Você Sabia Que O Louro Pode Te Ajudar A Tratar A Hipercolesterolemia

O louro é uma planta popularmente utilizada como condimento, mas além dessas qualidades culinárias, esta planta pode te ajudar a tratar a hipercolesterolemia, reduzindo os níveis de gordura no sangue. Se você quiser conhecer mais sobre esta planta medicinal, não perca este artigo.

Sabia que o louro além de ser uma planta nativa da região mediterrânea, e proporcionar um sabor especial à comida mediterrânica, é uma planta que fornece benefícios para reduzir os níveis de gordura no sangue.

Bem, aparentemente, e segundo certas investigações o louro contém princípios ativos que permitem reduzir o colesterol total, o colesterol LDL ou ruim e aumentar o colesterol HDL ou bom.

Você Sabia Que o Louro Pode te Ajudar a Tratar a Hipercolesterolemia

Propriedades das Folhas de Louro Sobre os Níveis de Gordura no Sangue

O consumo de entre 1 a 3 gramas de folhas de louro teria os seguintes efeitos sobre os lipídios do sangue:

  • Reduziria cerca de 20% do colesterol total.
  • Diminuiria uma média de 35% do colesterol LDL ou ruim.
  • Reduziria cerca de 30% de triglicérides no sangue.
  • Aumentaria o colesterol HDL ou bom entre 20-29%.

Além desses benefícios sobre as gorduras do sangue, as folhas de louro também podem reduzir os níveis de glicose no sangue, o que é benéfico para as pessoas com diabetes que também costumam ter problemas cardiovasculares.

Enquanto estes são dados numéricos, o importante é que se forem consumidas diariamente até 3 gramas de louro é possível obter benefícios que previnem doenças cardiovasculares devido à aterosclerose, como acidente vascular cerebral e infarto do miocárdio.

As folhas de louro podem ser incluídas nas refeições ou você também pode beber sua infusão. Além do louro, existem outras especiarias que podem ajudar a diminuir o colesterol, como o colorau, manjericão ou cravo, entre outras.

Tenha em mente que você deve respeitar a dose diária, já que o consumo excessivo dessas folhas pode causar efeitos adversos à saúde, tais como vômitos, azia ou reação alérgica. Por outro lado, o seu uso é contraindicado em crianças menores de 12 anos, mulheres grávidas e mulheres em período de amamentação.

Para conhecer alguns remédios caseiros que utilizam o louro em sua preparação, recomendamos a leitura do artigo: "Louro: Remédios Caseiros com Louro".

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto