A episiotomia durante o parto. Uma episiotomia é uma incisão cirúrgica no períneo com o objetivo de ampliar a abertura vaginal durante o parto. As mães de primeira viagem geralmente precisam desta intervenção, enquanto não é tão frequente nas que já tiveram filhos.

Sobre este tema, existe muita controvérsia, aqueles que são contra a episiotomia delimitam que não é necessária e que os problemas de um rasgo no períneo são menores do que aqueles que podem causar esta intervenção. Os médicos, por outro lado, dizem ser ridícula essa observação.

Existem dois tipos de episiotomia:

Episiotomia medial: se faz de forma longitudinal até o ânus e permite uma maior amplitude do canal do parto, cicatriza mais rápido, é menos dolorosa e resulta mais simples de suturar. Apesar disso, é a que se usa, porque tem maiores complicações de lesões no esfíncter anal.

Episiotomia médio-lateral: esta é a mais utilizada, demora um pouco mais para cicatrizar e resulta mais dolorosa do que a anterior, mas não envolve riscos de lesões no esfíncter no momento do nascimento, já que se mantém bem afastada do reto.

A episiotomia se realiza nos casos em que a possibilidade de um rasgo descontrolado, alguns médicos a realizam por rotina, enquanto que outros avaliam a sua execução no momento em que o bebê começa a elevar sua cabeça, é então que o especialista se dá conta se o períneo pode se distender o suficiente ou não para permitir que saia a criança.

Saiba Mais Sobre a Episiotomia Durante o Parto

A episiotomia não afeta as relações sexuais, mas uma vez realizada, é preciso esperar até que a ferida esteja cicatrizada completamente antes ter relações sexuais, e é o médico que avaliará quando isso acontece.

Nas primeiras vezes você pode sentir algum desconforto como uma abertura vaginal menor do que antes, por isso, é aconselhável optar por posições que permitam controlar o grau de penetração; também pode ser necessário o uso de um gel lubrificante nos casos de secura vaginal causada pela amamentação.

Para mais informações sobre o momento do parto, recomendamos a leitura dos artigos: “Mitos e Verdades Sobre o Parto” e “Dicas Durante o Pós-Parto“.