Bebê Com Diarreia: Cuidado Com A Desidratação

O pobre bebê não se sente bem: algo lhe caiu mal, tem um vírus ou foi afetado por uma mudança em sua dieta (ou a dieta da mãe que o amamenta).  Diarreia: suas fezes são mais frequentes e aguadas. Cuidado! Quanto menos tempo de vida tiver o bebê, com maior rapidez pode se desidratar e você deve agir sem demora. Você sabe como reconhecer os sinais? Aprenda aqui.

Se nos adultos a diarreia é desconfortável e incômoda, nos bebês também é perigosa porque pode conduzir muito rapidamente à desidratação do pequeno corpinho. Mas se você é uma mãe de primeira viagem, no início pode ser que te custe um pouco mais identificar se essa deposição suave se trata de diarreia ou não. Se o seu bebê é muito pequeno, suas fezes são geralmente suaves e de pouca consistência e até os dois meses o fará com bastante frequência. Pouco a pouco, você aprenderá o que é normal no seu filho e perceber as diferenças, tanto em seus hábitos de dormir e comer, como nos de evacuar.

Como você pode saber é diarreia? Você identificará que algo está fora do comum, se as fezes são mais frequentes e abundantes e são mais líquidas do que sólidas. Se dura mais de um dia, os pequenos correm o risco de se desidratar e perder líquido que contém sais e minerais essenciais para que o organismo funcione bem. Para as crianças maiores os remédios contra a diarreia podem ajudar, mas não são recomendados no caso dos bebês ou crianças de um a dois anos, de acordo com os especialistas do Escritório Terapêutico Pediátrico da FDA (Administração de Medicamentos e Alimentos). Eles alertam que o mais importante que você pode fazer é vigiar os sintomas de uma possível desidratação e tomar as medidas necessárias para hidratar o bebê.

Bebê Com Diarreia: Cuidado Com a Desidratação

Leia também: "Diarreia Infantil – Remédios Caseiros Para Ajudar na Diarreia Infantil".

Como Identificar os Sinais de Desidratação no Bebê:

Quando o bebê começa a se desidratar pode apresentar os seguintes sintomas:

  • O coração bate mais rapidamente do que de costume.
  • A boca, a língua e os lábios se sentem secos.
  • Quando chora, não brotam lágrimas.
  • Menos fraldas molhadas do que o habitual (passa 3 horas ou mais sem urinar).
  • Mostra-se menos ativo do que o habitual.

Estes são os sintomas de uma desidratação leve. Se a diarreia (e/ou vômitos) persiste pode passar de moderada e grave. Então você começará a perceber estes sinais:

  • A pele perde elasticidade (se você afunda um dedo não retorna rapidamente à sua forma original).
  • O bebê se mostra letárgico e irritável.
  • Afundam-se os olhos e a fontanela (que é o ponto macio na parte superior da cabeça do bebê), também se vê afundada.
  • Passa mais de 8 horas sem urinar.

Leia também: "Diarreia: Causas, Sintomas e Alimentação".

Quando se chega a este ponto, a desidratação é muito grave e pode ter efeitos graves, como a perda de consciência, convulsões e vários órgãos podem parar de funcionar bem. Por isso, você deve saber como agir.

O Que Fazer Quando o Bebê Está Com Diarreia:

Desde que começa a diarreia, você deve tentar manter o bebê hidratado. Consulte o seu pediatra o quanto antes, para explicar qual tipo de alimentação está recebendo o bebê e te indicará quais mudanças realizar e os passos a seguir.

  • Se estiver amamentando o bebê, continue alimentando, já que o leite materno acelera a recuperação.
  • Talvez o pediatra te indique também que você continue dando sua fórmula (se toma fórmula) e que ofereça ao bebê soluções com eletrólitos que ajudam a repor a água e os sais minerais perdidos na diarreia. Use apenas o que o médico te indicou. Não dê nenhum outro tipo de bebida nem remédios caseiros, como água de arroz.
  • Ofereça-lhe as soluções de reidratação (com eletrólitos) com frequência. Embora tome algumas xícaras a cada hora, irá recuperando o líquido perdido. São vendidos sem receita nas farmácias, mas verifique com seu pediatra para que te recomende qual você deve comprar.
  • Se a diarreia não para, dura mais de 24 horas ou tem mais de 8 deposições em 8 horas, chame com urgência o pediatra, já que se trata de uma emergência médica e o bebê necessita de cuidados de imediato.
  • Também é importante chamar o médico ou levá-lo para emergência, se tem uma febre de 38,8°C ou mais alta, se as fezes têm sangue ou pus ou se as evacuações são negras, como grãos de café.

Tenha em mente que a diarreia é desconfortável, mas não resulta perigosa se o bebê continua consumindo líquidos e segue sua dieta regular (seja o leite materno, a fórmula ou os alimentos de bebê de acordo com a sua etapa de crescimento). Se a diarreia não parar, e se apresentarem também os vômitos, que aceleram a desidratação, leve o bebê para a sala de emergência mais próxima. Se você aprender a reconhecer a tempo os sinais de desidratação, poderá tomar medidas para evitar que se converta em um caso grave e seu bebê possa se sentir confortável, satisfeito e feliz o quanto antes.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto
  • Desidratação

    Desidratação é a perda de água e eletrólitos (sais essenciais do organismo) do corpo. A água constitui aproximadamente 55% do peso de uma pessoa e perda de água...

  • Remédios Caseiros Para Combater A Diarreia

    A diarreia é uma condição comum que afeta crianças e adultos quando são afetados por outras doenças. A diarreia é um sintoma de algumas doenças e ocorre como um...

  • Diarreia: O Que É, Causas, Remédios Caseiros E Recomendações

    A diarreia é uma condição comum que afeta crianças e adultos quando são afetados por outras doenças. A diarreia é um sintoma de algumas doenças e ocorre como um...

  • Dormir Menos De 6 Horas Aumenta O Risco De Diabetes Tipo 2

    Em diversas ocasiões destacamos a importância de dormir entre 6 e 8 horas por noite para nos mantermos saudáveis e evitar o risco de sofrer doenças, especialmen...

  • Diarreia Diabética: Sintomas E Tratamentos

    A diabetes é uma condição que afeta todo o nosso organismo e quando mesma causa danos no sistema digestivo pode ocorrer a diarreia diabética. Mas essa condição ...

  • Diarreia

    A diarreia é chamada de aumento de frequência de evacuações (mais de 3 por dia), acompanhada por uma diminuição da consistência das fezes e geralmente é um sint...