As veias das pernas têm válvulas que facilitam o fluxo de sangue para o coração e, por sua vez, evitam que este retorne ou baixe por seu próprio peso.

No entanto, quando estas válvulas funcionam mal, o sangue flui de volta para as veias e faz com que estas se dilatem ou inflamem; condição que se conhece como varizes.

A hereditariedade é um fator muitas vezes fundamental no desenvolvimento desta doença. Da mesma forma, os hormônios desempenham um papel a este respeito. Em raras ocasiões se apresentam varizes antes da puberdade, e as mulheres são mais propensas do que os homens a sofrê-las.

Muitas vezes, se desenvolvem as varizes durante a gravidez, como resultado da pressão adicional exercida sobre os vasos sanguíneos, especialmente nas pernas. O aumento do fluxo sanguíneo durante a gravidez também envolve um maior peso sobre as pernas das mulheres.

Outros fatores que podem estar relacionados com o desenvolvimento de varizes incluem a idade, atrofia muscular, constipação crônica, o excesso de peso, temperaturas extremas, insuficiência de exercício, má circulação, repouso prolongado na cama, o consumo de álcool ou de alimentos muito condimentos, e o uso de roupas ou meias apertadas, saltos altos e calçados inadequados.

Remédios Caseiros Para Varizes

Além disso, permanecer sentado ou em pé na mesma posição durante períodos prolongados resulta problemático, porque pode restringir o fluxo de sangue adequado para e desde as pernas.

Por outro lado, o esforço físico duro e as lesões têm o potencial de danificar a válvula de alguma veia ou de provocar coágulos que destroem permanentemente várias, e deterioram a circulação. Por último, em alguns casos, as varizes constituem um indicio de outras doenças.

Leia também: “Evitar as Varizes – Simples Dicas Cotidianas Para Evitar as Varizes“.

Os Sintomas de Varizes São:

  • Pernas pesadas e cansadas.
  • Cãibras musculares.
  • Fortes dores nas pernas.

Remédios Caseiros Para as Varizes:

  • Alterne com a ducha de água fria e quente iniciando nos tornozelos e, em seguida, subindo por toda a perna. Vá alternando alguns segundos de água fria e alguns segundos de água quente. Termine com água fria. O efeito que produz o calor (vasodilatação) com o frio (vasoconstrição) aumenta a circulação venosa.
  • Ferva, durante 10 minutos em fogo baixo, 40 gramas de casca de castanha das Índias em um litro de água. Deixe esfriar, coe e beba cerca de dois copos por dia.
  • Faça uma infusão com 30 gramas de rizoma de rusco, 15 gramas de folhas de hamamélis e 10 gramas de flores de espinheiro-alvar. Misture tudo, coloque uma colher de chá em uma xícara e adicione água fervendo. Em seguida, deixe repousar cerca de 7 a 10 minutos, coe e beba duas xícaras por dia.
  • Faça uma decocção, durante 15 minutos, de 50 gramas de erva-cidreira em 1 litro de água. Tome 2 xícaras por dia, durante 20 dias seguidos.
  • Faça uma decocção, durante 10 minutos, de 20 gramas de raiz de urtiga em ½ litro de água. Beba uma ou duas xícaras por dia. Também resulta eficaz a aplicação desta decocção, de forma externa, em banhos de pernas.
  • Despeje 1 colher de sopa de folhas de ginkgo biloba em uma xícara de água e deixe ferver por 5 minutos. Deixe esfriar, coe e beba uma xícara por dia.

Leia também: “As Varizes Nas Pernas E O Excesso De Peso“.

Recomendações Naturais: Evite a constipação, já que força as veias da parte inferior do corpo, e, ao longo do tempo, pode promover o desenvolvimento de varizes nas pernas. Portanto, você deve incluir em sua dieta alimentos ricos em fibras como feijão, frutas e verduras e cereais integrais.

Consumir frutas e verduras como alho, repolho e beterraba que evitam o aumento do colesterol e triglicerídeos no sangue (que costumam formar placas de gordura que obstruem a passagem do sangue através dos vasos sanguíneos).

Caminhar, pelo menos, de 30 a 45 minutos por dia, é um exercício muito eficaz para mobilizar a circulação dos membros inferiores, especialmente se for feito de forma rápida procurando contrair os músculos da panturrilha.

Eleve as pernas colocando-as sobre uma mesa ou outro móvel para descansar durante o dia. Da mesma forma, você pode se sentar de frente para a parede e apoiar nela seus pés o mais alto possível. Também se deve dormir, elevando os pés da cama cerca de 15 centímetros.

Evite o uso de calças, cintos ou outras roupas muito apertadas ou ajustadas ao corpo que dificulte a circulação. É melhor usar roupas soltas que permitam a livre passagem do sangue.Procure fazer movimentos circulares nos tornozelos para ativar a circulação nas pernas.

Evite as massagens vigorosas e profundas (como as que se aplicam em casos de celulite), já que podem provocar vasodilatação e ruptura dos capilares, o que agrava o problema das varizes. Em vez disso, aplique uma massagem suave e leve nas pernas e pés para estimular a circulação.

Pratique natação, já que a água da piscina, ao oferecer resistência ao corpo, proporciona uma massagem natural muito benéfica para a circulação sanguínea.

Use meias elásticas que comprimem as veias afetadas e controlam a dilatação dos vasos sanguíneos. Evite os banhos prolongados, principalmente em banheiras, a uma temperatura maior do que 37º C. Mantenha um controle rigoroso do peso.

Evite sapatos que apertam os pés ou aqueles com saltos muito altos. Evite apoiar uma perna sobre a outra ou cruzá-las, enquanto permanece sentado.

Evite permanecer muito tempo em pé ou sentado. Quando você está de pé, seus pés estão à maior distância possível do coração, e, portanto, o sangue tem uma grande distância para percorrer, e também contra a força da gravidade, para retornar ao coração. Como resultado disso, o sangue pode ter uma tendência a se acumular na parte inferior das pernas, o que leva ao desenvolvimento de varizes.

No entanto, tampouco se sente por muito tempo. Existe a teoria de que mesmo sentado é possível contribuir para varizes. Acredita-se que devido ao fato de que os joelhos e a virilha se dobram quando se senta, o fluxo de sangue tem dificuldade para retorna ao coração. Portanto, é importante que em uma longa viagem de carro ou avião, ou durante um dia em que fica sentado no escritório, você se levante e estique as pernas de vez em quando. Sugere-se utilizar este remédio rejuvenescedor: fique de pé sobre a ponta dos dedos e flexione o calcanhar para cima e para baixo, dez vezes.