Os problemas articulares são muito comuns em adultos, especialmente os idosos, já que estas se desgastam com o tempo e podem causar dor. Um conselho para diminuir o efeito da passagem do tempo é fazer exercício. Descubra que tipo de atividade é melhor para manter as articulações fortes e saudáveis.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

"Os anos não vêm sozinhos", diz o ditado popular. E o corpo sabe disso muito bem. É comum, por exemplo, que com o passar do tempo apareçam dores nas articulações e nos custe mais trabalho fazer certos movimentos que desde criança resultavam tão simples e naturais.

A articulação se encontra onde se unem dois ou mais ossos, como o joelho, quadril, cotovelo ou ombro. Esta pode ser danificada por várias razões, como a artrite ou a utilização contínua, o que faz com que se desgaste e provoca dor, rigidez e inflamação.

Exercício: Uma Ótima Maneira de Fortalecer os Ossos e Articulações

Felizmente, embora não possamos parar a roda do tempo, existem duas ações que sim podemos tomar para retardar seus efeitos sobre a saúde: uma alimentação saudável e uma rotina de exercícios. Por exemplo, a atividade física regular te ajuda a:

  • Manter a densidade óssea à medida que envelhecemos.
  • Reduzir a dor nas articulações.
  • Evitar esses quilos a mais que podem exercer mais peso sobre as articulações.
  • Manter o equilíbrio e, assim, evitar quedas que podem danificar seus ossos e articulações.

E se de entrar em movimento se trata, existem algumas atividades que são mais eficazes do que outras para manter articulações saudáveis e protegidas. Anote:

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

  • Exercícios de fortalecimento: ter músculos mais fortes ajuda a retardar a perda de densidade óssea e prevenir a osteoporose, assim como proteger as articulações. Podem ser feitos usando pesos, máquinas, bandas ou simplesmente o peso do seu próprio corpo. Mas é preciso fazê-los bem para que não se machuque e para que obtenha benefícios.
  • Exercícios aeróbicos: são projetados para aumentar a circulação de oxigênio em seu corpo. Podem ser de força ou resistência, como subir escadas, dançar ou caminhar, ou mais leves, como o ciclismo ou natação. Os primeiros aceleram a frequência cardíaca e te ajudam a manter os ossos fortes e as articulações saudáveis, enquanto que os segundos saem em resgate dos músculos, coração e pulmões, embora não seja a melhor opção para fortalecer os ossos.

Leia também: "Fortalecer os Ossos – Alimentos para Fortalecer os Ossos".

  • Exercícios de flexibilidade e equilíbrio: ajudam-te a manter a capacidade dos movimentos. Por exemplo, você pode fazer alongamento, yoga ou Tai Chi, pelo menos três vezes por semana, tomando cuidado para não esticar demais e de pré-aquecer o corpo alguns minutos antes, para evitar lesões.

Os exercícios aquáticos também têm se mostrado eficazes para fortalecer os músculos e evitar quedas. Mas seja qual for que escolher, lembre-se sempre de consultar seu médico antes de iniciar qualquer nova rotina de exercícios, para que possa te orientar e te advertir se deve evitar algum tipo de movimento ou atividade, se você tiver alguma condição de saúde.

Além disso, aprenda a distinguir a "dor saudável" de uma dor por uma lesão, para evitar problemas. Desde então, comece gradualmente, sem exigir demais, e adicione mais intensidade somente após um tempo, quando seu corpo está pronto para avançar.

Com essas informações, você já está pronto para lutar com a passagem do tempo. O que você espera para entrar em ação? É a chave para fortalecer seus ossos e articulações.