Remédios Caseiros Para Halitose Ou Mau Hálito

Existem diversos fatores que causam o mau hálito, como podem ser os problemas gástricos, falta de higiene oral, doença gengival, dieta inadequada, constipação, tabagismo, diabetes, indigestão, mau funcionamento do fígado, gotejamento pós-nasal ou estresse.

Também pode aparecer halitose ou mau hálito depois de uma refeição abundante em alho, cebola ou especiarias. A placa desempenha um papel importante na halitose.

A placa não é nada além de uma película pegajosa e suave de bactérias (que podem chegar até 50 bilhões) que se fixa nos dentes e gengivas e se alojam, especialmente em locais escuros causando mau odor. Daí a importância da escovação e da boa higiene oral.

Remédios Caseiros Para Halitose ou Mau Hálito

Para saber se você tem mau hálito, existem diferentes técnicas, como:

  • Coloque um lenço sobre a boca, sopre e, em seguida, sinta o cheiro do lenço. Se perceber algum odor desagradável, você tem mau hálito.
  • Junto suas mãos de forma que fique oco entre elas, depois expire longamente no oco das suas mãos. Se perceber um odor fétido é porque existe mau hálito.
  • Usar o fio dental, o qual deve ser passado suavemente entre os dentes. Em seguida, você deve cheirar o fio dental.

Remédios Caseiros Para Mau Hálito ou Halitose:

  • Utilize um creme dental com clorofila.
  • As balas de menta são muito eficazes na eliminação do mau hálito.
  • Um remédio natural consiste em comer em jejum um pêssego de carne amarela.
  • Se a halitose é causada por gengivas inflamadas ou que sangram, você deve fazer bochechos compostos por duas colheres de sopa de sálvia vermelha em um litro de água. Esta preparação deve ser levada ao ponto de ebulição e, em seguida, deixe descansar durante 20 minutos.
  • Outro remédio caseiro consiste no uso da salsa. Para isso, ferva dois copos de água e vários ramos de salsa, juntamente com dois ou três cravos inteiros. Esta mistura deve ser agitada enquanto esfria. Deve, em seguida, ser filtrada e ser utilizada como um enxague várias vezes por dia.
  • Um enxague bucal que combate o mau hálito consiste em uma colher de sopa de bicarbonato de sódio em duas xícaras de água.
  • Mastigar, depois de uma refeição, cravo, anis ou canela em pau.
  • Bata 250 gramas de cenoura, 125 gramas de espinafre e 125 gramas de pepino. Tome metade de um copo depois das refeições.
  • Elabore um suco com um pêssego, meia toranja, um quarto de manga, dois ramos de hortelã e metade de um copo de água. Para isso, você deve primeiro extrair o suco da toranja e, em seguida, deve misturar todos os ingredientes com o suco de toranja e água. Tome diariamente ao meio-dia, três vezes por semana durante um mês.
  • Prepare um chá com uma colher de sopa de hortelã em um copo de água. Ferva durante 10 minutos e tome após as refeições.
  • Despeje uma colher de sopa de absinto em um copo de água que está fervendo. Cubra e deixe esfriar. Faça enxagues bucais com esta infusão.
  • Ferva 1 colher de sopa de feno-grego ou sementes de feno-grego m um copo de água durante 5 minutos. Cubra e deixe esfriar. Tome uma xícara após as refeições.
  • Ferva, por alguns segundos, 1/4 xícara de suco de framboesa. Em seguida, adicione 1/4 de xícara de água, 1/4 de infusão de tomilho e 2 gotas de óleo de hortelã-pimenta. Faça vários gargarejos para enxaguar a boca após cada refeição.
  • Despeje 1 colher de chá de orégano fresco e outra de tomilho em um copo de água. Ferva durante 5 minutos e faça enxagues a cada duas horas, tão quente quanto possível.
  • Mastigue, depois de uma refeição com muitos temperos, várias sementes de endro.
  • Leia também: "Halitose: Por Que Temos Mau Hálito?".

  • Mastigue, depois de cada refeição, uma colher de sopa de sementes de granada.
  • Ferva 1 xícara de água 1 colher de chá de anis e outra de tomilho por 5 minutos. Filtre e adicione 3 gotas de óleo essencial de canela. Mexa bem e conserve. Enxague a boca com esta preparação após a escovação. Guarde por até 3 meses na geladeira.
  • Coloque 4 colheres de sopa de farelo de trigo torrado em um copo e tome 2 vezes ao dia, uma em jejum e outra antes de dormir.
  • Ferva 20 folhas secas de manjericão em 1 litro de água por 10 minutos. Passado esse tempo, cubra e deixe esfriar. Coe e faça gargarejos com esta infusão ao longo do dia. Além disso, você pode tomar uma xícara quente após as refeições principais.
  • Misture 240 mililitros de água destilada, 2 gotas de óleo da árvore do chá, 2 gotas de óleo de mirra e 1 gota de óleo de hortelã-pimenta em um frasco limpo. Após cada refeição, escove os dentes e lave a boca com cerca de 15 mililitros desta preparação. Agite bem o recipiente antes de cada utilização.
  • Dilua com um pouco de água mineral (um dedo aproximadamente) entre 5-6 gotas de óleo essencial de orégano e faça enxagues de 1-3 vezes ao dia. Este óleo é um grande desinfetante de numerosos agentes patogênicos (Helicobacter pylori até cândida albicans), que costuma provocar mau hálito.
  • Consuma 2-3 gramas de alga Clorela, distribuídas por 2 ou 3 vezes ao dia, 20 minutos antes das refeições, durante 15-30 dias. Esta alga de água doce contém uma alta concentração de clorofila, virtude que a converte em um grande limpador e desodorante que ajuda a eliminar as fermentações "mau cheiro" que provocam a halitose.
  • Ferva 30 gramas de folhas de murta em 1 litro de água durante 5 minutos e coe. Realize enxagues com esta infusão várias vezes por dia.
  • Despeje 1 colher de sopa de catechu em pó em um copo de água que está fervendo. Cubra e deixe em infusão. Coe e tome 2 vezes ao dia.
  • Misture em um copo de água 1 colher de sopa de vinagre de maçã crua e tome após as refeições. Igualmente eficaz resulta realizar gargarejos com um pouco de vinagre de maçã em um copo de água.
  • Ferva 2 xícaras de sopa de água destilada ou purificada e retire do fogo. Em seguida, adicione 2 colheres de sopa de folhas de hortelã ou alecrim. Cubra e deixe macerar durante quatro horas. Coe o líquido, adicione 10 gotas de tintura de mirra (que atua como suave conservante e antisséptico) e despeje em um recipiente de armazenamento. Refrigere e use no prazo de sete dias. Agite o frasco imediatamente antes da utilização, aproximadamente uma colher de sopa para cada enxague bucal. Faça gargarejos e depois cuspa na pia. Este mesmo remédio pode ser utilizado como adstringente facial para pele oleosa.

Para combater o mau hálito, é recomendado o seguinte: Não descuide da sua língua quando escovar os dentes. A língua se encontra coberta com projeções semelhantes há pequenos pelos, que quando observados no microscópio parecem com uma floresta de fungos. Sob essa camada, existe espaço para acomodar placas e restos de alimentos que podem causar mau hálito. Para sua limpeza, recomenda-se esfregar a escova de dente suavemente contra a língua ou usar um limpador de língua. Substitua a escova de dente a cada mês e o uso do fio dental após a escovação.

Evite os seguintes alimentos e bebidas:

  • Alimentos como cebola, alho, carne defumada, salame, queijos e atuns.
  • Bebidas como cerveja, café, uísque e vinho, já que estes deixam resíduos e se aderem à placa dental.
  • Alimentos que ficam entre os dentes facilmente como doces especialmente os pegajosos.

Cuidados com a dieta. Não apenas se tenta evitar os alimentos acima detalhados, mas é igualmente necessário que a dieta seja equilibrada. Se você tiver uma alimentação rica em proteínas (carne, por exemplo), mas pobre em carboidratos (pão, massas, batatas...), o organismo, na ausência deste último, consome gordura para obter a energia que necessita. Este processo é chamado Cetose e também causa mau hálito. Visite seu dentista regularmente e pratique uma boa higiene oral.

Leve uma escova de dente quando comer fora de casa, já que se você escovar imediatamente após o consumo de alimentos pode eliminar alguns odores. Se você esqueceu a escova pode ir ao banheiro e fazer um bochecho de água agitando bem dentro de sua boca, desta forma você pode remover o cheiro de comida.

Beba suficiente água. A correta hidratação favorecerá a secreção de saliva, a qual contém enzimas protetoras que combatem as bactérias nocivas e o aparecimento do mau hálito. O aconselhável é beber, pelo menos, oito copos de água diariamente.

Visite o médico se a halitose ou mau hálito persiste apesar de ter utilizado remédios caseiros e seguido às recomendações aqui expostas, pois pode significar a presença de alguma doença. Neste sentido, é importante notar que a halitose também pode ser causada por câncer, tuberculose, sífilis, desidratação ou uma deficiência de zinco. Também ocorre com alguns medicamentos, como a penicilamina e o lítio, que também são lugar a desagradável halitose.

Você sabia que... O hálito serve para diagnosticar:

  • Infecções do estômago. Em algumas pessoas com problemas digestivos (como a azia), um simples teste de hálito permite saber se o estômago está "infectado" por Helico-bacter pylori.
  • Intolerância a lactose. Você pode confirmar o diagnóstico dando de beber uma preparação e, após sua digestão, exalando sobre um aparelho similar ao usado nas espirometrias.
  • Detectar certos tumores. Cientistas espanhóis estão investigando um teste de hálito que poderia servir para detectar moléculas relacionadas com a presença de um tumor maligno pulmonar.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto