Nos últimos 10 anos, a ciência nutricional descobriu os benefícios do ácido fólico em uma mulher.

A falta desta vitamina causa defeitos congênitos em mulheres grávidas, porque tem influência direta sobre o DNA, a divisão celular e muitos outros fenômenos que ocorrem na criança durante a gravidez.

No pré-natal, todos os ginecologistas prescrevem esta vitamina e existe a necessidade de acompanhar a gestante para obter quantidade suficiente de ferro, cálcio e ácido fólico na sua dieta.

A jovem mulher em idade fértil, deve ter a preocupação de consumir ácido fólico o suficiente para ter uma gravidez bem sucedida.

Ácido Fólico

O montante que os nutricionistas recomendam para mulheres de 20 anos de idade e com boa saúde é de 400 microgramas por dia.

Alguns alimentos que contêm ácido fólico são lentilhas, fígado, aspargos, espinafre, feijão, beterraba, suco de laranja, germe de trigo, sementes de girassol, brócolis, couve de Bruxelas, abacate, melão.

Para saber mais sobre os efeitos de vitaminas e nutrientes durante a gravidez, recomendamos a leitura do artigo “Riscos e Benefícios da Vitamina E para a Gravidez“.