O Que Acontece Se O Bebê Não Está Na Posição Correta?

Normalmente, quando se aproxima o momento do parto, o bebê se acomoda dentro do útero em uma posição confortável para nascer. Mas às vezes, isso não acontece. O que acontece, então, se o bebê não está localizado com a cabeça para baixo, pronto para que esta saia primeiro durante o parto? O que acontece se o seu bebê tem uma posição incorreta no momento do parto? Quais são essas posições? Em Saúde Dicas te damos mais informações.

A medida que se aproxima o momento do nascimento, o bebê, como a mãe, vai se preparando para o momento. Seu corpo já está completamente desenvolvido e só precisa estar localizado na posição mais confortável para nascer. Esta é com a cabeça para baixo, como que olhando para as costas da mãe, e é conhecida como posição fetal.

Isto ocorre em cerca de 3 ou 4 semanas antes da data prevista para o nascimento ou o parto. No entanto, às vezes, pode acontecer que não se coloque nessa posição, mas que, por exemplo, fique com os pés para baixo. Isto é conhecido como posição pélvica. Na verdade, o bebê pode se colocar em posições muito variadas:

O que Acontece se o Bebê não está na Posição Correta?

Apresentação cefálica. Esta é a apresentação normal que ocorre em mais de 95% dos partos. Quando sai a cabeça primeiro, idealmente flexionada em direção ao peito para que saia primeiro a coroa do bebê. Em algumas ocasiões, pode ocorrer a apresentação de rosto: com a cabeça para baixo, mas olhando para frente. Isso pode prolongar e dificultar o trabalho de parto. Com supervisão médica, seria possível tentar girar o bebê te colocando de quatro com as nádegas levantadas. O médico também poderia tentar acomodar o bebê através de algum método de versão, mas se não funciona, talvez seja necessária uma cesariana.

Leia também: "Quais São os Riscos Se o Parto Atrasar?".

Apresentação transversal ou de ombros: atravessado no abdômen, em posição horizontal, com as costas para baixo, como se estivesse olhando para cima. Neste caso, o médico poderia tentar mover manualmente a posição da cabeça, mas, geralmente, é necessário fazer uma cesariana. Das apresentações pélvicas existem vários tipos:

  • Nádegas completas: com as nádegas para baixo e as pernas cruzadas.
  • Nádegas francas: com as nádegas para baixo e os pés em direção a cabeça.
  • Nádegas incompletas: com as nádegas para baixo, um pé para cima e o outro flexionado.
  • Apresentação pélvica: com as nádegas para baixo, um pé na pélvis e o outro flexionado.

Em qualquer destas apresentações de nádegas para baixo, se chega o momento do parto e o bebê não mudou a sua apresentação, o médico poderia tentar movê-lo manualmente, utilizando o que se conhece como método de versão.

Saiba o que Acontece quando o Bebê está na Posição Errada:

Versão externa: quando o médico pressiona a parte exterior do abdômen da mãe para mover o bebê. Este método é viável em gestações normais, mas nem todas, por exemplo, quando a mãe tem sangramento vaginal, se o bebê é muito pequeno ou sua frequência cardíaca não é normal, ou se é uma gravidez múltipla.

Versão interna: é quando o médico introduz sua mão através da vagina e do colo uterino e move o bebê a partir de dentro.

Se nenhuma dessas tentativas for bem sucedida, será necessário realizar uma cesariana. Ninguém sabe com certeza a causa da apresentação pélvica, mas é mais comum que ocorra em determinadas situações. Entre elas:

  • Quando a mãe teve mais de uma gravidez.
  • Se a mãe está grávida de gêmeos ou mais bebês.
  • Quando o líquido amniótico, que é o que rodeia o feto dentro do útero, não é escasso ou é excessivo.
  • Se o útero não tem uma forma normal ou contém protuberâncias (tumores, massas) anormais, como miomas.
  • Quando se produz o que se conhece como placenta prévia, ou seja, que a placenta cubra a entrada do útero, de maneira total ou parcial.
  • Se o bebê nasce prematuramente (antes da semana 37 de gestação).

Leia também: "Parto Natural: Chegou o Momento Esperado".

A maioria dos bebês em apresentação pélvica nascem saudáveis. No entanto, esta não deixa de ser uma situação especial e é possível que durante o parto devam ser tomadas decisões para evitar complicações.

Se está se aproximando o momento do parto ou nascimento e o seu bebê não se acomodou em posição fetal, converse com seu médico sobre esta situação para que te explique o que poderia acontecer, quais são os riscos para você e o bebê estão e o que é mais seguro para ambos, para que juntos possam planejar o parto mais conveniente para o seu caso em particular.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto
  • Diabetes Em Bebês Com Baixo Peso

    Para conhecer melhor os fatores que levam os bebês com baixo peso ao nascer a desenvolver diabetes foi realizado um estudo onde se pretendia verificar se o cont...

  • Parto Na Água: O Que Você Deve Saber!

    A gravidez é um momento muito esperado e desejado por toda mulher, especialmente quando se trata da primeira gestação. Tudo é novidade e com isso surgem muitas ...

  • Riscos Da Indução Precoce Do Parto

    Qualquer imprevisto durante uma gestação envolve riscos para a saúde, tanto da mãe quanto do seu bebê. Por isso, diante de qualquer situação é importante conhec...

  • Parto Natural: Chegou O Momento Esperado

    A gravidez é um momento muito esperado e desejado por toda mulher, especialmente quando se trata da primeira gestação. Tudo é novidade e com isso surgem muitas ...

  • Quais São Os Riscos Se O Parto Atrasar?

    O momento do parto é muito esperado pela mãe que não vê a hora de conhecer o seu bebê, mas torna-se preocupante quando isso não acontece. Em alguns casos, por d...

  • Problemas Médicos Que Podem Surgir Durante O Parto

    Em diversas ocasiões trouxemos informações a respeito do parto, mas muitas pessoas não têm informações sobre as possíveis complicações que podem ocorrer durante...