Gastrite é uma inflamação da mucosa estomacal. Lesões inflamatórias podem ser agudas ou crônicas.

Entre as possíveis causas da gastrite estão: comer em horas irregulares; comer alimentos cozidos incorretamente; o consumo excessivo de chá, café ou álcool; uso habitual de grandes quantidades de condimentos e molhos. Também se incluem entre as causas da gastrite a preocupação, ansiedade, estresse, bem como a utilização de certas drogas ou medicamentos.

Também os parasitas, as bactérias (H. pylori) e os vírus (citomegalovirus, vírus da herpes) e os efeitos de outras doenças (sarcoidose, doença Crhon, gastrite eosinofílica) podem inflamar a mucosa do estômago e provocar a gastrite.

Entre os sintomas da gastrite estão incluídos:

  • Dor a nível epigástrico.
  • Fadiga crônica.
  • Dor na região lombar.
  • Azia (sensação de queimação ou ardência).
  • Náuseas, vômitos.
  • Hematêmese (vômito de sangue).
  • Melena (sangue digerido nas fezes).
  • Inchaço.
  • Perda de peso.
  • Diarreia.

Existem vários remédios caseiros e populares para aliviar a dor que causa a gastrite. No entanto, é importante e conveniente a pronta atenção médica, já que a gastrite não tratada adequadamente pode causar uma úlcera, perfuração, hemorragia ou obstrução.

Gastrite – Remédios Caseiros Para Gastrite

Leia também: “Gastrite: Dieta e Receitas Saudáveis“.

Remédios Caseiros Para Gastrite

  • Lave um ramo de salsa e coloque em um liquidificador juntamente com 1 xícara de água. Bata por alguns instantes. Beba um copo deste suco diariamente até conseguir uma melhora.
  • Coloque uma bolsa de gelo ou água fria sobre o estômago para reduzir a dor.
  • Cozinhe meia xícara de grãos de milho em meio litro de água por 10 minutos. Retire do fogo, coe e beba esta preparação, três vezes por dia.
  • Coma uma porção de gelatina fria quando você sentir azia.
  • O mingau de arroz é outro excelente remédio para os casos agudos de gastrite. Elabora-se um copo de mingau de arroz que deve ser tomado duas vezes ao dia.
  • Um remédio de musicoterapia diz que a gastrite tem origem nervosa e que deve ser curada ouvindo “As Quatro Estações” de Vivaldi.
  • Comer devagar peras raladas refresca a sensação de queimação da gastrite e acelera o processo de recuperação.
  • Tomar uma colher de sopa de azeite, todas as manhãs é um remédio popular para combater a gastrite crônica.
  • Ferva três colheres de chá de banana em 3 copos de água por 3 minutos. Deixe descansar, coe e beba um copo, três vezes ao dia.
  • Ferva uma colher de sopa de marshmallow e gengibre em três xícaras de água durante 10 minutos. Em seguida, adicione uma colher de sopa ulmaria. Deixe descansar durante 10 minutos. Tome essa preparação três vezes por dia.
  • Lave e corte em pedaços 1 batata pequena e coloque em um liquidificador com 1 xícara de água, 4 amêndoas (sem casca), 1 banana (descascada), 4 tâmaras (sem caroço). Bata por alguns instantes e tome um copo, três vezes por semana.

Recomendações

  • Beba muita água, pelo menos oito copos por dia.
  • Elimine os refrigerantes, o café, o álcool, os sucos cítricos (laranja, limão, abacaxi, etc.).
  • Evite tomar aspirina, pois elas são irritantes para o estômago.
  • Não pule as refeições. É preciso uma programação de refeições que pode ser com várias pequenas refeições ao longo do dia, em quantidades moderadas para não aumentar significativamente o tamanho do estômago.

Cuide da sua alimentação e dieta.

  • Não consumir alimentos com alto teor de gordura, como salsichas, requeijão, e queijo amarelo, frituras e fast food, já que aumentam a secreção de ácido no estômago e podem causar dor.
  • Aumente o consumo de fibras em sua dieta e cereais integrais, como: macarrão, arroz, pão, cereais matinais, aveia, biscoitos integrais.
  • Consuma leguminosas como lentilhas, feijão preto, grão de bico, soja, etc., e os vegetais crus e cozidos: pepino, cenoura, brócolis, etc.
  • Coma frutas, preferencialmente, faça o consumo com casca como as maçãs, os pêssegos com exceção dos cítricos.
  • Evite os condimentos fortes (pimenta, pimentão, molhos para temperos).

• Controle o estresse, já que aumenta a secreção de ácido gástrico, o que irrita a mucosa estomacal e produz dor. Por isso é conveniente aprender técnicas de gerenciamento do estresse como a ioga e a meditação.

• Evite fumar (especialmente antes do café da manhã), já que a fumaça do tabaco é um irritante do estômago e aumenta a atividade gástrica.

• Evite ingerir bebidas ou alimentos muito quentes; o melhor é esperar esfriar.

• Procure atendimento médico se você tem sofrido de gastrite por um longo tempo e não teve sucesso em nenhum tratamento, já que você pode ter a bactéria H. pylori, a qual infecta a membrana estomacal causando gastrite e até úlceras.