Cada vez mais populares, devido ao fato de que com elas é possível manter as unhas perfeitas durante várias semanas. Isto é graças a um composto que é aplicado em camadas e que seca sob luz UV, depois de cada revestimento.

As lâmpadas de luz ultravioleta (UV) que são utilizadas nos salões de beleza para acelerar a secagem e o endurecimento dos esmaltes de gel para unhas emitem diferentes níveis de radiação que têm sido relacionados com o envelhecimento prematuro da pele e com câncer de pele.

Leia também: “Manicure com Gel: Duradoura, Mas Problemática“.

São Seguras as Manicures de Gel?

Em um estudo publicado na revista JAMA Dermatologia, foram analisadas 17 lâmpadas de UV de diferentes salões de beleza, com uma ampla variação quanto à dose de radiação emitida. Durante os 8 minutos de secagem das unhas, a dose de radiação variou entre menos de 1 a 8 joules por centímetro quadrado.

A luz UV pode provocar danos no ADN das células da pele, e dar lugar ao câncer de pele, quando são alcançados 60 joules por centímetro quadrado.

Nenhuma das lâmpadas de unhas estudadas emitiu luz UV nesse intervalo de radiação. No entanto, os pesquisadores falam de um dano acumulativo. Ou seja, estimam que na maioria das lâmpadas, depois de 8 a 14 visitas, durante 24 a 42 meses, seria alcançado o limite para o dano do DNA da pele.

Unhas de Gel: Existe o Risco de Se Contrair Câncer de Pele?

No entanto, os autores do estudo observaram que o risco de câncer de pele no caso de mulheres que utilizam com frequência este tipo de manicure permanece pequeno.

Como Utilizar a Manicure de Gel Com Segurança

Recomenda-se aplicar um protetor solar de amplo espectro (UVA/UVB) nas mãos 20 minutos antes da exposição à luz UV, assim seria possível minimizar os possíveis danos que a luz UV da lâmpada poderia causar.