O sonambulismo não é um transtorno do sono, mas uma parasomnia – um transtorno que se caracteriza por despertar parcialmente.

Em pessoas que dormem normalmente, pequenos desconfortos durante a noite, como um ruído ou um movimento brusco da perna, fazem com que despertem momentaneamente e que rapidamente voltem a dormir.

No entanto, em pessoas propensas ao sonambulismo, esses incômodos podem levar a pessoa que está dormindo a um estado intermediário entre dormir e caminhar. A pessoa não pode voltar a dormir, e está parcialmente consciente e se esforça para entender o que o rodeia.

O sonâmbulo, em seguida, fica confuso e tenta realizar tarefas complexas, embora algumas vezes sem sentido.

Leia também: “O Que Você Precisa Saber Sobre o Sonambulismo“.

Não existe uma chave mágica entre o despertar e o sono. As pessoas estão suficientemente despertas para exibir comportamentos motores extremamente complexos, mas não têm consciência deles e não se lembrar de pela manhã.

O sonambulismo é muito comum, ocorre em até 30% das crianças saudáveis, das quais 5% têm episódios frequentes. Também ocorre em 1% até 3% dos adultos. Os comportamentos dos sonâmbulos podem variar desde caminhar até a cozinha para fazer um sanduíche até caminhar para fora na neve ou tentar dirigir o carro. O mais importante que se deve lembrar é que não representa nenhum problema psicológico grave.

Remédios para o Sonambulismo

Remédios Caseiros para Sonambulismo:

  • Mantenha um horário regular de dormir e acordar. Se você tem muito sono quando se deita, pode ter mais chances de sonambulismo. Manter um horário regular para dormir e acordar pode ajudar. As crianças que estão muito cansadas são notáveis por seu sonambulismo.
  • Certifique-se de que os arredores sejam seguros. Uma recomendação importante é ter certeza de que não existe nada perigoso no caminho de um sonâmbulo. Isso significa certificar-se de que a pessoa não tenha a oportunidade de saltar de uma janela. Se você é uma criança, provavelmente pode colocar uma pequena porta na frente da escada e travas de segurança nas janelas.
  • Você pode comprar na loja de ferragens artigos que permitam abrir um pouco as janelas, mas que não permitam que alguém salte delas. Certifique-se de não deixar facas em locais de fácil acesso. Não deixe que uma criança sonâmbula durma na cama de cima de um beliche.
    Diferentes pessoas têm casos mais grave do que outras. Você precisa julgar a pessoa para ver até onde pode chegar. Outras medidas de segurança incluem a instalação de fechaduras a certa altura nas portas, não ter desordens no chão e as escadas para evitar a possibilidade de tropeçar, e remova do caminho da porta do quarto, mesas, lâmpadas, e outros móveis.

  • Esvazie a bexiga antes de deitar. Já que geralmente o sonambulismo se desencadeia por despertar parcialmente, tente eliminar todos os desconfortos possíveis. No topo da lista está a bexiga cheia. Algumas pessoas pensam que a bexiga cheia pode causar o sonambulismo em um paciente suscetível. Também é aconselhável limitar o consumo de líquidos durante a noite.
  • Trate a tosse. A febre, a tosse e os espirros podem causar sonambulismo ao despertar parcialmente a pessoa que está dormindo. Tratar os sintomas com medicamentos sem receita médica antes de dormir pode ajudar a prevenir um episódio de sonambulismo.
  • Revise seus medicamentos. Certos medicamentos, como lítio e as benzodiazepinas ou outros hipnóticos, podem causar sonambulismo em pessoas predispostas a caminhar durante a noite. Se você suspeita que algum medicamento esteja causando o problema, sugerimos que você ligue para o seu médico.
  • Aprenda à auto-hipnose. A hipnose pode ser benéfica para os casos leves de sonambulismo. Não hipnoterapia profunda, mas a auto-hipnose ou relaxamento que pode ser ensinado em uma ou duas visitas a um médico hipnoterapeuta com experiência.
  • Guie o sonâmbulo de volta para a cama. Se você perceber que alguém em sua casa caminha dormindo, segure-o pelo cotovelo e guie-o com cuidado de volta para sua cama. Por sua vez, sussurre palavras de confiança no ouvido da pessoa que está dormido. Muito provavelmente, isso permitirá que seja levado mais facilmente e rapidamente voltará a dormir.
  • Não toque a pessoa que está dormindo se parece estar nervosa. Se o sonâmbulo parece estar nervoso, não tente tocá-lo ou levá-lo de volta para a cama. Tocar um sonâmbulo irritado pode fazer com que ele reaja violentamente, te colocando em perigo.
  • Dê algum espaço para a pessoa que está dormindo. Se você não pode levar de volta, sem problemas, a pessoa para sua cama, desista e lhe dê espaço para fazer o que deseja. Se parece estar em perigo, retire os objetos que estejam em seu caminho e redirecione-o. Se o sonâmbulo está muito nervoso e está prestes a cair da escada, faça algo para evitar.
  • Mantenha o silêncio. Qualquer desconforto durante a noite pode levar um sonâmbulo para um estado intermediário entre dormir e estar desperto. Mantenha a casa o mais silenciosa possível, elimine todos os ruídos desnecessários. Se sua casa é muito barulhenta, digamos pela proximidade de um aeroporto ou de vias ferroviárias, os tampões para os ouvidos podem proporcionar um alívio muito apreciado.
  • Coloque uma campainha na porta do quarto. Provavelmente será perigoso permitir que uma criança vague ao redor da casa sem cuidado (especialmente se existem escadas). Nesse sentido, recomenda-se colocar uma campainha na porta do quarto, que irá soar quando a porta se abrir, permitindo que você saiba que o seu sonâmbulo está levantando e em movimento.
  • Espere que passe. É importante lembrar que o sonambulismo, especialmente em crianças, melhora com o tempo e que não representa nenhum problema psicológico grave. É recomendável ver o seu médico se os episódios provocam alguma ou se constituem alguma ameaça para o sonâmbulo ou para alguma outra pessoa na casa.

Recomendações:

• Quando os sonâmbulos devem procurar atendimento médico? Provavelmente quando os episódios provocam medo ou preocupação nas pessoas ao seu redor, ou se os sonâmbulos estão se colocando em perigo durante suas excursões no meio da noite. Um bom especialista do sono ou médico de família poderia realizar terapias que podem reduzir a frequência do sonambulismo.

Curiosidades sobre o Sonambulismo:

Embora quase todo mundo já tenha tido algum tipo de experiência com o sonambulismo em sua vida, algumas pessoas estão predispostas a ter episódios frequentes de sonambulismo. O que faz com que algumas pessoas sejam mais propensas ao sonambulismo?

Alguns pesquisadores do sono acreditam que uma história familiar pode desempenhar um papel. Muitos estudos publicados indicam que as crianças sonâmbulas muitas vezes são membros de famílias que têm outros sonâmbulos. Um estudo mostrou que os gêmeos idênticos são mais propensos a demonstrar as mesmas tendências ao sonambulismo do que gêmeos não idênticos, o que sugere que determinados genes podem ser os responsáveis.

A apneia do sono, um transtorno grave do sono que está associado com a doença cardiovascular, também tem sido associado com um aumento da incidência de sonambulismo, pelo menos em crianças. Na apneia do sono, o indivíduo tem pausas para respirar que podem causar uma deficiência de oxigênio. A dificuldade para respirar pode causar um despertar parcial, e, portanto, um episódio de sonambulismo.

Leia também: “Como Tratar a Apneia do Sono“.

Os estudos mostram que as crianças com dores de cabeça de enxaqueca também têm uma frequência muito maior de sonambulismo que as crianças que não têm enxaquecas. Isso pode ser porque as crianças com enxaquecas dormem com maior dificuldade.

O sonambulismo é realmente um aspecto do espectro de problemas do despertar. É uma manifestação diferente dos mesmos fatores biológicos que causam a fala incoerente enquanto está dormindo, meio acordado confuso, sem caminhar, e os terrores da noite, quando a pessoa se levanta da cama, aterrorizada e, possivelmente, gritando.

No entanto, este é um problema diferente dos pesadelos, os que ocorrem durante a fase de movimentos oculares rápidos (REM). Embora uma pessoa possa recordar pela manhã de um pesadelo, um sonâmbulo raramente vai se lembrar de ter caminhado enquanto dormia.