Em muitas ocasiões um bom número de mulheres grávidas sofrem de gravidez psicológica, hoje vamos ver como tratá-la.

A gravidez psicológica conta com todos os sintomas da gravidez, mas sem feto e os especialistas acreditam que existe uma forte base emocional e psicológica; também este tipo de gestação está associado com elevados níveis de hormônios que, muitas vezes, é provocado por estresse e ansiedade.

Sintomas de gravidez psicológica:

Não devemos esquecer que uma gravidez psicológica apresenta sintomas como uma gravidez normal, como a barriga inchada, interrupção da menstruação, sensibilidade e inchaço das mamas, alterações no mamilo, inclusive produção de leite.

Além disso, a mãe pode chegar a notar a sensação de movimentos fetais, náuseas e vômitos, ganho de peso, sintomas que podem durar de algumas semanas a vários meses.

Tratamento da gravidez psicológica:

Para tratar uma gravidez psicológica, aqui deixamos algumas dicas que você pode seguir:

  • Primeiro você deve verificar se não existe uma gravidez real, e um ultrassom que mostre que não existe bebê é a forma mais bem sucedida de confirmação. Para determinar se você está sofrendo uma falsa gravidez, o médico pode realizar um exame pélvico e um ultrassom abdominal.
    Gravidez Psicológica: Sintomas e Tratamentos
  • É necessário tratar os sintomas físicos, especialmente a falta do período menstrual, o que envolve o uso de um medicamento para desencadear a menstruação.
  • Você deve tratar quaisquer distúrbios endócrinos subjacentes, porque um desequilíbrio nos hormônios do corpo contribui para sofrer gravidezes psicológicas.
  • Procure a ajuda de um psicoterapeuta, porque a maioria dos casos de gravidezes psicológicas resulta de um problema psicológico subjacente. Os médicos têm que romper suavemente a notícia, e fornecer apoio psicológico, incluindo a terapia para ajudar a paciente com gravidez psicológica.
  • É importante tratar o ambiente, nestes casos, e entrar em contato com as pessoas que passaram por situações semelhantes.

Esperamos que estas informações sobre o tratamento de gravidez psicológica possam te ajudar. Se você conhece algum caso compartilhe sua experiência conosco.

E para obter mais detalhes sobre o assunto, sugerimos a leitura do artigo: “Saiba mais sobre a gravidez psicológica“.