À estomatite é uma inflamação da mucosa oral, ou seja, da camada de tecido que recobre a cavidade oral. Quando se produz nas gengivas recebe o nome de gengivite, e quando se localiza sobre a língua se denomina glossite.

Costuma se apresentar de forma abrupta e aguda, mas em ocasiões tem um curso crônico e persistente.

Causas Mais Frequentes da Estomatite:

  • Higiene oral inadequada.
  • Irritação mecânica causada por circunstâncias diversas, como próteses dentais mal ajustadas, o consumo de tabaco ou álcool, ou ingestão de alimentos muito picantes ou quentes.
  • Infecções bacterianas: normalmente na boca habitam uma grande quantidade de bactérias, mas se a mucosa que a recobre está saudável e intacta não se origina nenhuma infecção. Quando existe alguma pequena ferida, por exemplo, como resultado de uma mordida, as bactérias que se encontram habitualmente na mucosa bucal determinam uma infecção.Outras vezes acontece que as defesas do corpo são reduzidas. Neste caso, embora não exista nenhum foco de infecção, as bactérias normais da boca podem penetrar na mucosa com facilidade.

    Isto é o que acontece em pessoas que recebem uma alimentação deficiente, aquelas que estão deficientes em vitaminas e naquelas que sofrem de doenças como leucemia ou AIDS.

  • Infecções virais: são menos frequentes do que as causadas por bactérias. Caracterizam-se pelo aparecimento de pequenas úlceras muito dolorosas.
    Remédios Caseiros Para Estomatite
  • Intoxicação por metais como chumbo ou mercúrio.

Outras vezes, a estomatite é uma manifestação de uma forma mais grave, como colite ulcerosa ou doença de Crohn.

A forma mais frequente é a estomatite simples aguda, em que um segmento mais ou menos amplo da mucosa aparece avermelhada e ligeiramente inchada, produzindo uma leve dor nessa área; a dor pode ser intensificada ao mastigar, ao ingerir alimentos salgados, picantes ou quentes, ou inclusive ao movimentar a língua em torno dessa área.

A estomatite purulenta é causada por uma infecção bacteriana, e além de dor, costuma haver mau hálito, percepção de um gosto desagradável na boca, inflamação dos gânglios da área, e inclusive febre.

Na estomatite ulcerosa aparecem erosões (úlceras) na mucosa oral. Costumam se localizar no lado interior dos lábios, gengivas, língua e garganta. Os sintomas são semelhantes aos que aparecem na estomatite purulenta.

A estomatite aftosa se caracteriza pela presença na mucosa oral de uma lesão típica denominada afta, que consiste em uma erosão de cor branca e com uma borda avermelhada. As aftas podem ser únicas ou aparecer diversas ao mesmo tempo, e costumam se localizar nos lábios, debaixo da língua ou no interior das bochechas.

É um transtorno muito frequente (20% da população) e pode se apresentar periodicamente em forma de surtos, com sensação de ardência e dor, especialmente ao ingerir determinados alimentos.

Leia também: “O Que é Estomatite? Tipos, Causas e Tratamentos Para Estas Incômodas Lesões na Boca“.

Remédios Caseiros Para Estomatite:

  • Misture 30 gramas de casca de espinheiro, 20 gramas de cavalinha e de sementes de erva-doce, 15 gramas de milho de bardana e 10 gramas de hortelã e extraia 1 colher de sopa. Ferva em uma xícara de água durante 5 minutos. Coe e realize lavagens quentes, a cada uma ou duas horas.
  • Misture 20 gramas de folhas de sálvia, 15 gramas de flores de lilás e camomila, e 10 gramas de bistorta e extraia 3 colheres de sopa em meio litro de água. Realize gargarejos várias vezes por dia.
  • Extraia o suco das folhas frescas de mirtilo e realize gargarejos. Este remédio é indicado em casos de estomatite ulcerosa.
  • Faça uma decocção com 1 colher de sopa de casca de espinheiro e outra de vinagre. Faça vários bochechos com esta preparação por dia.
  • Misture 2 nonis maduros junto com 1 colher de sopa de mel e 2 de água fervida. Beba este suco 3 vezes ao dia.
  • Ferva 5 gramas de folhas de coca durante 5 minutos em uma xícara de água. Retire do fogo, deixe repousar e filtre. Realize bochechos várias vezes por dia.