Se você sofre de fígado gordo e quer complementar o seu tratamento médico com um remédio natural e caseiro, pode considerar a chicória, uma planta que possui propriedades para limpar o fígado.

O fígado gordo é uma doença que tem aumentado nos últimos tempos, devido ao consumo excessivo de álcool e de alimentos ricos em gordura e açúcar e pobres em fibras.

O fígado gordo pode ser um fator de risco para doenças mais graves que afetam o fígado, como a cirrose.

Por isso, além de cuidar da sua alimentação e realizar atividade física, os remédios naturais podem ajudar a limpar o fígado. Entre as plantas medicinais que podem ser consideradas hepatoprotetoras, encontramos a chicória.

Remédio Natural de Chicória Para Tratar o Fígado Gordo

Ingredientes

  • 30 gramas de raiz seca e triturada de chicória
  • 1 litro de água
  • Para preparar este remédio caseiro, basta colocar a raiz de chicória na água e deixar ferver e repousar por 15 minutos. Quando estiver pronto, coe.

Observação:

• Se você não conseguir a raiz de chicória, também pode preparar esta decocção com flores secas da planta.

• Sugere-se consumir uma xícara desta decocção antes do café, depois do almoço e depois do jantar.

Remédio Natural de Chicória Para Tratar o Fígado Gordo

• A chicória tem compostos orgânicos que fornecem propriedades que melhoram o metabolismo do fígado, proporciona benefícios colagogos (benefícios que promovem a secreção da bílis para estimular a digestão das gorduras) e propriedades hepatoprotetoras. Inclusive se considera a chicória como um remédio natural para o tratamento de hepatite, cirrose e insuficiência hepática.

Leia também: “Chicória: Remédios Caseiros com Chicória“.

Por todas estas razões, a chicória é uma planta medicinal que pode ser utilizada não apenas se você sofre de fígado gordo, mas para melhorar o funcionamento do fígado gorduroso ou como um remédio caseiro para melhorar a digestão, no caso de se sentir pesado por ter comido de forma abundante.

Lembre-se, esta informação não substitui a consulta médica. Portanto, não deixe de consultar o seu médico diante de qualquer dúvida ou pergunta.