O tártaro, aquele monstro amarelo com o qual nos assustávamos quando éramos crianças e não queríamos escovar os dentes, não era uma fantasia infantil… Realmente existe! E se você deixá-lo se acumular entre os seus dentes e gengivas pode ser muito ruim para a sua saúde oral. Em Saúde Dicas te dizemos como evitá-lo.

Quando você não limpa bem os dentes e com frequência, a placa bacteriana que se forma dos resíduos de comida que ficam dentro da sua boca, vai se endurecendo gradualmente até se converter em tártaro. O que é isso? É uma camada amarelada e dura, que se acumula especialmente entre os dentes ou nas bordas das gengivas, exatamente onde a escova não alcança.

Não pense que a placa leva muito tempo para se converter em tártaro… Isso pode acontecer de um dia para outro, em aproximadamente 26 horas. Por isso, é tão importante o cuidado e a higiene oral, uma vez que ninguém está isento de apagar o seu sorriso por causa do tártaro, embora muitos não queiram aceitar e acreditam que é um problema de outras pessoas. Você tem certeza que não tem tártaro? Volte e se olhe no espelho, pode ser ainda muito leve e embora você não veja, está lá.

O problema do tártaro não é apenas estético ou que pode lhe causar mau hálito. Se você permitir que o tártaro permaneça em seus dentes e se acumule, as consequências podem ser graves. As bactérias contidas na placa e no tártaro liberam um ácido que enfraquece o esmalte dos seus dentes e causam cáries. Quanto mais tempo você deixar o tártaro, mais os seus dentes vão enfraquecer. Quando o tártaro se acumula sob a gengiva, é ainda pior, porque pode irritar e fazer sangrar, um problema que em longo prazo pode causar doença na gengiva, como gengivite ou a terrível periodontite.

Liberte os Seus Dentes do Tártaro

Além disso, quanto mais tártaro você deixou que se acumulasse, mais difícil será para limpar. Como você pode livrar os seus dentes do tártaro? Na verdade, não é preciso fazer um grande esforço para evitar que os seus dentes sejam cobertos pelo tártaro. A coisa mais importante é cumprir todos os passos básicos para manter a higiene oral:

  • Escovar os dentes após cada refeição (pelo menos três vezes ao dia).
  • Usar o fio dental diariamente para remover a placa que se esconde aonde a escova não chega, entre os dentes e nas bordas das gengivas.
  • Usar creme dental com flúor que ajuda a evitar que a placa endureça até se converter em tártaro.
  • Comer menos doces, o alimento preferido das bactérias na boca.
  • Visitar o seu dentista uma ou duas vezes por ano, de modo que faça uma limpeza profunda, a melhor maneira de eliminar o tártaro acumulado antes que se calcifique e se converta em cálculos, pequenas pedras que se ocultam sob as gengivas e que as ferem.

Não deixe que o tártaro converta em realidade o seu pesadelo de infância. Evitá-lo é muito fácil e se você deixar acumular pode afetar seriamente o seu sorriso e a sua felicidade.