Após o parto nem sempre tudo é bonito e cor de rosa, às vezes surgem complicações no pós-parto e não custa nada tê-las em mente para saber como lidar com elas e o que é mais importante, localizá-las a tempo de pará-las.

Problemas de saúde no pós-parto:

As principais complicações que podem surgir no pós-parto são estas:

Depressão pós-parto. É ainda um tema tabu na sociedade, por isso que muitas vezes as recém-mamães sofrem em silêncio. Este transtorno pode afetar qualquer mulher tanto imediatamente após o nascimento como alguns meses depois. As depressões mais leves se caracterizam por ansiedade, fadiga, tristeza, dúvida, insegurança sobre a própria capacidade para ser mãe. Nesta fase, pode acontecer que a mesma se resolva de forma espontânea. Mas se é uma depressão grave é melhor ir a um psicólogo, porque os sintomas irrompem e aparecem outros que tornam o dia a dia todo um sofrimento para a mãe. O que podemos fazer? A primeira coisa é perceber que não é uma mãe ruim pelos sentimentos que tem, passam e tem solução. Temos que pedir ajuda para colocar solução e sob nenhuma circunstância parar de nos tratar bem, se cuidar por dentro e por fora.

Hemorroidas. As hemorroidas podem aparecer durante a gravidez e continuar após o parto. Desconfortáveis e dolorosas, temos algumas dicas para aliviá-las: Se você acha que são muito incômodas ou não melhoram com cremes procure um médico. Aplicar infusão de alecrim aliviará as hemorroidas. Também podemos usar algodão embebido em azeite de oliva, congelá-los e, em seguida, colocá-los sobre a hemorroida.

Prisão de ventre. Também é uma complicação frequente após o parto porque se combinam duas situações: O medo próprio de que doa e é um pouco difícil retornar ao ritmo. Além disso, os músculos da região abdominal se movimentaram para deixar espaço para o bebê e ficaram um pouco inúteis, mas fique tranquila, isso é apenas de forma temporária. Como podemos solucionar isso? Os exercícios de Kegel podem ajudar a tonificar os músculos vagos e o melhor é que podemos praticá-los em qualquer momento do dia. A vida sedentária deve terminar, se você não faz exercício físico regularmente, pelo menos, terá que sair para uma caminhada. Também temos que nos manter hidratadas e ter uma dieta equilibrada, rica em fibras.

Intestino flácido. O intestino flácido que temos após o parto e que parece que vai demorar a retornar para o lugar onde pertence é parte de um processo natural, por isso não se preocupe com isso mais do que o necessário. Pouco a pouco, tudo voltará ao seu lugar.

Incontinência urinária. A incontinência urinária é bastante incômoda e embora possa ocorrer após o parto, o seu aparecimento é mais perceptível durante a gravidez. Ocorre porque o nosso assoalho pélvico perde força e custa para conter a urina. Algum exercício com o assoalho pélvico e a incontinência desaparecerá.

O que você acha sobre as nossas dicas sobre como tratar as complicações no pós-parto? Se você foi mãe recentemente e teve algum desses problemas nós encorajamos para que nos deixe um comentário para compartilhar sua experiência conosco. E se o artigo foi útil compartilhe nas redes sociais para que mais mamães possam ser informadas.

E para saber mais sobre como tratar a depressão, sugerimos a leitura de outro artigo: “Depressão Pós-parto – Remédios Caseiros para a Depressão Pós-parto”.