Não Dormir Bem Pode Ter Sérios Efeitos Sobre A Sua Saúde

Os estudos médicos e científicos afirmam que não dormir bem pode ter sérias consequências em nosso bem-estar físico e psicológico. Esses especialistas também recomendam um descanso entre 7 e 8 horas diárias para evitar os efeitos negativos que envolve a falta de sono, como irritabilidade, depressão, ansiedade ou dores de cabeça, entre muitos outros.

Causas de não Dormir Bem

Infelizmente, o frenético ritmo de vida atual nos empurra a adquirir hábitos que nem sempre são saudáveis para nós, e no meio deste caos não encontramos tempo para descansar adequadamente. Desta forma, desenvolvemos facilmente problemas de insônia.

Não Dormir Bem Pode Ter Sérios Efeitos Sobre a Sua Saúde

Em primeiro lugar, temos que distinguir, em linhas gerais, entre dois tipos de insônia:

1. Transitória: ocorre durante um curto período de tempo, menor do que um mês e pode levar a insônia crônica.

2. Crônica: se prolonga por mais de seis meses e pode chegar a se converter em um grave problema para a nossa saúde. As causas que causam um ou outro podem ser muito variadas e de diferente natureza. As dividimos em três grupos:

1. Causas orgânicas. Incluem doenças e seus sintomas, como desconforto ou dores físicas. Também transtornos do metabolismo (hormonais, digestivo, neurológicos, etc.).

2. Causas externas ou ambientais. Referem-se aos maus hábitos alimentares (consumo excessivo de açúcar, cafeína, tabaco, álcool...) e aos ambientes inadequados. Por exemplo, ruídos em nosso espaço de descanso ou outros estímulos sensoriais. As alterações de horários e rotinas repentinas também podem provocar transtornos do sono.

3. Causas emocionais ou psicológicas. A insônia se dá muitas vezes dada por situações de estresse, ansiedade, tristeza e outros desequilíbrios emocionais e psicológicos.

Leia também: "Dormir Bem: Alimentos para Ajudar o Sono".

Efeitos Secundários de não Dormir Bem

Não dormir bem nos priva de um descanso adequado, o que implica sérias consequências para o nosso estado físico e mental.

1. Falta de concentração. O cansaço nos impede de focar em nossas tarefas diárias. E é que durante a fase REM o nosso cérebro ordena e seleciona as informações adquiridas durante o dia; sem esse processo, nos custa enormemente adquirir novos conhecimentos. Isso também afeta negativamente a memória. Tudo isso aumenta o risco de sofrer acidentes.

2. Enfraquecimento do sistema imunológico. Se o nosso corpo não descansa corretamente, o sistema imunológico enfraquece. Com isso aumentamos o risco de sofrer resfriados, gripes e infecções respiratórias.

3. Risco de sobrepeso e ansiedade por comida. Ao não dormir o suficiente, os níveis de hormônios grelina e leptina, encarregados de regular o apetite, sofrem mudanças consideráveis. Isso aumenta o nosso apetite, por isso o mais seguro é consumirmos mais calorias durante o dia. Além disso, as células do nosso organismo serão menos tolerantes à glicose, o que favorece o aparecimento da diabetes.

4. Transtornos psicológicos. A privação do sono nos faz sentir emocionalmente mal, dando lugar a sintomas como irritabilidade, ansiedade, mau humor, fadiga, depressão e melancolia. Nossas reações diante de situações do dia a dia se tornam desproporcionais.

5. Doença cardíaca. Os especialistas associam a falta de sono com o aumento da hipertensão e a obstrução das artérias. Dormir pouco faz com que a nossa frequência cardíaca aumente, com isso o coração sofre pelo excesso de trabalho.

6. Envelhecimento prematuro. A pele se vê altamente afetada pela privação do sono. É frequente o aparecimento de olheiras, rugas e manchas, já que os tecidos não podem se regenerar adequadamente durante a noite e o processo de hidratação é insuficiente.

7. Aumento do risco de câncer. As interrupções contínuas durante a noite alteram o processo químico dos macrófagos, células encarregadas de combater as células tumorais. Estimulam seu crescimento, de maneira que aumenta o risco de sofrer alguns tipos de câncer, como o aparecimento de pólipos colorretais e o câncer de mama.

Dicas para Dormir Bem

Em casos graves, o melhor será procurarmos um especialista, já que às vezes é necessária a administração de medicação. No entanto, sempre que possível, podemos experimentar previamente algumas algumas técnicas que nos ajudam a conciliar um sono mais profundo e reparador. Enumeramos algumas delas:

1. Respeitar os horários. É importante nos auto-impormos uma rotina diária de descanso, deitando e levantando na mesma hora todos os dias sempre que possível. Além disso, é aconselhável adquirir certos hábitos antes de ir dormir, de maneira que o nosso corpo assimile rapidamente que chegou a hora de dormir.

2. Jantar leve. Uma digestão pesada dificultará o descanso, por isso o melhor é jantarmos de forma leve (cremes, saladas, peixe cozido, etc.).

3. Evitar alimentos ricos em cafeína e açúcar. Estes produtos dificultam o sono, por isso é recomendável evitá-los, pelo menos, durante a tarde; ou seja, a partir das 17:00 horas.

4. Esporte moderado. O exercício aeróbico produz uma maior segregação de endorfinas endógenas, que supõem uma espécie de analgésico natural. Alcançam o seu maior pico quatro horas depois de realizar a atividade física, por isso é aconselhável vincular esse momento com a hora de dormir. Por outro lado, disciplinas como yoga, tai chi ou meditação também favorecem o relaxamento.

Você conhecia as conseqüências de não dormir bem? Já experimentou algum desses efeitos?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto
  • Seis Dicas Para Dormir Bem Durante A Gravidez

    A gravidez desencadeia diferentes mudanças no organismo da mulher, tanto em nível físico como psicológico e é importante saber como se adaptar a estas para ter ...

  • Dormir Bem: Alimentos Para Ajudar O Sono

    Dormir bem faz parte de uma rotina saudável, uma boa noite de sono é importante para manter o bom funcionamento do nosso organismo e evitar condições de saúde, ...

  • Como Tratar A Apneia Do Sono

    O sono é um momento muito importante do nosso dia, dormir bem é essencial para o cuidado com a nossa saúde e para evitar algumas condições e doenças, também. Va...

  • O Sono Alivia A Dor E Lembranças Traumáticas

    Uma boa noite de sono é muito benéfica para manter a nossa saúde e evitar determinadas condições que nos afetam tanto físico como emocionalmente. Um estudo mos...

  • Cinco Benefícios De Dormir Bem

    Em diversas ocasiões mencionamos a necessidade de termos uma boa noite de sono para que o nosso corpo descanse, se recupere e esteja pronto para realizar todas ...

  • Durma Bem

    Os distúrbios do sono são mais comuns e frequentes do que se imagina, afetando a saúde em diversos aspectos. Já mencionamos algumas vezes o quão importante é te...