Embora possa ser uma das atividades mais prazerosas e saudáveis, nem todas as pessoas têm um bom momento na hora do sexo. Algumas, inclusive, chegam até a rejeitar a ideia de entrar em contato íntimo com alguém. Descubra do que se trata a aversão ao sexo e o que você pode fazer para controlá-la.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

De repente Pamela não aguentou mais e confessou para suas amigas que embora quisesse encontrar o amor da sua vida, não podia imaginar o fato de ter intimidade com alguém. A ideia a angustiava, pensar penetração lhe causava aversão, em ser tocada ou ter que tocar alguém.

Suas amigas ficaram boquiabertas de surpresa, nunca tinham suspeitado da situação de Pamela. No entanto, o que acontece com ela tem um nome, uma causa e um tratamento. Denomina-se aversão ao sexo ou desejo sexual inibido, e não apenas pode acontecer com as mulheres, mas também com homens.

Por Que Algumas Pessoas Têm Aversão ao Sexo?

Nem mais nem menos, a aversão ao sexo não apenas implica a falta de desejo sexual, mas também, em casos extremos, sua rejeição total. Isto pode acontecer com as pessoas sem experiência, como Pamela, ou aquelas que em alguma ocasião desfrutaram de uma sexualidade saudável, mas por algum motivo perderam o interesse.

As causas desta condição podem variar. Em geral, trata-se de situações emocionais e ideias irracionais que a pessoa tem desenvolvido ao longo da sua vida, durante a sua infância ou depois de ter tido uma experiência sexual traumática ou de ter sido vítima de abuso ou violência sexual.

Algumas condições psicológicas, como depressão e estresse excessivo podem diminuir o interesse sexual. Em alguns casais, o desejo sexual inibido é simplesmente uma desconexão com o (a) companheiro (a) e se deve também a problemas de comunicação, falta de afeto, discussões e falta de tempo para que o casal possa ficar sozinho e manter uma boa intimidade emocional.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

As causas da aversão sexual também podem estar ligadas a problemas de disfunção sexual, seja no homem - como a dificuldade para conseguir ou manter a ereção ou para reter a ejaculação - ou na mulher - como dor durante a penetração ou problemas para chegar ao orgasmo.

Leia também: "Como Tratar a Disfunção Sexual em Suas Relações".

Além disso, no caso dos homens, também pode ocorrer devido a um problema hormonal chamado hipogonadismo, que ocorre quando o homem tem um baixo nível de testosterona (que é o hormônio masculino responsável, entre outras coisas, de originar o desejo sexual, tanto em homens como em mulheres. Por isso, as alterações hormonais os membros do casal podem afetar o desejo sexual).

Por vezes, a falta de desejo sexual está associada com doenças (como diabetes, esclerose múltipla ou câncer) ou com algum medicamento que a pessoa esteja tomando para tratar algum outro aspecto da saúde, como ocorre com alguns antidepressivos que podem afetar o desejo sexual.

NÃO PARE AGORA... TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE ;)

A boa notícia é que você pode sempre fazer algo para recuperar o seu desejo sexual. Considera-se que no momento de buscar uma solução para este problema as mulheres têm menos vergonha de falar sobre seus problemas na intimidade, especialmente após a menopausa. Mas é importante que ambos busquem ajuda.

A primeira coisa que você precisa é tentar determinar a origem do problema. Muitas vezes, é suficiente mudar de medicamentos. Outras vezes, melhorar o diálogo entre o casal e buscar espaços mais íntimos pode ser útil, assim como buscar aconselhamento psicológico ou de um terapeuta especializado em sexualidade. Em todos os casos, é importante falar sobre o tema e manter uma comunicação aberta e adulta, seja com ele ou a companheira como com o profissional que os atenda, sem verginha e com honestidade.