Os Riscos Do Açúcar

Você sabe quais são os riscos de açúcar? Tomar esta substância doce não apenas não é ruim, mas necessário sempre que se realize de forma moderada. Na verdade, o corpo humano precisa do açúcar para ter energia, realizar as atividades diárias ou se movimentar simplesmente.

Em particular, é muito importante para as crianças. Como sempre dizemos, uma dieta equilibrada e variada nos oferece a energia suficiente para desfrutar de um bom estado de saúde e para que o nosso corpo possa desenvolver todas as suas funções.

No entanto, o açúcar pode ser perigoso se abusarmos do seu consumo regular, caso em que as desvantagens superam claramente as vantagens que oferece este alimento.

Os Riscos do Açúcar

Tomar um pouco de açúcar para acompanhar com o café para adoçar o paladar não apresenta nenhum risco, mas o problema é se durante o dia ainda continuamos tomando. E devemos ter em mente que o açúcar está presente em muitos alimentos, como iogurte, sorvete, refrigerante, doces, guloseimas... No final do dia, e quase sem perceber, podemos ter tomado uma quantidade de açúcar equivalente a várias dezenas de colheres. Neste ponto é onde se encontra o problema, já que esse consumo excessivo tem efeitos muito negativos sobre a nossa saúde.

De forma geral, aconselha-se que para uma dieta de cerca de 2.000 calorias, o consumo de açúcar deve ser de cerca de 50 gramas, aproximadamente 10 colheres de chá. A realidade é que, se outros produtos, como os mencionados no parágrafo anterior são consumidos, estaremos aumentando de forma exponencial essa quantidade.

Leia também: "Remédios Caseiros Para o Vício em Açúcar".

Quais São os Riscos do Açúcar?

Para saber quais são os riscos do consumo excessivo de açúcar, preste atenção aos seguintes pontos:

O excesso de açúcar se converte em um autêntico veneno para o nosso organismo, que se vê obrigado a utilizar vitaminas e minerais de suas reservas para digerir e eliminar esse excedente de açúcar. Um obstáculo no qual se encontram as pessoas no momento de limitar esse consumo prejudicial é que o açúcar é muito viciante, chegando a criar uma necessidade real de consumo, quase esmagadora, entre as pessoas que ingerem uma grande quantidade diária de açúcar. Na verdade, cria sintomas semelhantes aos de qualquer outra droga. Está demonstrado, que seu consumo habitual cria necessidade de uma ingestão contínua, além de gerar sensações de excitação física e mental.

Um consumo diário acima do recomendado gera consequências em todos os sistemas e órgãos do nosso organismo. Um dos riscos do açúcar mais visíveis é o sobrepeso. Isto é devido ao fato de que o excesso de açúcar se instala no fígado em forma de glicose.

Quando se excede os limites normais, o fígado envia esse excesso de glicose para o sangue em forma de ácidos graxos que são distribuídos por todo o corpo, situando-se em primeiro lugar nas partes menos ativas: quadris, nádegas, abdômen e seios. Posteriormente, esses ácidos graxos se estabelecem em órgãos como o coração e os rins. Este último gera graves consequências, já que a ação normal destes órgãos começa a enfraquecer, desacelerar e converter seus tecidos em gordura. Uma vez que todo o organismo é afetado por esse excesso de açúcar, chegamos a uma pressão arterial baixa.

Como podemos ver, o excesso de açúcar produz variações muito significativas e perigosas para o nosso corpo. De fato, é um autêntico predador de vitaminas e minerais tão importantes, como cálcio, fósforo, ferro e todas as vitaminas do grupo B. Em particular, é preciso destacar a perda de cálcio nos mais jovens, um mineral de extrema importância para um correto crescimento e desenvolvimento.

Leia também: "Substitutos Saudáveis do Açúcar e Adoçantes Artificiais I".

Mas não ficam por ai os efeitos colaterais, já que também aumenta o colesterol de forma alarmante e os triglicérides. Em longo prazo, estamos falando de um risco muito maior de sofrer doenças cardiovasculares. Por outro lado, afeta o funcionamento normal do sistema imunológico e provoca desequilíbrios nos níveis de açúcar no sangue.

A perda de minerais no organismo, também gera o aumento da presença dos radicais livres, já que as enzimas que os neutralizam necessitam destes minerais. O aumento destes radicais livres aumenta o risco de sofrer alguns tipos de câncer.

Outros dos riscos do açúcar são: diabetes, problemas digestivos, dermatite, obesidade, ansiedade e outros problemas psicológicos, falta de concentração, perda de memória, hiperinsulinismo e inclusive comportamentos agressivos.

Leia também: "Substitutos Saudáveis do Açúcar e Adoçantes Artificiais II".

O crescimento que ocorreu na quantidade de produtos ricos em açúcares que encontramos no mercado tem provocado uma mudança na dieta de muitas crianças, que consomem, em poucos anos a quantidade de açúcar que deveriam consumir em toda sua vida.

Daí a importância em conscientizar os pais e jovens sobre este tema e tomar açúcar sempre de forma moderada. Isto não significa que deve ser eliminado da dieta, mas sim que se deve optar por quantidades muito pequenas e, se possível, substituí-lo pelo açúcar mascavo (muito mais saudável).

Se você quer evitar todos esses efeitos negativos, te recomendamos ler o nosso artigo "Dicas para reduzir o consumo de açúcar".

Vocês conheciam os riscos do açúcar?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto