Os Medicamentos Contra A Calvície E O Sexo

Uma das principais preocupações masculinas é a calvície, que entre outras coisas pode gerar estresse naqueles que sofrem, que muitas vezes buscam tratamentos eficazes para combatê-lo. No entanto, alguns medicamentos que servem para recuperar o cabelo, podem causar problemas sexuais. Descubra mais detalhes sobre este tema e como tratar a alopecia (que é o termo médico para a perda de cabelo), sem ter efeitos negativos.

Leia também: "Alopecia E Suas Causas".

A perda de cabelo é um problema comum nos homens (estima-se que a metade deles sofrerá alopecia androgenética, a queda de cabelo relacionada com aos hormônios na parte superior do couro cabeludo) e um dos principais desafios para prevenir ou reverter. Por isso, alguns optam por tomar medicamentos como o finasteride (Propecia), que inibe uma enzima que converte a testosterona em dihidrotestosterona, o hormônio responsável pela alopecia.

Os Medicamentos Contra a Calvície e o Sexo

Vários estudos investigaram a eficácia deste fármaco, mas seus efeitos adversos eram desconhecidos. Agora, uma equipe de investigadores analisou os resultados de 12 estudos, em um total de 3927 homens e descobriu que os usuários de finasterida tiveram uma melhora de 30% após dois anos, mas, ao mesmo tempo, aumentou o risco de desenvolver problemas sexuais em 1 de cada 80 usuários. Estes problemas se traduzem especificamente na redução do desejo sexual e na firmeza das ereções.

Se a perda de cabelo é a sua preocupação, é importante consultar com um profissional sobre as suas causas, tipos de perda de cabelo e opções de tratamento. A perda de cabelo não é o mesmo que a calvície e podem ser causadas por diferentes razões, algumas das quais podem ser reversíveis.

Por exemplo, pode ser causada por algum tratamento médico ou ser sintoma de qualquer outro tratamento problema de saúde. Se um medicamento está causando isso o médico pode prescrever um diferente, e o reconhecer e tratar uma infecção poderia ajudar a parar a queda de cabelo, assim como corrigir qualquer desequilíbrio hormonal.

Por isso, é necessário identificar o que está causando a queda de cabelo e do que se trata, para estabelecer a forma mais adequada de tratá-la.

Quanto à calvície comum ou alopecia androgenética, que é a que se produz na maioria dos casos, existem medicamentos que poderiam ajudam a retardar o seu avanço, como minoxidil (nome comercial: Rogaine), que pode ser comprado sem prescrição médica e é aplicada diretamente sobre o couro cabeludo.

Em suma, lembre que o tratamento para a perda de cabelo depende das causas e que, em alguns casos, tratar a causa pode corrigir o problema. Outros tratamentos incluem medicamentos ou transplante capilar e exigem supervisão profissional.

No entanto, o tratamento não é necessário se você está confortável com sua aparência. As extensões de cabelo, o uso de perucas ou a mudança no estilo de penteado podem disfarçar a perda de cabelo e, geralmente, esses procedimentos são menos caros e mais seguros para a calvície masculina.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto