A Fase Lútea: Insuficiência Do Corpo Lúteo

A fase lútea começa após se produzir a ovulação. Durante este período é quando se gera no ovário um tecido rico em colesterol e de cor amarelado chamado corpo amarelo ou lúteo.

O corpo lúteo é o responsável pela secreção do hormônio progesterona, que prepara o endométrio para que seja capaz de aninhar o embrião e alimentá-lo até que se forme a placenta. Quando se gera um pouco ou breve produção de progesterona no corpo lúteo, existe um alto risco de aborto e infertilidade.

Uma fase lútea normal persiste por pelo menos 10 dias e no máximo 16 dias, se durar menos estamos diante de uma insuficiência lútea.

Quando a mulher atravessa metade do seu ciclo menstrual, o pico do hormônio luteinizante é responsável pela ovulação, mas quando este não é muito poderoso, o corpo lúteo não se forma completamente.

A Fase Lútea: Insuficiência do Corpo Lúteo

No caso de um subdesenvolvimento lúteo, a progesterona não é produzida em quantidades suficientes para manter a gravidez, o que provoca uma fase lútea deficiente.

Também pode acontecer que atinja os níveis pós ovulatórios normais, mas cai de forma prematura gerando a menstruação de nove há menos dias consecutivos seguidos da ovulação, o que se denomina fase lútea curta.

À medida que o embrião é implantado em torno de 6-10 dias após ocorrer à ovulação, quando existe uma escassez na concentração de progesterona, o endométrio não maduro, o que impede que um óvulo fertilizado possa se implantar.

A insuficiência do corpo lúteo pode resultar de um ovário alterado, como também causado por doenças endócrinas, como é o caso de alterações da tireoide não tratada, hiperprolactinemia, etc.

Leia também: "Aborto Espontâneo: O Que É, Causas, Sintomas e Tratamentos".

Sintomas de Insuficiência Lútea:

  • Fase lútea de menos de 9 dias.
  • Sangramento durante a fase lútea
  • Baixas concentrações de progesterona no sangue.
  • Abortos espontâneos.

Para diagnosticar esta condição nas mulheres são medidos os níveis de progesterona no sangue mediante extrações realizadas na semana após a ovulação e uma antes da menstruação.

Também é diagnosticada mediante um exame de sangue no dia em que é gerado o pico do hormônio luteinizante (LH). Se a regra ocorre antes do décimo primeiro dia do pico de LH, é porque existe uma fase lútea inadequada.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto