O herpes genital ou herpes simplex II é uma infecção virai caracterizada por feridas.

Seu contágio se produz contágio através do contato com a pele, através de relações sexuais orais ou genitais com alguém que está infectado.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

O vírus pode passar quando está em um estado ativo (quando as feridas são aparentes) ou em um estado pró-ativo (caracterizado por coceira e formigamento na área onde geralmente aparecem as feridas).

No entanto, muitas vezes, o contágio se produz antes que a pessoa infectada saiba que ele ou ela tem o vírus.

Os primeiros sinais de herpes são:

  • Coceira.
  • Formigamento.
  • Sensação de queimação ou uma erupção leve.
Remédios Caseiros para Herpes Genital

Sintomas posteriores:

  • Feridas pequenas e vermelhas.
  • Febre.
  • Fraqueza.

Nas mulheres, aparece mais frequentemente o herpes genital em:

  • Nádegas
  • Ânus
  • Umbigo
  • Coxas
  • Área genital

Nos homens, aparece em:

  • Pênis
  • Testículos
  • Nádegas
  • Ânus
  • Coxas

É importante mencionar que esta é uma doença incurável que fica permanentemente no corpo. Pode estar inativo, sem causar sintomas e pode reaparecer a qualquer momento. Devido a isso, é recomendável que assim que sai a primeira ferida ou erupção cutânea, a pessoa receba a atenção de um especialista. Além do tratamento médico, existem alguns remédios caseiros e naturais que ajudam a aliviar e melhorar os sintomas, como os seguintes:

Leia também: "O Que Você Deve Saber Sobre o Herpes Genital".

Remédios Caseiros para Herpes Genital:

  • Coloque gelo picado dentro de uma bolsa plástica e envolva em um pano ou tecido de folhas (não é recomendada uma toalha felpuda, já que é muito grossa para transmitir eficazmente o frio). Em seguida, aplique a bolsa diretamente sobre a área quando aparecem os primeiros sinais de queimação ou coceira. Mantenha ali por 15 minutos. Aplique várias vezes durante o dia.
  • Aplique duas colheres de sopa de farinha de arroz ou amido de milho sobre a área afetada para reduzir a coceira.
  • Tome um banho de assento quente por aproximadamente 10 minutos, três vezes por dia para acelerar o processo de secagem das feridas. Ao terminar o banho, seque a área com um secador de cabelo com ar morno ou frio, não quente. Esta ação resulta calmante e, talvez, acelere o processo de secagem das feridas.
  • Mergulhe dois pedaços de flanela com uma xícara de óleo de rícino, então você deve colocar sobre o estômago e cobrir com plástico. Em seguida, aplique, por uma hora, uma almofada de aquecimento elétrico. Aplique várias vezes ao dia, quando aparece um ataque de herpes.
  • Ferva duas colheres de chá preto em uma xícara de água durante 10 minutos. Em seguida, retire do fogo e deixe esfriar. Aplique diretamente a infusão sobre as feridas, a qual ajudará a aliviar a queimação. Outra forma alternativa é usar duas bolsas de chá preto molhadas e frias e aplique diretamente sobre as áreas afetadas.
  • Ferva um punhado de folhas de bardana frescas, previamente lavadas em um litro de água durante 10 minutos. Realize lavagens na área afetada com esta infusão várias vezes por dia.
  • Abra uma penca ou folha de aloe vera ao meio e extraia o gel que contém. Aplique, mediante um bastão de algodão, sobre a área afetada. Deixe secar e, em seguida, limpe com um pano embebido em água morna. Realize este remédio várias vezes ao dia durante quatro dias seguidos. Esta planta facilita a rápida cicatrização das feridas e alivia a dor causada por este tipo de herpes.
  • Misture 1 colher de sopa de pó de raiz de alcaçuz com ½ colher de sopa de água até formar uma pasta. Coloque, mediante um bastão de algodão, sobre a área afetada e deixe no local durante 3 horas e depois lave com água morna. Realize este remédio 3 vezes por dia até que o surto tenha cicatrizado.

Recomendações:

Não toque. As feridas não devem ser tocadas, já que isso pode espalhar para outras partes do corpo, como a boca ou os olhos com os dedos contaminados. Se você tem medo de se arranhar durante o sono, pode cobrir suas feridas com gaze.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Evite pomadas. As feridas genitais precisam de muita ventilação para curar. Por isso, evite pomadas antibióticas, já que bloqueiam a passagem de ar e retardam o processo de cura. Se utilizar um creme de cortisona é ainda pior, porque pode inibir o sistema imunológico e promover o crescimento do vírus.

Use roupas íntimas soltas de algodão. Como na recomendação anterior, é essencial que as pessoas que sofrem com herpes genital usem apenas roupa íntima que permita uma boa ventilação da pele, como é o caso do tecido de algodão. Quanto às fibras sintéticas é melhor evitá-las. Se você usa meia-calça de nylon, deve tentar comprar aquelas com ponte de algodão. Se você deseja colocar um traje de banho, é aconselhável cortar a ponte de algodão de uma meia-calça e costurar no traje de banho.

Não prejudique outras pessoas. Evite ter relações sexuais quando existem feridas presentes, já que o herpes é extremamente contagioso nesta fase. Quando não se apresenta feridas talvez não se espalhe o vírus, mas você deve usar preservativos para garantir aos seus parceiros uma maior proteção e paz de consciência.

Manter um diário de herpes. É aconselhável que as pessoas com herpes genital utilizem um diário e escrevam ali sempre que ocorre um surto de herpes. Esta ação pode ajudar a identificar quais os alimentos, estresse emocional ou medicamento que tenha provocado uma recorrência de herpes para, assim, descobrir o fator desencadeante e evitá-lo no futuro.

Se manter seco. É importante conservar a área genital o mais seco possível. Para fazer isso, depois de um banho ou ducha, recomenda-se que as pessoas com herpes genital se sequem mediante pequenos golpes (ou seja, não esfregar) com uma toalha. Outro aspecto interessante é utilizar uma toalha específica para secar o herpes e outra para secar o resto do corpo. Desta forma, não apenas evita que o vírus se espalhe para outras partes, mas também para outras pessoas. Se a área com herpes é muito sensível para secar com a toalha, você pode usar um secador manual de cabelo na posição de baixa temperatura.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Se uma mulher está grávida e contraiu herpes genital, deve receber ajuda médica imediata, já que os bebês que nascem com herpes podem sofrer sérios danos. Por isso, recomenda-se:

  • Que o médico faça regularmente culturas vaginais e cervicais (para determinar se você tem o vírus ativo).
  • Se a lesão estiver ativa no momento do parto, a mulher grávida deve consultar com seu médico sobre a alternativa de ter uma cesariana para proteger o bebê contra a infecção.

É importante observar que o vírus do herpes pode estar relacionado com o desenvolvimento de câncer cervical e as mulheres com herpes deveriam fazer um exame de Papanicolau, uma vez por ano.