O mês de julho nos países mediterrâneos, é o mês da lavanda, o sol banha os campos de lavanda com seus raios, criando sua essência e presenteando os mortais com o aroma dos deuses romanos. A lavanda tem sido utilizada desde a antiguidade, já os romanos a usavam em seus banhos não apenas pela delicadeza do seu perfume, mas por suas propriedades relaxantes. Lavanda: Benefícios e Propriedades Para a Saúde nasceu, a fim de conhecer um pouco mais a fundo sobre esta planta que semeia os campos do Mediterrâneo, quais propriedades têm, quais benefícios ou usos podemos dar a esta completa planta.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Também conhecida por outros nomes como lavanda ou alfazema, entre outros. São plantas com um talo central, cuja parte inferior é muito lenhosa, suas folhas são perenes de forma lanceolada, que podem ser dentadas, peludas e ramificadas, estas folhas podem chegar a 10 centímetros de comprimento.

Lavanda: Benefícios e Propriedades Para a Saúde

Suas flores dispostas em forma de espiga com uma cor característica violeta clara. Cada espiga estará composta por 6 ou 10 flores de tato pegajoso, devido ao seu elevado teor de óleos essenciais. A lavanda é uma flor que é colhida desde a antiguidade sendo o período de colheita em plena floração, que ocorre em meados e final de julho. As flores colhidas de manhã serão mais perfumadas e têm uma maior quantidade de óleos essenciais.

Podemos encontrar plantas de lavanda, tanto na Macaronésia como em toda a bacia do Mediterrâneo, na África também tem se desenvolvido na metade norte do continente, Península Arábica e inclusive na Índia.

Leia também: "Benefícios Do Óleo Essencial De Lavanda".

Princípios Ativos da Lavanda:

A lavanda é uma planta particularmente rica em óleos essenciais, sendo a variedade de Lavandula officinalis, a mais rica em óleos, como cânfora, linalol, eucaliptol e borneol.

Os óleos essenciais possuem diferentes propriedades medicinais, mas sempre com moderação, já que assim como são benéficos para a saúde também podem ser muito tóxicos se consumidos em excesso.

As flores de lavanda contêm grande quantidade de substâncias antioxidantes, como taninos, embora também seja rico em saponinas, um glicosídeo oleoso, solúvel em água que ao ser agitado produz espuma semelhante ao sabão.

A lavanda é uma das plantas medicinais mais conhecidas e populares, já que é uma planta que chama a atenção não apenas pela beleza da sua cor, mas também pelo seu agradável aroma que se desprende. Mas não é apenas beleza e aroma, também é uma estupenda planta medicinal.

Da lavanda se extrai principalmente os óleos essenciais utilizados tanto na indústria cosmética como na indústria de perfumaria.

Utilidades da Lavanda:

Amplamente utilizada na antiguidade por seu aroma delicado e por suas propriedades medicinais. Já na Grécia clássica Galeno ou na própria Roma Plínio, a mencionavam em seus tratados científicos e médicos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

São conhecidos os banhos romanos, estes utilizavam flores e folhas de lavanda para incorporá-las na água do banho. A etimologia de a palavra lavar parece ter se originado nesta planta Lavândula.

No século XII, a Santa Hildegarda dedicou em seu tratado de medicina um capítulo inteiro a esta planta. Uma planta muito conhecida nos ambientes monásticos, já que era planta de cultivo obrigatório nos jardins que estes tinham com caráter medicinal.

Desde os tempos antigos, a planta de lavanda tem sido usada por suas propriedades sedativas do sistema nervoso, para ampliar a capacidade pulmonar, como antídoto para o veneno de algumas cobras, para elaborar perfumes e pomadas, para elaborar infusões, aromatizar refeições ou simplesmente por sua beleza decorativa.

Considerada tradicionalmente como um amuleto contra os maus espíritos, também era uma planta que favorecia a fertilidade e o parto, em que a mãe deveria segurar alguns ramos de lavanda durante o parto para ajudar.

Na Idade Média, era uma planta amplamente utilizada nas práticas de feitiçaria, poções mágicas, onde utilizar lavanda servia para melhorar as relações, as pomadas serviam para melhorar o caráter e inclusive ativar o otimismo da pessoa.

Leia também: "Remédios Caseiros Com Lavanda e Seu Óleo".

Propriedades Curativas da Lavanda:

As propriedades da planta lavanda têm sido aproveitadas pelo ser humano desde o início da história. A lavanda possui excelentes propriedades para acalmar e aliviar dores mais ou menos moderadas, como dores articulares, dor de cabeça, dores musculares ou nos pés. Além da sua principal característica de acalmar o sistema nervoso.

A lavanda também é altamente apreciada por acalmar a ansiedade e ajudar na conciliação do sono. Esfregar com óleo de lavanda no peito do adulto ou da criança antes de ir para cama ajudará a descansar. Se também pulverizarmos a roupa de cama com o aroma de lavanda, poderemos aumentar ainda mais seus efeitos.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Quando sofremos algum tipo de resfriado e nossas vias respiratórias se encontram afetadas, alguns banhos de vapor com óleos essenciais de lavanda servirão para aliviar a congestão, a tosse e os espasmos musculares.

A lavanda também é um excelente antisséptico e antibacteriano, suas propriedades anti-inflamatórias servem para tratar distintos danos nos pés, seus efeitos calmantes aliviam a coceira. Especialmente indicado para a psoríase, picadas, queimaduras, etc.

Para as condições da pele se costuma utilizar sabonetes, pomadas, shampoos ou máscaras capilares. Os shampoos e máscaras aproveitam suas propriedades para o tratamento da queda de cabelo.

Infecções genitais, como candidíase pode ser aliviada e melhorada com um par de gotas de óleos essenciais puros sobre uma gaze, aplicando sobre a parte afetada, aliviará a coceira, a inflamação e ajudará na eliminação da infecção.

O uso mais comum da lavanda é o uso do seu óleo, mas também podemos encontrar flores de lavanda a granel, desta forma poderemos elaborar infusões digestivas e calmantes. O sabor da lavanda em saladas, além de adicionar propriedades benéficas para a saúde, proporcionará um suave e característico sabor, tão apreciado na culinária mundial. A lavanda tem um sabor amargo, por isso, com muito pouco conseguiremos realçar os sabores.

A água floral de lavanda, um aromatizante de roupas que muitos de nós temos marcado em nossa memória, a roupa de cama, a roupa intima, tudo era pulverizado com água de lavanda, além de facilitar para engomar as roupas, servia para aromatizá-la. Em outros casos, a água de lavanda era utilizada para aliviar os sintomas de pernas cansadas.