Hoje em dia, o uso excessivo de antibióticos químicos (pertencentes às farmacêuticas) está provocando o aparecimento de novas “super-bactérias” que são resistentes a estes antibióticos e evoluem tão rápido que os médicos não têm tempo para encontrar a cura.

Isso poderia acabar resultando em uma cadeia alimentar um tanto diferente da que hoje em dia conhecemos (com as bactérias localizadas no topo da cadeia).

Os antibióticos que hoje em dia podemos comprar em farmácias foram desenvolvidos na década de 40. Antes disso, as pessoas usavam medicamentos naturais (em forma de alimentos ou ervas), que ajudavam a combater as infecções de vírus e outras doenças comuns. A medicina holística ainda utiliza muitos destes “antibióticos naturais” para combater as infecções.

10 antibióticos naturais que nossos antepassados utilizavam em vez de medicamentos e que não necessitam de receita médica:

1. Alho. O alho tem poderes de cura incríveis. É muito eficaz no momento de combater infecções, tais como a gripe, já que elimina as bactérias antes de começar a ter efeitos negativos em nosso organismo.

Também, contém alicina, substância que combate as bactérias, parasitas e outros possíveis microrganismos. O alho não pode prejudicar a nossa saúde de forma alguma.

10 Antibióticos Naturais Que os Nossos Antepassados Usavam

2. Mel. Os romanos usavam o mel no campo de batalha para curar feridas e combater a infecção.

O mel é um dos antibióticos naturais mais eficientes do mundo, graças as suas propriedades antibacterianas, anti-inflamatórias e antifúngicas.

O mel contém enzimas que liberam peróxido de hidrogênio. Este processo ajuda o organismo a combater infecções e previne a propagação. Além disso, o mel purifica o sangue de toxinas, ajuda o funcionamento eficiente do fígado, e tem um efeito positivo sobre o trânsito digestivo.

Se você deseja melhorar o seu sistema imunológico, misture mel com canela para aumentar o número de glóbulos brancos no sangue. A melhor opção é o mel orgânico, sem processar, já que no processo de pasteurização perde grande parte do seu poder antioxidante.

3. Vinagre de Maçã. O vinagre de maçã tem propriedades antibióticas e antissépticas muito potentes e ajuda a alcalinização natural do nosso sistema, ajudando a reduzir o colesterol e diminuindo assim à probabilidade de contrair câncer.

O vinagre de maçã também pode ser usado para desinfecção e esterilização.

Leia também: “Vinagre de Maçã – Como Fazer Vinagre de Maçã“.

4. Cúrcuma. Além da sua cor e sabor, a cúrcuma é bem conhecida pelos incríveis benefícios que tem para o nosso organismo. Esta especiaria é ótima para matar bactérias. Para melhores resultados, o melhor é combinar a cúrcuma com mel e aplicar a mistura sobre as áreas infectadas.

5. Extrato de Semente de Toranja. Um estudo recente descobriu que o extrato de semente de toranja pode matar 800 tipos de vírus, bactérias, fungos e parasitas.

O extrato de semente de toranja tem muitos antioxidantes, estimula o sistema imunológico e alcaliniza de forma natural nosso organismo, assim como ajuda na digestão, estimulando a flora intestinal.

6. Orégano e Óleo de Orégano. Certamente muitos de vocês têm usado orégano para temperar seus pratos sem saber quão benéfico pode ser para a sua saúde. Além das propriedades antibacterianas, o orégano ajuda na digestão e estimula a perda de peso.

7. Couve. A couve contém compostos de enxofre que têm um efeito positivo sobre a luta do nosso organismo contra o câncer. Também é rica em vitamina C (apenas um copo de couve contém 75% da quantidade diária recomendada de vitamina C).

Devido às suas propriedades antibacterianas, tomar suco de couve com um toque de mel (para adoçar) é uma maneira ideal de melhorar a digestão, prevenir doenças e manter seu peso ideal.

Leia também: “Propriedades e Benefícios da Couve“.

8. Óleo de Coco. Os benefícios do óleo de coco são infinitos. Além de ter propriedades antimicrobianas e antifúngicas, contém alguns antioxidantes muito pouco comuns e bastante difíceis de encontrar na natureza.

Podemos usar o óleo de coco para melhorar o nosso sistema imunológico, manter um nível ideal de colesterol e açúcar no sangue, e inclusive para fortalecer a atividade cerebral. Além disso, pode ser usado tanto interno como externamente.

Adicione uma colher de sopa de óleo de coco no café da manhã para estimular à energia e liberar a mente para o resto do dia.

9. Comida Fermentada. Kefir (iogurte fermentado mediante fungos e bactérias), os iogurtes pro bióticos e os picles são alimentos ótimos para estimular a flora intestinal.

Leia também: “Kefir: Um Remédio Caseiro para Muitas Doenças“.

10. Prata Coloidal. A prata coloidal é um antibiótico natural que foi usado durante muitos anos. Não pode ser utilizado, muitas vezes, nem em excesso, já que uma quantidade elevada de prata em nosso organismo pode ser tóxica.

Apesar do seu caráter tóxico (quando tomada em excesso), a prata coloidal desativa as enzimas necessárias para a multiplicação de bactérias e vírus, evitando, assim, que estes se propaguem. Esta propriedade a converte em um poderoso antibiótico natural.