O boldo, originário da América do Sul, é um arbusto dioico, perene, perfumado, que pertence à família de monimiáceas, que pode medir até 6 metros de altura.

Seu tronco é curto e tem casca acinzentada. Quanto às folhas, estas são ovais, de cerca de 3 cm de comprimento, de superfície áspera, ovadas-oblongas, coriáceas, um pouco pecioladas, na frente verde brilhante, por baixo pálida e felpuda.

As flores, de cor amarela claro, se agrupam em picos terminais dioicos, paucifloras, pedunculadas inseridas nas axilas das folhas. O fruto do boldo é uma drupa carnosa de cor alaranjada, com uma semente. Toda a planta desprende um agradável aroma semelhante ao de hortelã.

O boldo cresce espontaneamente nas ladeiras secas e ensolaradas do Chile e das regiões andinas da América do Sul, mas também é cultivado na Itália e no norte da África, no início da primavera ou no verão.

O boldo é pouco exigente no que se refere ao solo. Seu cultivo requer: uma cerca, a preparação do terreno e do solo, plantio em linhas ou curvas em nível de fertilização, controle de ervas daninhas, dos animais, controle fitossanitário e irrigação.

As folhas são colhidas de dezembro a março. As cascas também são úteis para a extração do princípio ativo. As folhas, uma vez, secas se tornam quebradiças, por isso precisam ser embaladas com extremo cuidado para sua conservação. A secagem deve ser realizada na sombra ou no secador.

Remédios Caseiros Com Boldo

Propriedades Curativas do boldo:

O boldo contém óleo essencial (cineol, cimol, ascaridol e eugenol), alcaloides (boldina, boldoglucina, esparteína, etc.), flavonas glicosídeos (peumósidos, boldosidos e boldoglucina), taninos e ácido oxálico.

É importante observar que os nativos do Chile, nos Andes, já utilizavam as folhas de boldo antes da chegada dos conquistadores, como remédio estomacal e digestivo especialmente os índios Mapuche que atacavam o reumatismo e as luxações com boldo.

Atualmente, verificou-se que o boldo protege o fígado, aumenta a produção de bílis (efeito colerético), facilita o esvaziamento da vesícula e melhora o seu funcionamento ao combater os sintomas, como digestão lenta ou difícil, sensação de peso no estômago e mau gosto na boca (amargo).

Tem um efeito discretamente sedativo do sistema nervoso. Se for tomado em infusão; seu sabor é tão agradável que é usado como aromatizante de misturas digestivas e sedativas.

O princípio ativo essencial do boldo é um alcaloide denominado boldina. A boldina produz um efeito laxante suave eficaz que ajuda a combater a constipação crônica.

A folha de boldo aumenta a secreção de saliva, por isso é usado em pessoas que sofrem de boca seca.

Outras propriedades do boldo são: diurético e circulatório; combate a cistite, reumatismo, etc.

Remédios Caseiros com boldo:

Remédio com boldo para indigestão # 1: Despeje uma colher de chá de folhas em 1 xícara que contenha água que está fervendo. Deixe descansar por 10 minutos e coe. Tome até 3 xícaras por dia, 30 minutos antes das refeições.

Remédio com boldo para indigestão # 2: Misture partes iguais, sementes de erva-doce, poejo e folhas de boldo e, em seguida, extraia uma colher de sopa. Despeje em uma xícara de água que está fervendo. Deixe repousar por 10 minutos, coe e adicione o suco de ½ limão para cada copo. Beba 2 a 3 vezes por dia.

Remédio com boldo para descongestionar o fígado # 1: Misture partes iguais: boldo, fumaria, alecrim, dente de leão e anis verde. Extraia 2 colheres de chá desta mistura e despeje em uma xícara de água que está fervendo. Deixe descansar por 10 minutos e coe. Tome 3 xícaras, uma antes de cada refeição.

Remédio com boldo para descongestionar o fígado # 2: Ferva 30 gramas de folhas de boldo em 750 ml de água durante 5 minutos. Tome em forma de chá, quatro vezes por dia e por um período de 30 dias seguidos.

Remédio com boldo para icterícia: Despeje em uma xícara de água que está fervendo 2 colheres de sopa de folhas trituradas de boldo. Coe, tampe e deixe esfriar. Tome uma xícara, em jejum, com algumas gotas de limão e mel.

Remédio com boldo para a caspa: Ferva uma colher de chá de boldo, uma de cavalinha e uma de alecrim durante 5 minutos. Após este tempo, retire do fogo e deixe esfriar. Beba este remédio durante 20 dias.

Remédio com boldo para azia: Ferva por 5 minutos, 1 colher de sopa de folhas de boldo e 1 colher de sopa de folhas de alcachofra picadas em uma xícara de água. Após este tempo, retire do fogo, deixe esfriar e filtre. Tome uma xícara por dia, durante 30 dias seguidos.

Remédio com boldo para cálculos biliares ou pedra na vesícula: Ferva em 1 litro de água 30 gramas de boldo durante 10 minutos. Beba em três doses durante 15 dias seguidos.

Recomendações: Não utilize durante a gravidez, lactação, em crianças pequenas. Apesar de que as preparações de boldo são benéficas para conseguir uma boa função hepática, não abuse da sua ingestão. Convém que o tratamento com boldo não exceda as cinco semanas e que as doses recomendadas não sejam aumentadas.