Suplementos Vitamínicos E Minerais: São Eficazes Ou Não?

Nos Estados Unidos, como no resto do mundo, existe uma grande devoção pelos suplementos vitamínicos. Pode uma pílula conter na realidade vitaminas e minerais que precisamos para nos mantermos saudáveis e prevenir doenças? Novas descobertas colocam em dúvida estas crenças. Continue a leitura para que possa descobrir a verdade sobre os suplementos de vitaminas e de minerais.

Imagine o seguinte cenário: você vai a um restaurante e pede um suco de laranja e uma salada verde. O garçom te surpreende com dois comprimidos: um de vitamina C e um de ácido fólico. A realidade é que não é o mesmo que tomar o suco refrescante ou comer uma deliciosa salada, tomar um comprimido para se alimentar. Não apenas porque não se desfruta igualmente, mas porque os comprimidos não contêm todas as propriedades dos alimentos como, por exemplo, a fibra. Mas, apesar disso, só nos Estados Unidos, de acordo com dados publicados no Nutrition Business Journal, se gastam 10 bilhões de dólares em suplementos vitamínicos e de minerais durante o ano de 2008.

Você não acha que isso é muito dinheiro? Acreditamos que sim. E muito mais agora que os estudos recentes têm sugerido que os suplementos vitamínicos não são eficazes no momento de prevenir muitas doenças.

Suplementos Vitamínicos e Minerais: São Eficazes ou Não?

De acordo com uma reportagem publicada no Washington Post, a maioria das organizações de saúde que trabalham para prevenir e curar o câncer, diabetes e doenças cardíacas são contra os suplementos e a favor de uma dieta rica em frutas, grãos integrais, legumes e verduras. Também advertem que o consumo excessivo de suplementos pode chegar a ser tóxico ao longo do tempo.

Por exemplo, tomar suplementos de betacaroteno aumenta o risco de câncer de pulmão entre os fumantes e tomar uma dose elevada de vitaminas A e E em comprimido ou pó de suplementos pode aumentar o risco de morte prematura. Enquanto você toma suplementos supostamente para melhorar sua nutrição, eles podem te matar antes!

Leia também: "Suplementos Vitamínicos: Os Perigos Escondidos Nas Vitaminas E Suplementos Nutricionais".

Existem estudos que questionam a eficácia de tomar suplementos para prevenir as seguintes doenças:

Câncer: Um estudo realizado em 2009 pelo Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos informou que o selênio e a vitamina E não previnem o câncer de próstata. De fato, a investigação encontrou que pode se apresentar um aumento do risco de desenvolver câncer de próstata, devido ao consumo de vitamina E e também o risco de desenvolver diabetes de tipo 2, por tomar selênio. Em outro estudo (Physician’s Health Study II) encontrou-se que nem a vitamina C nem a vitamina E reduzem o risco de câncer do cólon, de próstata e do pulmão, nem outros tipos de câncer comum nos homens.

Doença cardíaca: A Escola de Medicina de Harvard realizou em 2008 um estudo entre mulheres para determinar se o consumo de ácido fólico e de vitaminas do complexo B era eficaz na prevenção de ataques cardíacos, derrames (acidente vascular cerebral ou AVC) e morte devido à doença cardíaca. Os resultados indicaram que os suplementos não são eficazes. Além disso, a vitamina E resultou estar associada a um aumento do risco de acidente vascular cerebral. Estudos recentes sugerem que os suplementos de antioxidantes que antes se pensava que ajudavam a eliminar os depósitos de gordura nas artérias, pelo contrário, podem aumentar os níveis de colesterol "ruim" e bloquear o efeito dos medicamentos para reduzir o colesterol.

Funcionamento do sistema imunológico: ainda não existem evidências contundentes que indiquem que tomar suplementos vitamínicos e de minerais possa fortalecer o sistema imunológico.

Redução da capacidade cognitiva: Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Saúde descobriu que nem as vitaminas do complexo B, nem a vitamina E previnem a doença de Alzheimer ou demência.

Estes estudos demonstram que há suplementos vitamínicos e de minerais que não funcionam como acreditávamos. No entanto, não se pode descartar a função de todos eles. Existem evidências que demonstram que alguns suplementos sim servem para tratar certas condições, como as seguintes:

  • Doenças oculares: As pessoas que sofrem de degeneração macular associada à idade (DMAE), uma das principais causas de cegueira, podem evitar danos mais graves se tomarem um suplemento de vitamina C, E e betacaroteno. Mas estes suplementos devem ser prescritos pelo seu oftalmologista.
  • Osteoporose: Depois de analisar mais de 167 estudos, a Agência Federal para Investigação e Qualidade em Saúde descobriu que tomar suplementos de cálcio e vitamina D reduz as fraturas e a perda de densidade óssea, principalmente em mulheres. Porque a maioria das mulheres não consomem cálcio suficiente e vitamina D em sua alimentação.

Como você vê, existem estudos de organizações sérias que desmentem os benefícios que se davam como fatos sobre tomar suplementos de vitaminas e minerais e a prevenção de certas doenças. No entanto, outros estudos corroboram que tomar certos suplementos pode trazer benefícios para outras condições. Tudo depende de cada caso particular.

Por isso, antes de correr para o supermercado para comprar pílulas de suplementos vitamínicos e de minerais, é necessário conversar com seu médico para saber se você realmente precisa (exceto o ácido fólico na idade de reprodução e as vitaminas pré-natais, se você acha que está grávida até que tenha sua primeira consulta com o ginecologista) e em caso afirmativo, qual a dose deve tomar, uma vez que o médico tenha te examinado e feito testes de laboratório, se necessário.

Embora seja verdade que a deficiência de vitaminas e minerais pode causar problemas de saúde, o ideal para uma boa nutrição é ter uma alimentação equilibrada, para que possa obter a partir dela todos os nutrientes que você precisa. O excesso de vitaminas e suplementos pode ser tóxico. Não substitua os alimentos com comprimidos ou pós, a menos que seja prescrito por um profissional depois de realizar os exames adequados. Sua saúde é muito valiosa.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto