O aspartame é prejudicial para a saúde? Este componente pode ser tóxico para o nosso organismo e, portanto, contribuir para a formação no médio e longo prazo de tumores e outras doenças degenerativas? Estudos recentes realizados pela comunidade científica confirmaram oficialmente que o aspartame não é prejudicial para o nosso bem-estar, mas que inclusive é saudável, você quer conhecer os detalhes?

Nas últimas décadas, a polêmica sobre o uso de aspartame em produtos de emagrecimento como adoçantes ou bebidas e outros itens se espalhou por diferentes segmentos da sociedade.

Diante desta situação, os estudos a respeito têm se multiplicado para tirar as dúvidas e rumores que circulam sobre este componente.

Tanto é assim que o projeto de Parecer Científico elaborado pelo Painel Científico de Aditivos Alimentares e Fontes de Nutrientes (ANS) da Autoridade Européia de Segurança Alimentar (EFSA) tem recebido o total reconhecimento por parte da Associação Internacional de Adoçantes (ISA), confirmando assim os efeitos benéficos que este componente pode ter sobre nossa saúde.

Leia também: “Aspartame Para Controlar O Seu Peso“.

Neste estudo tão detalhado e abrangente foi investigado em profundidade a composição do aspartame por parte de um grupo de investigadores altamente qualificados para chegar à conclusão de que não há qualquer vestígio de toxicidade que possa preocupar a população.

Aspartame: Seria Seguro o Aspartame para a Saúde?

Com este tipo de estudos o que se pretende é tranquilizar a população a respeito dos efeitos do aspartame no nosso organismo em médio e longo prazo.

No entanto, se ainda existe incerteza a respeito, a Comissão Européia solicitou à EFSA que empreenda novas investigações a respeito dos aditivos alimentícios, entre os quais, se encontra obviamente o aspartame.

Por outro lado, devemos lembrar que a segurança absoluta do aspartame para o nosso organismo tem sido totalmente respaldada pela JECFA, a Organização Mundial de Saúde (OMS) e o Comitê Misto da Organização das Nações Unidas para Alimentação (FAO).

E você? Que opinião você tem sobre o uso do aspartame?