Em nossa casa temos muitos produtos naturais muito eficazes para o cuidado do cabelo (mel, azeite de oliva, ovo, etc.), que nos ajudam a devolver a sua força e saúde.

O excesso de tintura ou outros produtos químicos, o uso excessivo de secadores e pranchas, o estresse e a má alimentação... Todos esses fatores, entre muitos outros, podem fazer com que o nosso cabelo perca força, espessura e brilho.

O azeite de oliva e os ovos são dois alimentos amplamente utilizados em produtos para cuidados da pele e cabelo. Uma máscara composta por um ovo batido misturado com uma colher de sopa de azeite de oliva é um remédio muito eficaz para fortalecer o cabelo desde a raiz, nutrindo o couro cabeludo e estimulando o crescimento de novos cabelos. Deixe atuar esta máscara por cerca de 30 minutos antes de lavar a cabeça um par de vezes por semana e observe os resultados muito em breve.

Remédios Caseiros Para Fortalecer os Cabelos

Leia também: "Benefícios do Azeite de Oliva para a Pele e o Cabelo".

Os óleos naturais e as múltiplas vitaminas do abacate, fazem deste um dos melhores remédios naturais para revitalizar o cabelo. Você pode misturar metade de um abacate com uma colher de sopa de azeite de oliva e a gema de um ovo ou com iogurte natural e uma colher de sopa de mel. Aplique qualquer dessas duas máscaras da raiz às pontas por 30 minutos antes de lavar o cabelo como de costume.

Outro remédio natural para fortalecer o cabelo é adicionar um pouco de sálvia, aloe vera ou óleo de mamona ao shampoo que utilizamos normalmente ou água de enxágue. Com esta técnica, além de reduzir a sua queda conseguiremos obter mais brilho e maciez.

Finalmente, não podemos deixar de mencionar o óleo de argan, também chamado de ouro líquido por seus muitos benefícios tanto para a saúde como para a beleza da pele e para fortalecer o cabelo. Muito rico em Ômega 3, Ômega 9 e vitamina E, este óleo não gorduroso nutre os poros do couro cabeludo profundamente reforçando significativamente desde a primeira aplicação. Adicione algumas gotas ao seu shampoo habitual ou utilize-o como uma máscara, uma ou duas vezes por semana.

Atenção, as sugestões encontradas nesse artigo não possuem base científica comprovada, sendo assim não devem ser substituídas, em hipótese alguma, por um tratamento médico convencional e/ou ao seguir essas sugestões, os sintomas ou condições a que esse artigo se propõem ajudar podem se agravar.