Quatro Problemas Sexuais Comuns Em Mulheres

Ao mencionar a palavra "frigidez" muitas mulheres ainda se assustam, pois o não poder desfrutar do sexo se via antes de forma depreciativa. Felizmente essa ideia mudou e hoje em dia se chama "disfunção sexual feminina". Refere-se a um conjunto de quatro problemas muito comuns na sexualidade das mulheres e dos quais não existe nenhuma razão para se envergonhar.

Isso que antes chamávamos depreciativamente de "frigidez", agora se chama "disfunção sexual feminina". Uma mudança de nome importante, pois significa que já não se associam os problemas sexuais com falhas pessoais das mulheres, mas que fala de algo que não está funcionando corretamente no corpo e que pode ter causas tanto físicas como psicológicas.

A disfunção sexual feminina cobre quatro problemas sexuais comuns das mulheres. E dizemos comuns, porque acontecem com quatro de cada 10 mulheres em algum momento da vida. Quais são?

Quatro Problemas Sexuais Comuns em Mulheres
  • Desejo sexual baixo ou rejeição total (distúrbio do desejo sexual).
  • Dificuldade para ficar excitada (transtorno de excitação sexual).
  • Dor durante a relação sexual (desordem de dor sexual ou dispareunia).
  • Dificuldade para ter um orgasmo (anorgasmia ou transtorno do orgasmo).

Embora alguns desses problemas possam ocorrer precocemente na vida, também acontecem com as mulheres que antes tinham uma vida sexual muito agradável. Se isso está acontecendo com você, não existe nada para se envergonhar. Pelo contrário, o melhor é reconhecer e identificar as suas causas, para solucioná-lo de vez e assim voltar a desfrutar da sua sexualidade ao máximo.

Durante alguns anos, foi reconhecido que muitos destes problemas têm a ver com problemas psicológicos. Talvez você não acredite, mas o estresse, as preocupações, a ansiedade, a depressão, a baixa autoestima, os problemas de relacionamento ou traumas do passado, podem interferir bastante com sua sexualidade. Para que o seu corpo se disponha para a relação sexual e você possa desfrutá-la, sua mente também deve estar disposta. E se não, se você tem a cabeça em outro pensamento ou está angustiada, tudo vai ser mais difícil. Você não vai se excitar da mesma forma, é provável que nem sequer sinta desejo pelo seu parceiro, não fica devidamente lubrificada e pode ter uma penetração dolorosa ou, o que acontece com muitas mulheres, não consegue ter um orgasmo.

Mas as causas não estão apenas em sua mente. Vários estudos recentes confirmam que muitos problemas sexuais também têm causas físicas, seja pequenas complicações de saúde ou doenças crônicas, como:

  • Alterações hormonais associadas à menopausa: antes e durante a menopausa, seu corpo passa por mudanças hormonais importantes e deixa de produzir estrogênio. Isso pode reduzir o desejo sexual e provocar ressecamento vaginal.
  • Irritação vaginal: pode ser causada pela falta de lubrificação, alguma infecção ou reação alérgica ao material de certos contraceptivos, como preservativos, diafragma, espermicida ou dispositivo intrauterino (DIU).
  • Infecções na vagina ou do trato urinário.
  • Algumas doenças sexualmente transmissíveis (DST).
  • Vaginismo: quando você contrai involuntariamente os músculos impedindo a penetração vaginal. Isto pode ser devido a medos, traumas sexuais do passado ou estresse.
  • Medicamentos como anti-histamínicos, anti-hipertensivos (para redução da pressão arterial), antidepressivos ou tratamentos de quimioterapia, podem reduzir o seu desejo e a lubrificação vaginal, ou inclusive impedir que você alcance um orgasmo.
  • Doenças: diabetes, artrite ou doenças neurológicas degenerativas, como esclerose múltipla, podem causar problemas sexuais.
  • O abuso de álcool e drogas ilícitas também afetam o seu desejo sexual.

Se você tiver problemas com disfunção sexual, consulte o seu médico. Se for descartada uma causa física (já que existem vários tratamentos para elas uma vez que são identificadas), o médico poderia te recomendar um terapeuta individual ou de casal. A sexualidade é uma parte importante da vida, vale a pena desfrutá-la.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Confira Mais Sobre Esse Assuto