A incontinência urinária é uma doença que aflige muitas mulheres em sua vida, os exercícios de Kegel são uma opção para preveni-la.

Os traumas recebidos pelos músculos pélvicos durante a gravidez e o parto, especialmente quando são partos difíceis com um bebê muito grande ou com uso de fórceps, fazem com que estes músculos se rompam, desgarrem e enfraqueçam fazendo com que a parede anterior da vagina desça e, consequentemente, a bexiga, não exercitar esses músculos com o aumento de peso e déficit de hormônios do climatério fazem com que se torne mais agudo com a consequente incontinência urinária, primeiro com pequenos esforços como rir e tossir até os estados mais incômodos com a saída espontânea de urina.

O tratamento desta condição é cirúrgico, mas as mulheres podem fazer todo o possível para retardá-lo ou fazer com que nunca cheguem a sofrê-la. Os primeiros sintomas que você poderia notar:

  • Uma incômoda sensação de pressão ou peso na vulva.
  • Saída de urina ao rir, tossir, correr ou fazer exercícios.
  • Descida da parede anterior da vagina (a bexiga sobre a vagina).
  • Descida da parede posterior da vagina (o reto sobre a vagina).
  • Saída do útero pela vagina (prolapso uterino).
    Você Pode Prevenir a Incontinência Urinária Com os Exercícios de Kegel
  • Desconforto na relação sexual com a sensação de relaxamento da vagina com pouca ou nenhuma satisfação e, por vezes, saída de urina durante o coito.

Para prevenir tudo isso o Dr. Arnold Kegel concebeu alguns simples exercícios destinados a fortalecer os músculos pélvicos e evitar assim os problemas derivados da fraqueza dos mesmos, os quais devem começar a fazer as mulheres desde jovens, depois do parto e, se possível, realizar durante toda a vida. Trata-se basicamente de contrair e expandir o músculo do períneo. A experiência tem demonstrado que alguns músculos fortes evitam a incontinência urinária e aumentam a intensidade dos orgasmos.

Realizando estes exercícios você deve sentir a melhora em aproximadamente 4 a 6 semanas.

Leia também: “10 Exercícios de Kegel Para as Mulheres“.

Como Fazer os Exercícios de Kegel:

Em primeiro lugar seria bom saber quais são os músculos pubiococcígeos (PC). Sente-se no vaso sanitário. Abra suas pernas. Veja se você pode parar e iniciar o fluxo de urina, sem mover as pernas. Esse é o seu músculo PC, o que ativa e desativa o fluxo de urina.

Se você não consegue na primeira vez, não desista; tente novamente na próxima vez que for urinar. Para ir se acostumando recomenda-se, depois de ter esvaziado a bexiga, contrair os músculos enquanto conta lentamente até três e relaxa (é como apertar o ânus e a vagina) como fez para parar o fluxo de urina.

Depois, aperte o músculo e solte o mais rápido que você puder. Na verdade, convém imaginar que, durante cerca de três segundos, você segure algum objeto no interior da sua vagina, e tente expulsá-lo depois.

No princípio faça dez de cada um desses exercícios cinco vezes por dia, a cada semana aumente de cinco em cinco a quantidade de vezes que faz cada exercício.

Os exercícios de Kegel podem ser feitos em qualquer lugar e a qualquer momento. Ninguém poderá vê-la fazendo os exercícios de Kegel. Você pode fazer seus exercícios enquanto assiste televisão, conduzindo o seu carro, realizando suas tarefas domésticas, quando está deitada ou no trabalho ou na escola.

Para que você possa fazer seus exercícios de Kegel mais consistentemente deve estabelecer uma rotina; por exemplo, faça-os a cada vez que parar no sinal vermelho, durante os comerciais de televisão, depois de usar o banheiro, etc.
Embora estes exercícios poderiam resultar difíceis ou extenuantes em um primeiro momento, com a prática os músculos se fortalecerão.

Tente apertar o músculo um pouco mais forte a cada dia. Mantenha relaxados os músculos do abdômen, coxas e quadris.
Não deixe passar um dia sem fazer seus exercícios. Se o exercício contínuo lhe produz cansaço, tente fazer seus exercícios por um ou dois minutos e, em seguida, descanse durante vários minutos antes de começar novamente.

Com os exercícios de Kegel você pode:

  • Evitar ou retardar a incontinência urinária.
  • Evitar ou retardar o prolapso genital.
  • Ajuda para que você esteja mais consciente das sensações na área genital.
  • Aumente a circulação na área genital.
  • Para ajudar a restaurar o tônus muscular na vagina depois do parto.
  • Para ajudar a aumentar a satisfação sexual.