Alguns dos sintomas próprios de insolação incluem dor de cabeça, tonturas, confusão ou ressecamento da pele. Trata-se de uma doença grave que ocorre quando a temperatura corporal ultrapassa a 40°, uma vez que o organismo humano funciona a cerca de 37° e é muito susceptível a possíveis variações.

Dispõe de mecanismos que regulam a sua temperatura, mas quando sofre, deixam de funcionar, a temperatura sobe e há uma perda de líquidos corporais.

Leia também: “Como Tratar Queimaduras Solares“.

Sintomas de Insolação

Os primeiros sintomas de insolação podem passar despercebidos. Os sintomas iniciais, a fim de identificar uma insolação desde o início, são fadiga, dor de cabeça, tonturas, náuseas, vômitos, pele seca, dores e vermelhidão. Acontece frequentemente que estes sintomas não são associados com um impacto de calor e, neste caso, pode ser grave.

Se não for controlada a tempo, pode resultar em perda de consciência, colapso cardiorrespiratório e, em alguns casos, a morte.

Os sinais de alerta, além dos primeiros sintomas de insolação são uma pele quente e seca, mas sem transpiração, confusão ou um comportamento inadequado (por exemplo, começar a tirar roupa, sem se importar onde você está), febre de cerca de 40°, ritmo cardíaco rápido, com pulso fraco, ataques com convulsões, problemas respiratórios, pois se tem a sensação de falta de ar. Diante desses sintomas, o mais indicado é ligar para a emergência o mais rápido possível.

Insolação – Conheça os Sintomas da Insolação

Como Evitar a Insolação

Para evitar a insolação, os especialistas de saúde aconselham evitar a exposição ao sol no meio do dia e não fazer exercícios físicos nesse período. A hidratação é muito importante, da mesma forma e, portanto, é preciso beber água suficiente, especialmente se você estiver em zonas mais quentes. Finalmente, convém prestar atenção às drogas tomadas, já que algumas podem alterar a adaptação do corpo ao calor.