As verrugas são o crescimento redondo ou oval da pele produzidas pelo vírus do papiloma humano e podem ter aparência clara, escura e raramente preta. Podem ser transmitidas mediante o contato direto com uma pessoa ou uma superfície infectada (como o chão de um chuveiro).

São mais frequentes em crianças e em pessoas jovens e podem causar dor, coceira e até mesmo deformação, dependendo da área onde estão localizadas. Existem quatro tipos de verrugas que são:

  • Verrugas comuns.
  • Verrugas plantares (localizadas nas plantas dos pés com pontos pretos que são pequenos vasos coagulados).
  • Verrugas subungueais e periungueais crescimento rugoso debaixo ou ao redor das unhas das mãos ou pés.
  • Verrugas genitais localizadas na região púbica, dentro da vagina ou no canal do ânus.

Remédios Caseiros Para Verrugas:

  • Mergulhe uma bola de algodão no leito do interior de 3 figos vermelhas, sem amadurecer e aplique sobre a verruga várias vezes ao dia.
  • Extraia o óleo de uma cápsula de vitamina E e aplique diariamente sobre a verruga. Se não encontrar a vitamina E, pode ser aplicado óleo de gérmen de trigo.
  • Despeje 3 colheres de sopa de folhas de sempre-viva em 2 xícaras de água que está fervendo. Tampe, deixe esfriar e coe. Tome uma xícara e a água restante pode ser usada para colocar de molho às verrugas.
    Remédios Caseiros Para Verrugas
  • Ferva três ovos e, em seguida, use essa água fria para colocar de molho as mãos, o que ajudará a se livrar das verrugas que se encontram localizadas nessa área.
  • Macere, durante dois dias, as cascas de dois limões em meio litro de vinagre de vinho. Aplique, mediante uma bola de algodão ou diretamente sobre a verruga.
  • Coloque no liquidificador 3 figos frescos e 50 gramas de repolho. Bata durante alguns minutos e, em seguida, despeje em uma tigela. Adicione 1 colher de chá de argila verde e misture. Cubra com esta preparação, a verruga e deixe agir durante toda a noite. Enxágue com água morna.
  • Esmague várias folhas de alface em um almofariz e aplique a pasta diretamente sobre a verruga.
  • Corte um alho e esfregue diretamente sobre a verruga.
  • Lave e corte uma cebola em duas partes e, em seguida, faça um buraco no centro de uma das metades. Preencha-o com sal grosso e deixe até que se dissolva. Aplique o líquido resultante sobre a verruga, várias vezes ao dia.
  • Use giz com o poder da sugestão. Alguns médicos usam esta técnica com as crianças, que ainda podem se impressionar. O médico diz à criança que se esfregar giz nas verrugas, elas vão desaparecer. Existem algumas variações desta técnica, incluindo as seguintes: colorir as verrugas com giz de cera ou fazer um desenho da mão da criança com as verrugas cruzadas e jogar o desenho no lixo.

Leia também: “Verrugas Plantares: Cuidados Com as Verrugas Plantares em Crianças e Adolescentes”.

Recomendações Naturais Preventivas Para Verrugas:

  • Evite o contato direto com a pele de alguém que tenha uma verruga.
  • Lave bem as mãos depois de tocar em qualquer verruga.
  • Evite escovar, depilar, coçar ou pressionar sobre áreas onde há verrugas, a fim de evitar a disseminação do vírus.
  • Não use o mesmo cortador ou lixa de unhas sobre as verrugas e sobre as unhas saudáveis.
  • Tente não lesionar as pontas dos dedos nas quais você tem verrugas.
  • Cubra as verrugas de crianças com fitas adesivas ou esparadrapo para que não possam manipulá-las.
  • Não caminhe descalço em áreas públicas. De uma verruga saem milhões de partículas do vírus. Isto coloca em grande risco de verrugas plantares, ou do pé, para as pessoas que caminham descalços em locais públicos. A melhor proteção é o calçado. Os vestiários, as piscinas, os chuveiros nas academias, inclusive as almofadas dos hotéis alojam uma quantidade de vírus – não apenas os vírus das verrugas. Você pode pescar uma infinidade de infecções, desde sama até herpes simplex. Nunca ande descalço, e, pelo menos, use um par de chinelos ou sandálias de borracha.
  • Use preservativos durante as relações sexuais, a fim de evitar verrugas genitais.

Visite o médico se a verruga:

  • Apesar dos remédios naturais aplicados e cuidados pessoais, se dissemina ou aparece depois de ser tratada.
  • Tem sinais de infecção (linhas vermelhas, pus, secreção ou febre) ou sangramento.
  • Apresenta qualquer alteração na cor ou na aparência de uma verruga.
  • Apresenta cicatriz ou queloide após ser removida.

As pessoas diabéticas, com um sistema imunológico enfraquecido (como no caso de pacientes com HIV) ou grávidas devem sempre consultar com um médico.