A bexiga urinária é um órgão oco, em forma de saco, localizada na parte frontal da pélvis, entre o osso púbico e o reto nos homens e entre este e a vagina nas mulheres, cuja função consiste em armazenar a urina que, procede dos rins, para baixo continuamente através dos ureteres, e em mantê-la ali até o momento de ser eliminada.

Suas paredes, revestidas internamente com uma camada mucosa, estão formadas por fibras musculares distribuídas em três camadas sobrepostas.

Em sua parte póstero-inferior desembocam os ureteres, um em cada lado da linha média, e na frente deles se abre o orifício que comunica com a uretra. Estas três aberturas definem um espaço triangular chamado trígono.

As paredes musculares da bexiga conferem a este órgão uma grande elasticidade e capacidade de distensão, e lhe permitem conter um grande volume de urina. A bexiga conta também com dois esfíncteres: um interno, localizado em torno do orifício da uretra e que impede a saída da urina até que a bexiga esteja cheia, e outro externo, localizado na porção superior da uretra, cerca de dois centímetros abaixo do anterior, cujo relaxamento voluntário permite o esvaziamento da bexiga.

O mecanismo de micção é bastante complexo, e nele interfere, além dos músculos acima mencionados, um grande número de interligações entre a bexiga e o sistema nervoso central e autônomo.

Remédios Caseiros Para a Bexiga Hiperativa

Quando a bexiga está cheia, a distensão de suas paredes origina uma série de impulsos nervosos que se dirigem até a medula espinhal e o cérebro, onde se produz o desejo de urinar. O cérebro, por sua vez, envia as ordens necessárias para relaxar o esfíncter externo, o qual se abre ao mesmo tempo em que se contraem automaticamente as paredes da bexiga para esvaziar o órgão.

Geralmente, as pessoas urinam 3 ou 4 vezes por dia e 1 a 2 vezes durante a noite, embora a quantidade possa variar dependendo do consumo de determinados medicamentos, da quantidade de líquido ingerido, da atividade que se realiza, entre outros, e também da presença de tumores, infecções, cálculos renais, etc.

A seguir alguns remédios para aliviar a bexiga hiperativa.

Remédios caseiros para bexiga hiperativa:

  • Tome todos os dias um punhado de sementes de gergelim branco com um pouco de açúcar mascavo ou açúcar mascavo natural. Este remédio fortalece a bexiga.
  • Deixe de molho 100 gramas de urtiga em um balde de 5 litros de água fria durante 12 horas. Em seguida, aqueça a mistura, coe e adicione à água do banho. O banho de banheira deve cobrir os rins, e a duração do banho não deve exceder os 20 minutos. Então, você não deve se secar, mas se envolver em um roupão de banho e suar uma hora na cama.
  • Despeje em uma xícara uma colher de chá cheia de urtiga, adicione água fervendo, deixe repousar por meio minuto, coe e beba uma xícara diária desta infusão.
  • Adicione em uma bacia com quatro colheres de chá de cavalinha menor, um litro de água fervendo. Envolto em um roupão de banho, coloque-se de cócoras sobre a bacia e deixe agir os vapores do extrato sobre a bexiga durante 10 minutos.

Leia também: “Remédios Caseiros Para Infecção do Trato Urinário”.

  • Despeje em uma xícara uma colher de chá de pé de leão, adicione água fervendo, deixe repousar por meio minuto e coe. Tome quatro xícaras distribuídas ao longo do dia.
  • Lave e pique finamente um punhado de folhas, flores e caules de bolsa de pastor recém-colhida. Com as ervas encha uma garrafa e adicione aguardente de trigo de 38 a 40 graus. A garrafa deve ser deixada em repouso em um lugar quente durante pelo menos duas semanas. A essência resultante é aplicada sobre a área da bexiga, várias vezes por dia, a fim de fortalecer exteriormente a musculatura.
  • Despeje um punhado de sal comum na água e faça um banho de assento que deve estar na temperatura certa, e deve cobrir os rins. A duração do banho é de 20 minutos; após este tempo não se seque: envolva-se em um roupão de banho e deite-se na cama para suar durante uma hora.

Recomendações: Evite a ingestão de álcool e cafeína. A cafeína é um diurético e intensifica a necessidade de urinar. É importante observar que a incontinência e a urgência de urinar são bastante comuns entre os bebedores de café e os consumidores de outras bebidas com cafeína, como chá ou refrescos de cola. As bebidas alcoólicas também favorecem o aparecimento da bexiga hiperativa.