O tomilho é uma erva perene aromática da família Labiatae de até 30 cm de altura.  Caules lenhosos e acinzentados. Folhas lanceoladas ou ovais, inteiras, pecioladas, com a parte de trás coberta com vilosidades esbranquiçadas e o contorno voltado para o interior. Flores rosadas e brancas, com a corolla de lábio superior entalhada e o inferior dividido em três lóbulos. Cálice vermelho e aveludado.

Substâncias que contém: óleo essencial, timol (de ação antibacteriana), borneol, cimeno, pineno, taninos, resinas, substâncias que ajudam a fortalecer os pulmões, brônquios, estômago e intestinos.

Propriedades e usos do tomilho:

Suas propriedades medicinais são bem conhecidas. Alivia resfriados ou distúrbios digestivos. Misturado com menta, sálvia ou alecrim, o tomilho, como cataplasma, serve para aliviar neuralgia e ciática, podendo atuar em decocção como antisséptico em ferimentos leves.

Tomilho: Propriedades e Usos

Combate parasitas intestinais, é digestivo, estimula o apetite, é antisséptico bucal, alivia a dor de cabeça, nervos alterados, tosse, tosse convulsa, irritação da garganta.

O tomilho é recomendado por suas propriedades antissépticas para todos os tipos de catarros, resfriados, gripe, bronquite.

Por sua essência tônica e estimulante exerce uma ação antisséptica das vias respiratórias e dos rins. No estômago também demonstra suas virtudes ajudando a digestão, estimulando o apetite, e impedindo as fermentações intestinais.

O chá se prepara com 4 a 5 colheres de sopa por litro de água fervendo. Deixe repousar 10 minutos e coe. Tome cerca de 3 xícaras por dia.
Recolha as folhas em qualquer época do ano para consumir frescas. Recolha os extremos floridos para secar, separando as folhas e flores dos talos quando estiverem secos.

Uso externo do chá como um desinfetante e cicatrizante de feridas.

O tomilho é uma planta de origem europeia e é amplamente cultivado no México. É usado como condimento e em remédios desde tempos imemoriais.

Além do seu uso culinário como condimento de numerosos pratos, se toma em infusão para curar resfriados. É também usado o óleo de tomilho.

  • 3 raminhos de tomilho
  • 2 pimentas
  • 1 folha de louro
  • 2 cravos de espécies
  • 1 colher de sopa de sal
  • ¾ de litro de azeite de oliva

Para aromatizar as casas, se cortam os ramos que se prendem nos vasos de plantas de interior.

Na cozinha é essencial em carnes cozidas e grelhadas, sopas, picles, feijões, ervilhas, etc.

Adicione as folhas em recheios, molhos, pratos de peixe, etc.

Você também pode introduzir raminhos frescos no azeite ou vinagre.

Cultivo e propagação: muito fácil de cultivar. Precisa de sol, cresce bem em todos os tipos de solo e resiste bastante a seca. Não adube com fertilizantes minerais ricos em nitrogênio, porque reduz a sua resistência à geada, ao ficar mais macia. Como muitos aromáticos é preciso podar após cada floração anualmente.

Multiplica-se por:

1. Sementes na primavera (é o método mais lento).
2. Divisão da mata na primavera.
3. Estratificação na primavera e no outono.
4. Cortes de estaca semi-maduros no início do verão.

O tomilho pode durar um máximo de 4 ou 5 anos, já que então perde em parte o seu perfume.

Os velhos arbustos devem ser substituídos quando apresentarem troncos lenhosos.