Nos dias prévios ao início da menstruação a grande maioria das mulheres experimenta uma série de flutuações hormonais (estrogênio e progesterona) o que influencia no equilíbrio físico e emocional do organismo.

Da mesma forma, existe uma diminuição das endorfinas e serotonina (substâncias que aliviam a dor e estão relacionadas com os distúrbios emocionais). Tudo isso contribui para o aparecimento da tensão pré-menstrual (também conhecida pela sigla TPM).

Os sintomas variam em intensidade dependendo da mulher. Existem algumas que apenas sentem um leve desconforto, enquanto que outras se veem afetadas de tal maneira que não podem realizar suas tarefas diárias.

Sintomas mais comuns da tensão pré-menstrual são:

  • Irritabilidade.
  • Fadiga.
  • Dor de cabeça.
  • Inflamação.
  • Cansaço.
  • Ansiedade.
  • Dificuldade de concentração.
  • Dor nos seios.
  • Dor nas costas.

Leia também: “Óleo de Prímula Para a Síndrome Pré-Menstrual“.

Remédios Caseiros Para a Tensão Pré-Menstrual:

  • Misture ½ xícara de suco de laranja, ½ xícara de suco de abacaxi, ½ xícara de suco de limão. Esta combinação relaxará o corpo e reduz a ansiedade da tensão pré-menstrual.
  • Faça uma infusão utilizando 1 colher de chá de bagas de zimbro por cada xícara de água fervendo. Deixe de molho durante 5 minutos, coe e beba 2-3 copos por dia. Este remédio ajuda a reduzir a retenção de líquidos.
  • Despeje 1 colher de chá de manjericão por cada xícara de água fervendo, deixe de molho por 3-5 minutos e tome de preferência à noite. Este remédio reduz a ansiedade y permite o relaxamento.
  • Despeje 1 colher de sopa de dente de leão em uma xícara de água que está fervendo. Cubra e deixe esfriar. Coe e beba uma xícara por dia para aliviar o inchaço característico do período pré-menstrual.
  • Faça uma infusão de sálvia e tome uma xícara por dia para ajudar o organismo a eliminar o excesso de líquido.
  • Despeje 2 colheres de sopa de matricária em uma xícara de água que está fervendo. Cubra e deixe esfriar um pouco. Tome 2 xícaras por dia (a cada 12 horas) desta infusão. É importante observar que a matricária tem uma ação analgésica e anti-inflamatória. Por isso, tem sido tradicionalmente utilizada no tratamento de enxaquecas, amenorreia e tensão pré-menstrual.
  • Consumir duas cápsulas de óleo de prímula (pode ser comprado em farmácias botânicas ou de ervas) durante a segunda quinzena do ciclo menstrual. A partir das sementes de prímula se obtém um óleo muito rico em ácidos graxos insaturados; especialmente o ácido linoleico e gama linolênico, que resulta de grande ajuda para as mulheres, já que previne as cólicas menstruais, tensão pré-menstrual e minimiza o desconforto associado com a menopausa.

Leia também: “Tensão Pré-Menstrual (TPM), Uma Realidade Que Afeta o Cotidiano de Milhares de Mulheres“.

Recomendações Naturais: Mude o café com cafeína por descafeinado, já que qualquer bebida com cafeína agrava a irritabilidade e a tensão relacionada à síndrome pré-menstrual. Adote uma dieta para combater a síndrome pré-menstrual com muitos carboidratos complexos que contenha, por exemplo, espaguete e pão de trigo integral fará desaparecer o desejo de certos alimentos e o mau humor. Isso se deve ao fato de que os carboidratos complexos têm muito a ver com os níveis mais altos de triptofano: substância química do cérebro necessária para produzir serotonina, que melhora o estado de ânimo. Fracione as refeições em pequenas porções para consumo frequente: café da manhã, lanche, almoço, lanche e jantar.

Evite bebidas alcoólicas, devido ao fato de que ampliam os níveis de estresse e irritabilidade. Não negligencie o consumo de minerais. Recomenda-se a tomar um suplemento diário de 200 miligramas de magnésio, antes da menstruação, já que este costuma neutralizar os sintomas.

Controle a propensão para o doce. Muitas mulheres desejam comer doces antes da menstruação, mas consumir biscoitos, bolos ou doces certamente aumentará o seu nervosismo, porque aumenta os níveis de açúcar no sangue. Se você sentir o desejo de comer algo doce, recomenda-se consumir uma maçã em vez de uma barra de chocolate. Tempere sem sal. Uma dieta com pouco sal impede a inflamação pré-menstrual.

Tome, pelo menos, 8 copos grandes de água por dia. Se o fizer, a urina elimina o sal em excesso, o que ajuda a prevenir o inchaço e a retenção de líquidos. Comer quantidades pequenas com frequência. As refeições compostas de porções pequenas e ingeridas com maior frequência conservam estáveis os níveis estáveis de açúcar no sangue.

Fazer exercício. Se quando se manifesta a síndrome pré-menstrual você aumenta a quantidade de exercício que realiza regularmente, aliviará muitos sintomas. Se, por exemplo, você caminha, normalmente, 30 minutos, três vezes por semana, recomenda-se caminhar um pouco mais. Isso se deve a liberação de analgésicos naturais chamados endorfinas, durante o exercício que te fazem se sentir bem e relaxa os músculos. Além disso, o exercício combate a retenção de líquidos.

Não tome decisões precipitadas, já que os especialistas consideram melhor reconsiderar o assunto uma semana depois.

Não use salto antes da menstruação. De acordo com estudos realizados, a tensão pré-menstrual será mais leve se são usados sapatos baixos, já que os saltos fazem com que os músculos e nervos das pernas se estiquem e essa rigidez se estende para a área abdominal. Como resultado, podem aumentar o desconforto na região abdominal e na região do ovário.

Consulte o seu médico se os sintomas são tão intensos que você não pode desempenhar adequadamente a sua vida diária.