O período de crescimento estável em uma criança é entre 6 a 11 anos de idade. Quando uma criança é encontrada com sobrepeso ou obesidade, o excesso de peso afeta diretamente este desenvolvimento, que pode ser alterado.

Durante os anos escolares, entre 6 a 11 anos, a criança cresce e se desenvolve de forma estável e constante. Essa estabilidade pode ser alterada por várias razões, entre as quais podemos citar a ocorrência de sobrepeso ou obesidade.

Nesta fase também são definidos hábitos e padrões alimentares que continuarão ao longo da sua vida. Por isso, é tão importante a educação alimentar, nesta fase da vida. Infelizmente nas últimas décadas triplicou a prevalência de sobrepeso e obesidade na infância.

Levando em conta estes dados é necessário tomar medidas para reduzir a cronicidade da obesidade e evitar complicações no futuro. Entre estas complicações podemos incluir: diabetes, síndrome metabólica, doenças hepáticas, doenças cardiovasculares, câncer, que podem reduzir significativamente a expectativa de vida destas crianças quando adultos.

Embora haja um pequeno grupo de cerca de 3% de crianças, que sofrem de doenças endócrinas congênitas que levam ao sobrepeso e obesidade, principalmente devido a fatores exógenos que podem ser modificados. É também importante enfatizar que as crianças que estão com sobrepeso ou obesas, se sentem pressionadas socialmente e emocionalmente.

Sobrepeso em Crianças Impactos Sobre o Seu Desenvolvimento

Para reverter essa situação, é importante incentivar:

  • Uma dieta equilibrada de acordo com as necessidades da criança.
  • Atividade física de lazer que interesse ao seu filho.
  • Contenção familiar, com o qual acompanhará a criança sem pressionar.
  • Reeducação alimentar, para que a criança aprenda a comer e não volte a ganhar peso novamente quando seu tratamento terminar.
  • Terapia psicológica que permita estabelecer as causas reais do comportamento viciante.

O desenvolvimento infantil é alterado pela obesidade, por isso é necessário cuidar da saúde das nossas crianças que serão os adultos de amanhã. Embora esta não seja uma tarefa fácil, não é impossível.