do tronco. Os dados são revelados no Jornal de Bodywork e Terapias de Movimento.
  • Uma análise dos diferentes estudos sobre pilates, mostra que sua prática é de grande utilidade para aliviar dores lombares e controlar os sintomas de lombalgia crônica inespecífica, por isso é uma atividade que pode ser de grande ajuda para tratamentos de reabilitação.
  • Em um estudo observou-se que mulheres adultas saudáveis ​​que praticavam sessões de pilates de uma hora a cada semana tinham uma melhor percepção da sua aparência física e da sua saúde após 6 meses de exercício.

Por último, não podemos deixar de mostrar o que a ciência diz sobre os benefícios a nível mental e emocional do pilates, já que a sua prática favorece a atenção e correlaciona-se positivamente com outras medidas de bem-estar mental, tais como menor estresse percebido, melhor estado de ânimo e outros.

Depois de analisar o que diz a ciência sobre o pilates e seus benefícios, podemos concluir que a prática regular e prolongada desta atividade tem grandes e positivos efeitos a nível físico e mental.

Embora não se tenha visto grandes modificações no peso e na gordura corporal, sabe-se que o pilates melhora a flexibilidade, aumenta a força na área média do corpo e nos ajuda a nos vermos e sentirmos melhores sobre nós mesmos.

Por todas estas razões ainda na atualidade o pilates triunfa entre muitas outras atividades e você não pode deixar de experimentá-lo se quiser desfrutar desses benefícios mencionados anteriormente.