O bruxismo refere-se a apertar ou ranger os dentes de maneira involuntária. Nesta seção, nós já conversamos sobre isso, mas desta vez te damos algumas recomendações para que você não cerre os dentes. Não perca!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Bruxismo? Se você está neste momento rangendo os dentes e não havia se dado conta, sofre desta condição. Inconscientemente, e devido à tensão acumulada nas mandíbulas, muitas pessoas apertam ou rangem os seus dentes, inclusive durante a noite. Às vezes, o bruxismo pode ser leve e não necessita de tratamento. Mas, se é grave, ou se ocorre frequentemente é prejudicial para sua saúde, pois pode causar problemas na mandíbula, dores de cabeça, e, claro, pode danificar e desgastar seus dentes.

Recomendações Para Combater o Bruxismo

Se você sofre de bruxismo, talvez seu dentista note pelo estado dos seus dentes ou porque você conta os sintomas que causa. Existem certos passos que você pode tomar para prevenir apertar ou ranger os dentes, que estão relacionados com as suas causas.

Por exemplo, se o estresse é o que faz com que você aperte os dentes e os faça ranger, em seguida, você deve encontrar maneiras de relaxar e lidar. Você pode perguntar ao seu médico sobre técnicas de relaxamento para se livrar do estresse, como fazer exercício, ir para a terapia, praticar yoga ou meditação e, em ocasiões, até tomar medicamentos para relaxar os músculos. Se você aperta os dentes durante a noite, sem perceber, seu dentista provavelmente te indicará para usar uma barreira protetora ou tala (que pode ser feito sob medida) para cuidar dos seus dentes. Estas barreiras cobrem os dentes em sua totalidade, e se assemelham aquelas usadas por atletas para proteger os dentes dos danos causados pelo contato ou golpes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Leia também: "Bruxismo Ou Dor De Cabeça?".

Mas além de tudo isso existe algumas maneiras de evitar apertar os dentes e causar-lhes danos em longo prazo. Estas dicas podem te ajudar:

  • Evite abusar do álcool, já que o bruxismo tende a intensificar quando o consome.
  • Não morda canetas, lápis ou qualquer coisa diferente de alimentos. Tampouco coma chiclete ou goma de mascar o tempo todo, porque dessa forma você está acostumando sua mandíbula e os dentes a estarem mastigando com frequência.
  • Evite o consumo de alimentos e bebidas que contenham cafeína, já que podem estimular os músculos, porque produzem adrenalina. Alguns exemplos destes alimentos incluem: chocolate, café e refrigerantes.
  • Tente tomar consciência de quando você está apertando os dentes. Quando você percebe que está fazendo isso, relaxe a mandíbula e coloque a língua entre os dentes da frente para relaxar os músculos.
  • Se o seu bruxismo ocorre durante a noite, pratique técnicas de relaxamento antes de dormir. Você pode tomar um banho quente, respirar e massagear suavemente as mandíbulas (justamente onde se unem próximo da orelha) com um pano molhado com água morna.

Se você seguir estas dicas, talvez possa dar uma mão para cuidar dos seus dentes. Vale a pena lembrar que o bruxismo na maioria dos adultos têm origens ou causas psicológicas. Estresse, ansiedade, seu nível de agressividade, hiperatividade, ou se você é muito competitivo, influencia suas mandíbulas e outras partes do seu corpo a se tornar tensas.

Em crianças, o bruxismo ocorre quando estão se desenvolvendo as mandíbulas e estão saindo os dentes. Mas, geralmente, neles essa condição é temporária e desaparece durante a adolescência.

Converse com seu odontologista (dentista) para que você saiba se está rangendo os dentes inconscientemente. Entre os dois podem buscar soluções para te ajudar a cuidar e preservar os dentes e evitar seu desgaste. Diga não ao estresse e diga adeus bruxismo!