Os Riscos Do Gás Radônio Para A Saúde

O gás radônio para a saúde de crianças e adultos é um perigo ao qual estamos expostos dentro de nossas casas, escolas e escritórios. Os efeitos deste gás radioativo despertaram o alarme nos meios de comunicação e na comunidade científica. Falamos sobre isso nas próximas linhas.

O que é o Gás Radônio?

Sem cor nem cheiro, o gás radônio é gerado de forma natural a partir da decomposição de elementos radioativos, como é o caso do urânio, os quais estão presentes no solo e nas rochas em diferentes quantidades. Este gás pode se deslocar pelo ar, assim como em tanques de água subterrâneos ou superficiais.

Os Riscos do Gás Radônio para a Saúde

Os elementos sólidos radioativos em que este gás se desintegra podem aderir ao pó e outras partículas que podem ser absorvidas pelos pulmões. À medida que o gás radônio e essas partículas radioativas se desintegram no ar, poderia danificar o DNA das células no interior do nosso corpo.

Onde se Encontra o Gás Radônio?

A exposição ao gás radônio provém do interior de casas, escolas, escritórios ou outros tipos de edifícios. Esses níveis de gás dependerão das características da rocha e do solo da região onde estão localizados.

O gás radônio para a saúde pode resultar extremamente prejudicial, especialmente considerando que pode entrar nos edifícios através de pequenas fissuras no próprio chão ou nas paredes, os espaços deixados nas fundações em torno dos tubos, bombas ou valas ou nas juntas das construções.

A porcentagem de radônio se concentra em maior quantidade no porão ou nos espaços subterrâneos. Da mesma forma, é possível que sejam liberadas pequenas quantidades de gás radônio do abastecimento de água para o ar, que podem ser inaladas à medida que passa da água para o ar. Os níveis de radônio são bastante elevados nos poços subterrâneos profundos que existem nas rochas, enquanto são menores no caso de águas superficiais concentradas em lagos e rios.

Por outro lado, também existe a possibilidade de que o gás radônio para a saúde resulte de materiais de construção se forem construídos com substâncias que contenham radônio, mas seus níveis costumam ser bastante baixos. Da mesma forma, as pessoas podem ser expostas se usam superfícies de granito em barras de cozinha, embora, como aponta a EPA (Agência de Proteção Ambiental), é bastante improvável que as bancadas de granito aumentem o grau de radiação.

Nos espaços de trabalho, as pessoas que se encontram em espaços subterrâneos, como alguns mineiros, estarão mais expostas a este tipo de gás. Também é o caso das pessoas que trabalham no interior de fábricas de processamento de urânio ou aquelas que estão em contato com fertilizantes de fosfato.

Leia também: "O que são Pesticidas e Quais seus Verdadeiros Riscos para a Saúde".

Efeitos do Gás Radônio para a Saúde

A exposição ao gás radônio durante um longo período de tempo poderia conduzir com o passar dos anos à formação de câncer de pulmão. Este gás que se decompõe em diversas partículas radioativas poderia se alojar no revestimento dos pulmões. Estudos confirmam que a grande maioria dos casos de câncer de pulmão vinculados com o radônio se produzem em fumantes. E, é que, o gás radônio em combinação com a fumaça do cigarro pode aumentar os riscos.

A própria Organização Mundial da Saúde (OMS) determina que até 14% dos casos de câncer de pulmão são gerados pela exposição a este gás no interior dos edifícios.

Como Eliminar o Gás Radônio de uma Casa

Para reduzir os efeitos do gás radônio para a saúde, é necessário tomar uma série de medidas que nos ajudarão a eliminar a presença desse gás radioativo. Levando em conta as recomendações da OMS, o que poderíamos fazer é o seguinte:

  • Reformar o máximo possível a vedação de paredes e pisos para evitar que o gás possa se infiltrar a partir do subsolo.
  • Também podemos melhorar a ventilação da nossa casa, não apenas abrindo as janelas, mas também instalando sistemas de ventilação e extração projetados especificamente para este gás. Um extrator de radônio nos ajudará a melhorar a ventilação do chão da casa.
  • Não seria insignificante fazer uso de dispositivos para medir os níveis de radônio que temos em casa. Por diferentes preços, você pode encontrar um dispositivo que detecta e mede essa concentração. A OMS também recomenda que todas essas medições sejam realizadas em longo prazo para verificar a evolução média da presença de gás em um prédio.
  • Também podemos evitar que se infiltre a partir do porão para os quartos, despressurizando o espaço entre o chão do prédio e o próprio terreno.

Você conhecia os efeitos prejudiciais do gás radônio para a saúde?

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

;
Confira Mais Sobre Esse Assuto