Autoridades de saúde da Tailândia estão preocupadas com o alto índice de parasitas que podem causar câncer da vesícula biliar, uma doença fatal associada ao consumo de peixe cru.

Os rios no nordeste da Tailândia, Vietnã, Laos, Camboja, Coréia do Norte, Coréia do Sul e China estão infectados com esses pequenos vermes parasitas que encontraram uma forma de entrar no corpo humano quando as pessoas comem peixe cru ou frutos do mar.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), 67 milhões de pessoas correm o risco de ingerir estes parasitas e 9 milhões estão infectados no Camboja, Laos e Nordeste áreas de Tailândia e Vietnã.

A maioria dos infectados são homens, que podem desenvolver câncer na vesícula biliar entre 40 e 50 anos de idade.

“Todas as pessoas com mais de 30 anos passarão por uma inspeção anual de matéria fecal. Aqueles infectados serão tratados (com medicamentos)”, disse Pongsadhorn Pokpermdee, economista de saúde e vice-chefe de saúde pública na província tailandesa de Nongbualanpoo.

“Aqueles com mais de 40 anos detectados com infecção passarão por um ultrassom para detectar qualquer sinal de tumor (câncer precoce)”, disse à Reuters em uma entrevista.

Tailândia Inicia Luta Contra Parasita Causador de Câncer Letal

Todos os tumores detectados são removidos cirurgicamente, acrescentou.
Embora o câncer seja a principal causa de morte na região do Mekong, o programa de controle começará em Nongbualanpoo disse Pongsadhorn.

Um único comprimido de praziquantel, que é dado de graça, pode remover parasitas, mas não resolverá o problema de infecção se as pessoas continuarem a comer mariscos e frutos do mar.

O plano está alinhado com a meta global da Tailândia para oferecer melhores serviços médicos para a prevenção da doença no momento em que seu povo está vivendo cada vez mais com doenças crônicas não-transmissíveis que levam muito mais tempo para tratar.

“Esta é a principal causa de morte nesta província, acima das doenças cardíacas e derrames”, disse Pongsadhorn.

“É uma doença que afeta principalmente pessoas pobres (…) Se não tratada pode evoluir para câncer em 10 ou 20 anos”, disse ele, acrescentando que afeta mais homens que mulheres por uma relação 3 a 1.

O prato de peixe cru chamado Koi-pla não é apenas o alimento favorito em Mekong, mas também tem penetrado profundamente em outras partes da Ásia, como HongKong e Cingapura, devido à popularidade da culinária tailandesa.

O verme parasita ataca mordendo as paredes do duto biliar humano, levando a úlceras e cânceres anos mais tarde. O câncer de vesícula biliar geralmente é diagnosticado em um estágio avançado, pois os sintomas aparecem mais tarde.