O ouvido não é apenas um órgão destinado a audição, pois em seu interior se encontram também diversas estruturas e canais auditivos encarregados de fornecer informações sobre a postura e os movimentos da cabeça.

Esta informação é essencial para que constantemente sejam realizados ajustes musculares necessários que garantam a manutenção do equilíbrio. As mencionadas estruturas, que alguns especialistas designam conjuntamente com o nome de sentido do equilíbrio, são três: os condutos semicirculares, o sáculo e o utrículo. As três estão reunidas em uma região do ouvido interno denominada átrio.

Os condutos semicirculares são formados por três tubos cheios de líquido, cada um dos quais descreve meia circunferência em uma das três direções do espaço.

Quando a cabeça se move em alguma direção, o líquido contido nos condutos semicirculares também se move; este movimento atua como estímulo sobre alguns células sensoriais determinadas que se encontram dentro de cada tubo, de modo que estas enviam uma mensagem para o cérebro.

O utrículo e o sáculo são duas pequenas bolsas membranosas que também se encontram cheias de líquido. No interior de cada uma delas está uma pequena placa gelatinosa que contém várias células sensoriais, e sobre a qual descansam numerosos grãozinhos de carbonato de cálcio.

Remédios Caseiros para Labirintite

Devido ao seu peso, os grãozinhos exercem pressão sobre as células sensoriais que se encontram por baixo, e estas enviam a informação correspondente para o cérebro. No momento em que a cabeça realiza uma mudança de posição, os grãozinhos também o fazem, e as células sensoriais emitem uma mensagem diferente para o cérebro.

Leia também: “Labirintite: Conheça Os Sintomas E Como Tratar Labirintite“.

No entanto, por vezes, estes condutos auditivos se inflamam o que afeta tanto a audição como o equilíbrio; transtorno que recebe o nome de labirintite.

Causas da Labirintite:

  • Alergias sazonais: como as alergias inflamam e restringem as vias respiratórias, podem inflamar os condutos auditivos.
  • Infecções bacterianas.
  • Infecções virais: estudos recentes sugerem que os membros do grupo dos vírus de herpes (não necessariamente sexualmente transmitidos) podem estar associados com a labirintite.
  • Excessiva presença de substâncias estranhas ou cera de ouvido.

Os sintomas mais comuns de labirintite são um mau sentido do equilíbrio, tonturas e náuseas. Em alguns casos, a ansiedade extrema como a associada com tonturas ou vômitos pode ocorrer. A audição pode se ver afetada e o zumbido nos ouvidos é frequentemente relatado.

Remédios Caseiros para Labirintite:

  • Despeje 1 colher de sopa de ginkgo biloba em uma xícara de água e deixe ferver por 5 minutos. Retire do fogo e deixe esfriar. Coe e tome uma xícara por dia.
  • Despeje 1 colher de sopa de pó de raiz de quina em meio litro de água que está fervendo. Cubra e deixe esfriar. Mexa e beba ao longo do dia até superar o transtorno.
  • Elabore uma infusão de gengibre em uma xícara de água e tome 3 vezes ao dia.
  • Arnica Montana, se você estiver experimentando tonturas e náuseas leves devido a algum tipo de trauma, mas se sente melhor quando está deitado em um quarto escuro, sem barulho.

Recomendações: Consumir alimentos ricos em vitamina B12, já que este transtorno está vinculado com a falta desta vitamina. Aconselha-se tomar 500 microgramas de vitamina B12 com 400 microgramas de ácido fólico duas vezes por dia durante um mês.