A cúrcuma é uma planta perene pertencente à família do gengibre; que pode chegar a medir até 1,2 metros de altura. Seu talo é curto e as folhas verde brilhante, lanceoladas, com nervos muito marcados e terminadas em pontas dispostas em pares.

A cúrcuma tem flores amarelo claro ou violeta, agrupadas em inflorescência em uma espiga central. Quanto à sua raiz, a parte mais importante do ponto de vista da medicina natural, é rhizomatous, carnuda, de cor amarela ou laranja, pode ser fervida, seca ou moída para realizar diferentes preparações.

Esta planta tem sido cultivada há mais de dois mil anos atrás na China e na Índia e inclusive aparece mencionada em uma receita síria que data do ano 600 a.C. Marco Polo descobriu a especiaria no sul da China, a qual descreveu como uma planta com as propriedades, aroma e cor do açafrão, mas que não tinha nada a ver com o açafrão.

Os árabes e persas a denominaram kourkoum, que os espanhóis traduziram como cúrcuma. Foi o único país europeu na Idade Média, interessado por esta especiaria.

Na atualidade, é cultivada na Índia, China, Indonésia, Jamaica, Haiti, Filipinas e outros países tropicais. Esta especiaria é o principal ingrediente do pó de curry e também é usada na preparação de mostarda, é o principal corante do arroz de Madras, é encontrada em pratos de verduras, no otel (purê de lentilhas) ou no kedgeree (peixe com arroz ao curry) da Índia. É utilizada para aromatizar pratos de cordeiro no norte da África.

Remédios Caseiros Com Cúrcuma

Propriedades Curativas da Cúrcuma

É importante observar que o óleo essencial de raiz de cúrcuma é rico em turmerone e outras substâncias químicas aromáticas de ação depurativa, diurética, antisséptica, antiparasitária e potencialmente antitumoral.

Esta é usada para auxiliar a digestão, prevenir úlceras, prevenir distúrbios do fígado e bílis (devido à sua propriedade colagoga que facilita o esvaziamento da vesícula biliar), melhorar a circulação sanguínea (ao reduzir a agregação de plaquetas) e é um agente antibacteriano.

A raiz é utilizada, também, para eliminar grãos e aliviando dores e coceira causadas por dermatite, eczema e psoríase. Em alguns casos, como nas irritações produzidas por fraldas, o rizoma em pó é polvilhado sobre as palmas das mãos e esfregado suavemente sobre a pele do bebê. Em outros casos, o produto é misturado com um pouco de óleo de coco e aplicado suavemente sobre as inflamações mais graves.

Nas pesquisas realizadas, a cúrcuma demonstrou possuir, igualmente, notáveis propriedades anti-inflamatórias, reduzindo a inflamação e aliviando a dor de entorses e artrite. Estes resultados positivos são comparáveis aos mesmos efeitos conseguidos por populares medicamentos anti-inflamatórios, como acetato de hidrocortisona e fenilbutazona.

Vários estudos médicos contemporâneos sugerem que a cúrcuma pode muito bem também ajudar a prevenir doenças cardíacas, já que reduz o colesterol ruim, ou LDL no sangue o que pode provocar ataques cardíacos.

Leia também: “Cúrcuma: Benefícios Para a Saúde“.

Também se considera que tem um potencial como anticancerígeno. Vários estudos realizados com animais de laboratório demonstram que a curcumina tem uma atividade anticancerígena, provavelmente porque é um poderoso antioxidante (os antioxidantes são substâncias que neutralizam as substâncias tóxicas encontradas no organismo de forma natural, chamados radicais livres).

Neste sentido, pesquisadores indianos adicionaram diariamente 1,5 gramas de cúrcuma (aproximadamente uma colher de chá) à dieta de 16 fumantes durante um mês. O resultado foi uma significativa redução dos mutagênicos (que são muitas vezes cancerígenos) da urina destes fumantes.

Também é importante notar que as investigações realizadas nos Estados Unidos e Hong Kong desde 2001 revelam que os pratos ricos em curcumina têm a capacidade de reduzir os efeitos da doença de Alzheimer.

As estatísticas mostram que a Índia tem um dos índices mais baixos de Alzheimer do mundo, estimado em 1 por 100 indivíduos com mais de 65 anos, enquanto que nos Estados Unidos este índice é de 10 por 100, e na Europa, de cerca de 5 por 100.

A seguir, detalhamos remédios com cúrcuma que podem ser preparados em casa com facilidade e rapidez.

Remédios Caseiros Com Cúrcuma

Remédio com cúrcuma para o fígado: Misture 3/4 colher de chá de cúrcuma com 2 colheres de sopa de purê de berinjela cozida e 1 ½ colher de água fervendo até obter uma massa lisa. A pasta pode ser untada em um pedaço de pão de centeio ou trigo integral. Consuma depois de uma refeição gordurosa.

Remédio com cúrcuma para facilitar a digestão: Despeje uma colher de chá de cúrcuma em pó por xícara de água quente. Tome uma xícara depois de uma refeição pesada ou gordurosa.

Remédio com cúrcuma para o colesterol: Misture, alcachofra, dente de leão, cúrcuma, laranja amarga e hortelã em partes iguais. Extraia 1 colher de sopa desta preparação e despeje em uma xícara de água. Ferva por 5 minutos, deixe repousar mais 10 e coe. Beba 3 xícaras por dia, uma após cada refeição principal.

Remédio com cúrcuma para aliviar a dor de uma entorse: Ingerir ½ colher de chá de cúrcuma diluída em um copo de suco de laranja na parte da manhã e à noite.

Remédio com cúrcuma para artrite: Misture 2 colheres de sopa de cúrcuma com 1 colher de sopa de suco de limão, ao qual se adiciona suficiente água fervendo para conseguir uma agradável massa quente. Aplique diretamente sobre a área onde estão localizadas a inflamação e a dor. Após a aplicação, cubra a parte afetada com filme plástico de embalar alimentos para reter o calor e a umidade pelo maior tempo possível. A consistência da pasta deve ser semelhante a da manteiga de amendoim, de modo que possa ser aplicada facilmente sobre a pele.

Remédio com cúrcuma para úlceras cutâneas, pele afetada por sarampo, caxumba, varicela, picadas de insetos e micose de pele: Misture um pouco de pó de cúrcuma com o suco de ½ limão e um pouco de água até obter uma pasta lisa e aplique diretamente sobre as lesões.

Remédio com cúrcuma para sardas: Misture 3 colheres de sopa de soro de leite com uma colher de chá de cúrcuma. Este remédio se converte em um suave esfoliante da pele que clareia as sardas.

Remédio com cúrcuma para a pele suave: Prepare uma pasta com cúrcuma em pó, um pouco de farinha de grão de bico e água e aplique sobre a área que deseja suavizar e melhorar sua aparência.

Remédio com cúrcuma para hemorroidas: Aplique diretamente uma mistura que consiste em uma colher de chá de óleo de rícino e ½ colher de chá de cúrcuma sobre a área afetada antes de ir para a cama à noite.

Curiosidades da Cúrcuma

Na cultura hindu está associada com a fertilidade. No casamento, o noivo amarra uma corda pigmentada com cúrcuma em torno do pescoço da noiva e usa para colorir os pratos do banquete de casamento. Na Índia, ainda o utilizam para dar um toque dourado à pele.

Na atualidade, no Ocidente está sendo incluída dentro dos cosméticos naturais como regenerador e revitalizador da pele.

Precauções Com o Uso da Cúrcuma

As preparações medicinais da cúrcuma não devem ser administradas para crianças menores de dois anos. Para crianças mais velhas e pessoas com mais de 65 anos, comece com preparações de baixa concentração e aumente se for necessário.

Evite o seu consumo em caso de ter uma úlcera no estômago. Tampouco é conveniente ingerir se você estará exposto aos raios solares, já que aumenta a sensibilidade em relação a estes.