Muitas pessoas nos perguntaram sobre as propriedades curativas das rosas, quais remédios com rosas podem elaborar e como se faz a água de rosas.
É importante notar, em primeiro lugar, que a rosa é um arbusto que pertence à família Rosaceae que pode chegar a medir até 2 metros de altura. Tem talos espinhosos e folíolos dispostos em grupos de cinco ou sete.

As folhas são lanceoladas e dentadas nas bordas e produzem flores de diferentes cores (vermelho, rosa, amarelo ou branco), perfumadas e com muitas pétalas. É protegida por muitos espinhos.

Existem diferentes variedades. As rosas Damascenas são de uma cor rosa pálido, as de cem folhas, de um rosa um pouco mais forte, e as francesas, de rosa forte; as três rosas “antigas” mais usadas na medicina e perfumaria.

A rosa é nativa da China e chegou à Índia e Pérsia por rotas comerciais, e de lá se espalharam para o Oriente Médio e Europa. O uso da rosa remonta desde os tempos antigos. Na Pérsia, se exportava o óleo de rosa damascena para perfumaria. Os gregos a utilizavam para se perfumar, evitar doenças e ungir os mortos.

Para seu cultivo, devem ser plantadas imediatamente após a colheita. Em caso de guardá-las, deve-se estratificar. Esta planta se adapta a qualquer tipo de solo e não requer nenhum cuidado especial, embora seja preciso ter cuidado com as doenças causadas por fungos e insetos. Para garantir de plantar a espécie correta, recomenda-se comprá-la de um comércio especializado.

Remédios Com Rosas e Água de Rosas

É usada praticamente toda a planta, e cada parte é colhida em uma época determinada do ano. As raízes da rosa são colhidas no início da temporada de primavera. As folhas são colhidas no meio desta mesma temporada e as pétalas devem ser colhidas, antes da abertura das flores.

No mundo da culinária, da água de rosas se fazem coberturas, e com pétalas caramelizadas se decoram os bolos. A seguir detalhamos as propriedades das rosas e alguns remédios com rosas que podem ser preparados de forma caseira e natural.

Leia também: “Cerejas: Remédios Caseiros com Cerejas“.

Propriedades Curativas das rosas:

As rosas das variedades mais conhecidas contêm óleo essencial com distintas substâncias químicas de aromas florais (até 300), além de taninos, glicosídeos e pigmentos.

Tudo isso proporciona ao óleo essencial de rosa propriedades anti-inflamatórias, adstringentes, tônico-hepáticas e tônico-digestivas. Por isso, é amplamente utilizado em massagens de aromaterapia para acalmar emoções, combater a depressão, aliviar a ansiedade, elevar o humor e reduzir o estresse e a tensão.

Também estabilizar as oscilações do estado de ânimo, especialmente se são relacionadas com a depressão pós-parto. Acalma os nervos e ajuda a superar a insônia. É importante saber que é necessário entre 50 e 100 flores para obter uma única gota de óleo de rosa.

Quanto à água de rosas é obtida por destilação e extração com solvente. Esta é usada por suas propriedades antissépticas, para limpar a pele e acalmar inflamações cutâneas, eczema ou acne.

Da mesma forma, é usada para a cicatrização de feridas e no caso de diarreia por sua propriedade adstringente e favorece a digestão de refeições pesadas. Também é usada como colírio para os olhos.

Leia também: “Romã: Remédios Caseiros com Romã“.

Remédios caseiros com rosas:

Remédio com rosas para tonificar a pele: Dilua 2 gotas de rosa, 4 gotas de incenso e 4 gotas de sândalo em 20 ml de óleo de jojoba. Embeba um algodão com esta preparação e aplique suavemente sobre a pele.

Remédio com rosas para glândulas inchadas: Faça gargarejos com um copo de conhaque misturado com três xícaras de água de rosas. Esta é preparada com quatro gotas de óleo de rosas se agitada bem em um litro de água quente.

Remédio com rosas para cicatrização: Ferva 2 punhados de folhas de rosa durante 15 minutos em 1 xícara de óleo de linhaça e deixe no sol por 40 dias. Embeba um pano de algodão limpo com esta mistura e aplique sobre a área afetada.

Remédio com rosas para hemorroidas externas: Ferva um punhado de folhas de rosas durante 15 minutos em uma xícara de óleo de linho ou de linhaça e deixe no sol por 30 dias. Embeba um algodão com esta mistura e aplique nas hemorroidas externas.

Remédio com rosas para aliviar os desconfortos pré-menstruais e da menopausa: Dilua 4 gotas de rosa, 3 gotas de néroli e 3 gotas de mandarim em 20 ml de óleo de amêndoa e realize uma massagem corporal.

Remédio com rosas para combater a ansiedade: Dilua 2 gotas de óleo essencial de rosa e 3 gotas de laranja em 10 ml de óleo de amêndoa e aplique uma massagem depois do banho.

Remédio com rosas para o estresse: Despeje um punhado de pétalas de rosa na água quente da banheira e tome um banho. Este remédio desaparece com o estresse quase que instantaneamente.

Remédio com rosas para inflamação da garganta, gengivas e boca: Deixe 1 grama de rosas vermelhas, outro de brancas, por nove dias em quatro litros de vinagre branco. Depois esprema, coe e guarde bem tampado. Faça gargarejos com uma colher de sopa deste vinagre em um quarto de litro de água.

Remédio com rosas para estrias: Coloque 150 gramas de cavalinha, 25 gramas de rosas, 10 gramas de laminaria, 1 grama de saponária, 1 gramas de hamamélis e 10 gotas de suco de limão em 1,5 litros de álcool 40° durante 28 dias em maceração. Coe e dilua em partes iguais com água. Aplique massageando duas vezes por dia.

Remédio tonificante de rosas para a pele oleosa: Coloque em uma panela com tampa 2 ½ xícaras de água destilada e 8 xícaras de pétalas de rosa no fogo e tampe. Quando ferver, abaixe o fogo e deixe continuar fervendo por 1 hora. Retire do fogo e deixe descansar por 2 dias. Ferva novamente por 1 hora e deixe esfriar. Despeje 1/3 de xícara de vodca em uma garrafa. Coe a água de rosas, esmagando as pétalas em uma peneira, despeje esta infusão na garrafa e tampe. Embeba um algodão com esta mistura e passe sobre o rosto principalmente em áreas com acúmulo de gordura. Deixe agir por 10 minutos. Em seguida, passe um creme hidratante. Guarde este tônico na geladeira.

Remédio firmador de rosas para pele flácida: Misture 4 colheres de sopa de água de rosas com uma infusão de malva (2 colheres de sopa de malva em uma xícara de água). Adicione 2 colheres de sopa de vodka e misture bem. Em seguida, adicione 2 colheres de chá de pétalas de rosa e 1 gota de óleo essencial de rosas. Despeje a mistura em um frasco de spray e aplique sobre a pele de manhã e à noite.

Remédio com rosas para combater olheiras: Embeba um algodão com água de rosas (pode ser comprada em farmácias botânicas) e aplique suavemente sobre a pele debaixo dos olhos. Deixe no local por 15 minutos, lave a área com água fria e, em seguida, aplique um creme hidratante. Esse remédio regenera a pele e promove a circulação o que ajuda a reduzir as olheiras.

Remédio com rosas para anemia (xarope de fruta de rosa): Limpe os frutos frescos colhidos, retirando as sementes e os pelos. Prepare uma decocção forte e misture com mel ou açúcar. Cozinhe em fogo baixo até que o açúcar se dissolva. Coloque em pequenos recipientes de vidro, deixe esfriar e feche hermeticamente para conservar na geladeira. Tome 2 ou 3 colheres de sopa por dia.

Curiosidades sobre as rosas:

Com rosa eram elaboradas poções do amor, foi uma das plantas mais utilizadas em rituais de magia. A lenda popular diz que a rosa ajuda a espantar os maus espíritos e é boa contra o mau olhado.

Recomendações: É preciso usar luvas quando se colhe a rosa selvagem. As mulheres grávidas não devem tomar o óleo essencial de rosa selvagem durante as quatro primeiras semanas de gravidez.