A maioria das grávidas sofre, na primeira etapa da gestação, de náuseas, perda de apetite, aversão a certos alimentos e sensação de sabores desagradáveis na boca e na língua (o metálico, por exemplo).

Todos estes sintomas digestivos estão relacionados, em grande parte, com a mudança hormonal própria da gestação (presença de uma maior quantidade de hormônio estrogênio e de gonadotropina coriônica humana (hCG), o qual é específico da gravidez).

Da mesma forma, descobriu-se que a deficiência de vitamina B6 durante a gravidez pode contribuir para o aparecimento de náuseas.

As náuseas não apenas se apresentam na parte da manhã. Muitas mulheres as experimentam em momentos diferentes e até mesmo durante todo o dia.

As mulheres grávidas que podem estar mais predispostas a sofrer de náuseas são aquelas com gravidez múltipla; que enjoam quando viajam, possuem uma história familiar (mãe, avó, etc.) com náuseas quando estavam grávidas ou sofrem de enxaqueca ou dores de cabeça.

É importante ressaltar que alguns pesquisadores, inclusive, consideram que o fator psicológico influencia no aparecimento de náuseas. Algumas emoções, como o medo, ou o desejo de confirmar fisicamente que está grávida, quando não há outros sintomas, podem provocá-las.

Remédios Caseiros Para Náuseas Durante a Gravidez

Leia também: “Dicas Para Evitar Náuseas Durante A Gravidez“.

Remédios Caseiros Para Náuseas Durante a Gravidez:

  • Lave e pique, em rodelas, uma raiz de gengibre. Em seguida, esfregue uma ou várias rodelas sobre a língua por alguns instantes.
  • Consuma pepino com salsa em saladas. Segundo pesquisas realizadas, muitas vezes as náuseas durante a gravidez são devido à falta de zinco, já que o feto absorve muito deste mineral e, tanto o pepino como a salsa, o contém. É importante observar que a salsa fresca e em pequenas quantidades não deve ser considerada como abortiva, mas sim é necessário evitar o seu óleo ou seu consumo em grandes quantidades.
  • Coloque um gelo pequeno na boca e chupe.
  • Beber pequenos goles de um refresco de cola (melhor sem cafeína) pode acalmar o estômago.
  • Coloque ½ colher de chá de pó de gengibre em uma tigela pequena que contenha água que está fervendo. Em seguida, despeje 1 colher de chá de suco de limão fresco, 1 colher de chá de folhas de hortelã e adicione algumas gotas de mel nela. Deixe esfriar um pouco e tomar este mistura regularmente 2 vezes ao dia, uma a noite e outra pela manhã.
  • Pressione algumas folhas de curry para extrair o suco. Em seguida, adicione 2 colheres de limão fresco e 1 colher de chá de mel na tigela. Misture bem e beba por cerca de 2-3 vezes por dia para obter alívio das náuseas e vômitos.
  • Coloque algumas gotas de óleo essencial de hortelã em seu lenço. Em seguida, inale o aroma deste óleo do seu lenço.
  • Leia também: “Remédios Caseiros Para Dores de Cabeça na Gravidez”.

  • Extraia cerca de 2-4 colheres de sopa de suco de uma fruta de Bael (nativa da Índia, mas que pode ser adquirida em farmácias botânicas e de ervas). Em seguida, adicione este suco em uma xícara de arroz cozido. Por último, coma esse arroz. Repita este passo uma vez por dia.
  • Coloque algumas folhas de lavanda ou tomilho em um lenço e embrulhe apertado. Mantenha perto do nariz e inspire profundamente para se livrar da sensação de náusea. Você também pode adicionar algumas gotas de óleo de lavanda no banho e, em seguida, mergulhe nele.
  • Leia também: “Hiperemese Gravídica, Náuseas Durante a Gravidez“.

    Recomendações:

    • Conserve junto a sua cama biscoitos ou torradas de trigo integral para comer antes de se levantar. (Nota: Pode ser acompanhado com chá de menta).

    • Faça refeições pequenas e frequentes, em vez de fazer apenas três refeições principais, o melhor é que sejam feitas seis, menos abundantes, ao longo de todo dia. O objetivo? Que o estômago não fique vazio.

    • Evite alimentos fritos e gordurosos, já que pioram as náuseas das mulheres grávidas por serem mais difíceis de digerir.

    • Consuma alimentos, como peixe e frango grelhado ou assado (sem condimentos); carboidratos, como batatas cozidas, arroz e massas (sem molho), o miolo do pão e cereais; gengibre (biscoitos, chá, etc.); frutas, como limão, uvas, abacaxi, maçã e pera; e produtos lácteos, como queijo fresco de Burgos e iogurte com fermentos lácteos (tipo Bio).

    • Tome algo antes de dormir. Para que não se passem tantas horas entre o jantar e a manhã sem comer nada, ou para que as náuseas não surjam assim que tocar o despertador, aconselha-se beliscar algo justamente antes de ir para cama.

    • Mastigue bem e relaxe. O estresse agrava as náuseas, por isso é aconselhável que você tire um tempo para comer e mastigue bem os alimentos.

    • Guie-se pelas preferências. A grávida se sentirá pior se for forçada a comer alimentos que não a agradam. Neste sentido, recomenda-se seguir as preferências que dita o corpo, embora, é claro, sem excessos (você não pode passar três meses comendo apenas doces).

    • Fazer a digestão, sentada. Embora a grávida se sinta mal depois de comer, não é aconselhável que se deite; o melhor é fazer a digestão sentada e, pela mesma razão, não convém em absoluto tirar uma soneca ou ir dormir até pelo menos uma hora depois de comer.

    • Evite estar perto de alimentos com fortes odores.

    • Não se levante da cadeira ou da cama muito rapidamente.

    • Consulte um médico quando as náuseas se manifestam nos últimos meses da gravidez, já que poderia se suspeitar de alguma anormalidade na pressão sanguínea, hipoglicemia ou anemia.