O Aneurisma, Como Consequência Do Colesterol Elevado

Uma das formas de evitar as consequências do colesterol alto é conhecê-las e estar informado. Por isso, neste artigo você encontrará informações sobre o aneurisma, uma complicação que pode afetar o coração.

O aneurisma é um alargamento anormal de uma artéria. Este alargamento é parcial, já que afeta uma parte da referida artéria e se produz pela fraqueza das paredes destes vasos sanguíneos. Esta complicação pode afetar tanto o coração como o cérebro.

Enquanto o aneurisma pode ser consequência de uma doença congênita, também pode ocorrer como uma complicação de certos fatores de risco cardiovascular, como, por exemplo, o colesterol elevado.

O Aneurisma, Como Consequência do Colesterol Elevado

Quando o colesterol LDL ou ruim aumenta no sangue e estes valores se mantêm por muito tempo, pode se produzir uma acumulação de gordura nas paredes internas das artérias, produzindo uma placa de ateroma. Esta placa enfraquece a parede arterial, e o fluxo de sangue pode pressionar tanto essas paredes, que termina provocando o aparecimento de um aneurisma.

Embora a causa seja a aterosclerose, a hipertensão arterial e o fumo podem desencadear o aparecimento do aneurisma.

Leia também: "Aterosclerose: O Que É, Causas, Diagnóstico e Tratamentos".

O aneurisma não apresenta sintomas específicos que podem alertar sobre a sua presença, por isso, é importante preveni-lo; e uma das melhores maneiras de fazer isso é reduzir os fatores de risco, como colesterol alto e hipertensão arterial, entre outros.

Uma vez que o aneurisma está instalado, pode ser necessário recorrer a um tratamento cirúrgico, já que existe o risco de que a artéria seja rompida.

Infelizmente, são muitas as consequências negativas, incluída o aneurisma por ter colesterol alto, e os grandes prejudicados são o coração e o cérebro.

Por isso, se você quer prevenir a hipercolesterolemia, faça uma análise de forma periódica para medir o seu nível de colesterol. Por outro lado, se você sofre de hipercolesterolemia, faça dieta, mantenha-se em movimento e respeite o tratamento médico. Estas três sugestões te permitirão reduzir os fatores de risco que prejudicam a sua saúde cardiovascular. Não se esqueça, a prevenção depende de você!

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto