As fobias específicas são aquelas em que, diante de um objeto, situação ou atividade ocorre uma intensa sensação de ansiedade, provocando a evasão total.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Tipos de Fobias:

Classificam-se em fobias animais (aranhas, cobras, cães), ao ambiente natural (tempestades, altura, água), ao sangue/injeção/lesão, a situações (viajar de avião, elevador, condução), e outros tipos.

Causas das fobias:

Os medos de objetos ou situações específicas são muito frequentes, tanto em crianças como em adultos. A maioria é transitória e não muda, pelo menos de forma significativa, o funcionamento diário da pessoa. Mas alguns casos são graves o suficiente para interferir com o desenvolvimento do sujeito, e é, nestes casos, quando estes medos são chamados de fobias.

O Que São Fobias Específicas

Nestas fobias, o medo não costuma ser tanto do objeto ou da situação em si, mas, especialmente das consequências negativas que possa ter o contato com esse objeto ou ao estar nessa situação. Assim, o medo se dá da picada no caso de aranhas, dos acidentes em uma fobia de conduzir, da asfixia em um claustrofóbico, etc.

O sujeito evita ou escapa da exposição aos estímulos (objeto, situação ou atividade) fotógeno e, se não consegue, mostra imediatamente uma intensa reação de ansiedade. Reconhece a irracionalidade do medo, mas evita o objeto ou a situação, ou suporta com intenso desconforto.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

Estes indivíduos experimentam ansiedade só de pensar na possibilidade de confronto com o estímulo fóbico. Quando estão na situação temida, ou a antecipam, experimentam profundo mal-estar e inquietação, enquanto podem aparecer sintomas somáticos: rubor facial, sudorese, palpitações, tremores, tensão muscular, sensação de vazio no estômago, boca seca, calafrios, etc.

As fobias se corrigem com sucesso em consulta através de diferentes técnicas.

Para mais informações, não deixe de ler também: "Fobias: O que são?" e "Os Remédios Naturais Contra Fobias".