Manter um estilo de vida baseado no fitness e esporte é importante não apenas para mostrar um corpo trabalhado, mas também para garantir um estilo de vida saudável. A seguir mostramos algumas dicas para manter uma vida fitness.

Dicas para uma Vida Fitness

Trabalho Corpo-Mente

A partir do ponto de vista físico, o esporte ajuda no controle do peso, melhorar a composição corporal, subir escadas de vários andares, realizar uma “corrida” para alcançar o ônibus… São exemplos cotidianos que qualquer pessoa pode se ver comprometida, e que se mantemos uma vida esportiva, serão males menores, uma vez que não nos custará nada realizar o esforço.

A partir do ponto de vista mental, o esporte ajuda mediante a segregação de endorfinas, ou seja, o hormônio da felicidade, dado que terão a capacidade de estimular os centros de um perfil atlético que podemos transferir para muitas facetas da nossa vida cotidiana. Poder carregar as sacolas do super prazer no nosso cérebro. Isso acontece como resultado da resposta do nosso organismo diante de situações que nos produzem dor ou fadiga, e inclusive estresse, liberando os elementos químicos mencionados, e estabelecendo uma sensação de bem-estar. Assim, após a realização da sessão esportiva, será ativado o mecanismo de compensação.

A redução do estresse, ansiedade, controle de peso corporal, prevenção de problemas de saúde e bom funcionamento das articulações, dependem diretamente da atividade física realizada.

Dicas para uma Vida Fitness

Leia também: “Os 10 Melhores Exercícios de Fitness“.

Evite o Sedentarismo

O corpo humano está projetado para o movimento, por isso que a inatividade repercute no seu funcionamento. É por isso que evitar o sedentarismo reduz o risco de desenvolver doenças cardiovasculares e garante uma melhor qualidade de vida.

Praticar esporte de maneira regular está fortemente relacionado com estabelecer um melhor estado de ânimo. Começar o dia praticando o seu esporte favorito repercutirá diretamente em seu bom humor e atitude positiva, e, portanto, lidar com maiores garantias de sucesso em seu dia. Inclusive, se você mantém um ritmo de vida agitado, poderá melhorar sua qualidade de vida, assim como possuir maior capacidade de decisão em seu trabalho e em qualquer outra faceta.

A melhor maneira de realizar um treinamento bem sucedido é adequando-o a cada atleta e personalizando as rotinas para não fatigar o corpo nem exercitá-lo muito pouco. Além disso, é fundamental acompanhá-lo de uma correta alimentação e hidratação.

Treinar o Corpo

O mais importante no momento de se exercitar é ser constante e prestar atenção aos sinais do corpo. O exercício mínimo recomendado por semana é de 3 horas e com um mínimo de 30 minutos por sessão. A medida que o corpo vai ganhando resistência o ideal é alcançar rotinas de 40 minutos por dia, pelo menos 5 vezes por semana.

Outra chave para o treinamento fitness é exercitar todo o corpo e não priorizar apenas algumas partes. Recomenda-se que 90% – 95% do exercício seja aeróbico leve e médio, e os outros 10% – 5% seja dedicado a exercícios de alta intensidade. Além disso, é importante prestar atenção ao fortalecimento dos músculos abdominais durante todas as rotinas. É fundamental aquecer e alongar adequadamente antes e depois de cada sessão para garantir a flexibilidade das articulações.

Os exercícios de peso também são essenciais para um treinamento completo e bem sucedido. Isto se deve ao fato de que, além de gerar maior massa muscular e tonificar, os treinamentos com peso permitem melhorar a densidade óssea e reduzir o risco de fraturas. É por isso que, sem dúvida, os halteres e os pesos devem ser parte das rotinas.

Leia também: “Quais Alimentos Fitness Devemos Evitar?“.

Nutrição

Tanto aquelas pessoas que realizam um esporte com finalidade recreativa, como aquelas que o fazem de maneira intensa e competitiva, devem manter uma nutrição equilibrada para que não apareçam sinais de fadiga e o organismo possa funcionar corretamente.

As dietas correspondentes a planos de treinamento costumam evitar as gorduras saturadas e os carboidratos. A verdade é que, a melhor maneira de se alimentar ao praticar esporte, é a partir de uma dieta o mais variada e equilibrada possível.

Recomenda-se comer entre 30 a 60 minutos antes do treinamento. Isto permite evitar a fadiga, dotar o organismo da energia suficiente e evitar cãibras. Assim, também é aconselhável ingerir alimentos nos 40 minutos posteriores ao exercício. Desta maneira, os nutrientes serão melhor assimilados.

Por outro lado, é essencial não esquecer de hidratar o corpo, seja antes, durante ou depois de treinar. A partir de uma correta hidratação será o reposto o líquido perdido, serão eliminadas as toxinas residuais e serão repostas as reservas de glicogênio muscular.

Descanso

Descansar o corpo é tão importante quanto treiná-lo e nutri-lo, já que da sua correta recuperação dependerá a resistência e o bom funcionamento posterior. Quanto mais intenso for o treinamento, mais tempo precisará o corpo para se regenerar e restabelecer o seu estado original.

No tempo de repouso é importante não realizar qualquer treinamento adicional, já que este prolongaria o tempo de recuperação dos tecidos ou afetaria a resposta do corpo, dificultando o seu funcionamento.

Tanto a intensidade e o progresso do treinamento como a quantidade e os períodos de descanso, variam de acordo com o rendimento e a experiência de cada atleta. Uma boa maneira de verificar se o organismo está respondendo de maneira benéfica ao exercício é calculando o ritmo cardíaco. É possível realizá-lo tomando o pulso ao colocar dois dedos de um lado do pescoço, entre o queixo e a orelha e contando os batimentos durante 10 segundos. Ao multiplicar esse número por seis, se obtém as pulsações por minuto.

Levar uma vida fitness adequada e benéfica para o organismo não depende somente de exercitá-lo de maneira constante ou intensa. Um treinamento bem sucedido deve estar acompanhado da nutrição e hidratação equilibradas para evitar cãibras e repor o líquido e os nutrientes queimados durante as rotinas. Também é fundamental dedicar o tempo necessário para que o corpo se recupere e se recomponha, garantindo assim o trabalho adequado do tecido muscular.

Para manter um treinamento sustentável e proveitoso é necessário ir além do âmbito da academia e combinar o exercício com um programa de alimentação e de descanso que assegurem uma rotina fitness saudável e produtiva.